domingo, 24 de março de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Como os nerds dominaram o mundo

Como os nerds dominaram o mundo

Matéria publicada em 26 de fevereiro de 2019, 08:00 horas

 


Esnobados no passado hoje eles dirigem mega empresas e ditam a moda

Elon Musk: Os nerds conquistam o espaço

No dia 17 de fevereiro de 2011 o então presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, teve um encontro com os presidentes das maiores empresas de tecnologia do mundo. Uma foto de Obama ao lado de Mark Zuckerberg, do Facebook, apareceu na revista New York com a legenda: “O homem mais poderoso do mundo se encontra com Barack Obama”. Na época a companhia criada por Zuckerberg, um típico nerd que deu certo, tinha mais de um bilhão de usuários. Para os editores da New York, Obama, presidente da maior potencia militar do planeta, não tinha tanto poder quanto um empresário capaz de influenciar um bilhão de pessoas no mundo inteiro.
Mark Zuckerberg, Bill Gates e Elon Musk são exemplos de nerds e geeks que ficaram ricos e poderosos com sua criatividade e seus talentos. Mas o que são exatamente os nerds e os geeks? São termos originalmente pejorativos, que costumavam ser usados para designar pessoas com interesses e paixões diferentes da maioria da população. Os nerds eram aqueles estudantes que iam à escola para estudar e aprender, enquanto a maioria dos seus colegas estava lá para namorar as coleguinhas ou para zoar os colegas e professores.
Estudantes aplicados, os nerds sempre tiravam boas notas, eram os favoritos dos professores e por isso despertavam o ciúme dos colegas, virando alvos dos valentões do bulliyng. Geralmente eram pessoas desajeitadas e solitárias, já que as meninas preferiam namorar os atletas do time de futebol da escola. Mas no final, com suas boas notas, os nerds conseguiam entrar para as melhores universidades e viravam chefes dos fortões que os atormentavam na época da escola.
Nem todo nerd é um geek. O termo geek foi criado para rotular os apaixonados por um tipo de hobby ou de literatura. Fãs de histórias em quadrinhos e de ficção científica, apaixonados por jogos e por matemática. É aquela turma que se veste de Jedi e vai para a fila na pré-estreia de um novo filme de Star Wars. Eles sabem tudo sobre a saga do George Lucas, colecionam bonequinhos dos personagens e se reúnem nos fins de semana para jogar RPG. Eles também são fascinados por tecnologia, principalmente informática e geralmente estudam para se tornarem programadores e criadores de jogos virtuais.
No século passado essas duas turmas recebiam o rótulo de excêntricos, malucos e eram esnobados socialmente, mas isso não acontece mais. No século 21 a indústria de entretenimento percebeu o potencial dessas tribos e lota os cinemas com filmes de super-heróis em sagas intermináveis. As convenções, como a Comiccom e a Campus Party são um grande negócio e atraem milhares de pessoas.
Os grandes estúdios de cinema enviam seus artistas e diretores para as Comiccoms, para divulgarem os novos filmes de ficção científica e super heróis diretamente para seu público consumidor. Na Campus Party o alvo são os apaixonados por tecnologia e games que dormem em tendas para conhecer as últimas novidades em jogos e computadores. E os nerds e geeks que eram esnobados passaram a dominar o mundo e a moldar o futuro da humanidade.
Um exemplo típico é o bilionário Elon Musk. Ele já foi um geek apaixonado por ficção científica e viagens espaciais. Fã da série de ficção Culture que descreve a vida em habitats espaciais do futuro. Musk ficou rico e resolveu transformar a fantasia em realidade, criando a empresa Space X que revolucionou a tecnologia dos lançamentos espaciais.
Sem renegar seu passado, Musk homenageou a série do escritor Iain Banks batizando com o nome de duas espaçonaves da serie as barcaças onde pousam seus foguetes Falcon 9. No passado o cinema chegou a produzir um filme intitulado “A vingança dos nerds”. Hoje em dia os nerds não precisam se vingar de nada. Eles já dominaram o mundo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Muito bom seu aritgo, acabei de compartilhar no face..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document