quarta-feira, 21 de outubro de 2020 - 08:15 h

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Ela cria joias e momentos inesquecíveis

Ela cria joias e momentos inesquecíveis

Matéria publicada em 18 de março de 2015, 07:11 horas

 


A designer de joias Marcia Loureiro me levou a esse universo de beleza e sofisticação que você confere agora:

wp-coluna-diva-da-beleza-fabio-bittencourt

Marcia Loureiro: O carisma e a generosidade de uma artista que ama o que faz (Foto: Marcia Loureiro)

Marcia Loureiro: O carisma e a generosidade de uma artista que ama o que faz (Foto: Marcia Loureiro)

Fiquei muito feliz quando você aceitou falar um pouco do seu trabalho.

– Quanto prazer eu sinto em falar da minha grande paixão. Sou encantada pelo meu trabalho, amo o que faço! Cada peça que crio, desde o desenho até a materialização da ideia, é para mim uma realização pessoal indescritível. Quando trabalhamos com amor, nosso trabalho se torna “prazer” e ainda somos recompensados por isso, existe satisfação maior – fala Marcia Loureiro.

Por serem exclusivas, como se sente durante o processo de elaboração de uma única peça?

– O prazer de criar e ao mesmo tempo executar a peça, é difícil descrever, não tem como detalhar este sentimento de realização, só mesmo sentir. Fazer joias é construir sonhos, materializar desejos, intermediar sentimentos… E digo sem pretensão alguma que, indiretamente, me eternizo em cada peça, porque com a joia se tem relação duradoura, para toda a vida, e pode ser passada para as próximas gerações, de mãe para filha, por exemplo, se tornando assim, um objeto de estima familiar – conta a designer.

Ao entregar uma joia, você também contempla a história, a realização e as intenções de quem estão prestes a viver um momento muito especial…

– A joia é um objeto atemporal, se sobrepõe ao tempo, aos modismos, fica registrada eternamente na mente de quem a recebe e também de quem a presenteia, não é?

Uma joia não expressa apenas valor material, ela representa bem mais que isso. Por si só ela diz coisas como: Eu te amo…, Eu te admiro…, Eu te respeito…, Tenho orgulho de você…, Quero você para a vida toda…, Você é muito importante para mim… E, muitas vezes ela diz: Casa comigo? – explica.

Esse assunto emociona a gente..

– Ser presenteado com uma joia é emocionante! A pessoa se sente valorizada aos olhos do outro, mexe com o lado afetivo, emocional, coisas que não têm preço! Demonstração de amor, carinho ou gratidão não se mede… E é isso que me encanta me fascina e me impulsiona no meu trabalho. Sou movida pelo coração e acredito que um pouquinho do que sinto vai junto a cada peça que entrego. Amo fazer joias para noivas, noivos, para apaixonados… Gosto de participar desses momentos inesquecíveis na vida das pessoas. Estas peças ficam eternizadas e registradas não só na mente, mas também em fotografias para sempre, e isso, me realiza profissionalmente – comenta Marcia Loureiro.

O seu feeling vai além, uma vez que compreende exatamente todo o contexto…

– Sinto um prazer enorme quando vejo alguém usando uma peça criada por mim e executada pelas minhas mãos, me sinto plena e realizada! Realmente, um sentimento que não consigo expressar em palavras. Uma joia dispensa roupas muito elaboradas. Um conjunto composto de brincos e anel, por exemplo, se destacam ainda mais com uma roupa mais básica, até mesmo para festas de gala, haja vista o sucesso estrondoso que fizeram aqueles brincos de esmeraldas colombianas que a bela Angelina Jolie usou em um evento de gala. Poucas pessoas se lembram do modelo do vestido, se lembram apenas que era preto, mas, os brincos com aquele “verde inesquecível” se tornou um objeto de consumo de 10 em cada 10 mulheres – diz a designer, aproveitando para dar uma dica.

– Quando a roupa é muito detalhada, a joia deve ser discreta, mas, não necessariamente menos valiosa, até porque, joia é joia, independe do tamanho ou do valor comercial. Pode ser apenas um pequeno anel solitário que vai se destacar. É objeto precioso, desejado e de beleza incontestável – finaliza Marcia Loureiro.

FÁBIO BITTENCOURT | fabiobitten@diariodovale.com.br


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Parabéns pela coluna!!! Já fico esperando pela próxima publicação !!

  2. Avatar

    Parabéns pela sua coluna, Fábio! Achei muito interessante!

Untitled Document