quarta-feira, 19 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Elas cresceram e desapareceram

Elas cresceram e desapareceram

Matéria publicada em 2 de fevereiro de 2016, 07:30 horas

 


Jovens atrizes perdem a fama quando chegam à idade adulta; mundo do cinema é implacável

wp-coluna-espaco-aberto-jorge-calife

 

A loirinha Chloë Grace Moretz esteve nos cinemas recentemente lutando contra alienígenas em “A 5ª Onda”. Ela é o caso mais recente de atriz que começou a atuar na infância e agora tenta continuar ativa na vida adulta. Nem todas conseguem e muitas meninas atrizes simplesmente desaparecem quando ficam adultas. Alguém se lembra da Dakota Fanning ou da Abigail Breslin? Cresceram e desapareceram!

Chloë Moretz nasceu em 1997 e começou a trabalhar em filmes para a TV aos sete anos de idade. A fama chegou aos treze anos, em 2010, quando ela interpretou a menina pistoleira Mindy, de “Kick-Ass – Quebrando Tudo”. Sua especialidade são os filmes de terror, mas ela se saiu bem em um papel mais convencional, como a simpática Isabelle na “Invenção de Hugo Cabret”, do Martin Scorcese.

Atualmente com 19 anos Moretz está escalada para três filmes. Incluindo uma adaptação para o cinema de “A Pequena Sereia” de Andersen. Tudo indica que ela vai conseguir se estabelecer como atriz adulta, deixando para trás seus dias de estrela mirim. Nem todas conseguem. Um caso recente é o da Abigail Breslim, que também se destacou aos sete anos de idade no papel da menina candidata a miss no filme independente “Pequena Miss Sunshine”.

O sucesso da Miss Sunshine, em 2006, rendeu uma porção de papéis para a nova-iorquina Breslin. Incluindo o papel de Nim Rusoe na adaptação para o cinema do best-seller juvenil, “A Ilha da Imaginação”.

Em “A Ilha da Imaginação” Breslin atuou ao lado da Jodie Foster. Que é um caso excepcional de menina atriz que continuou fazendo sucesso depois de adulta. Em seguida atuou na comédia de terror “Zumbilândia” e depois começou a cair no esquecimento. Há três anos ela teve um papel menor na ficção científica “O Jogo do Exterminador” que foi um fracasso de bilheteria. E sumiu dos cinemas. Breslin continua ativa, fazendo filmes para a televisão e produções menores, mas não é mais uma estrela.

Queridinha

Destino semelhante teve a Dakota Fanning, que foi a queridinha de Hollywood na década passada. Nascida em 1994, Fanning também teve um começo precoce, atuando em séries de televisão a partir do ano 2000. Quando ela tinha só seis anos de idade. Loirinha e graciosa, Fanning chegou aos cinemas em 2003, ao lado da Brittany Murphy, na comédia “Grande Menina, Pequena Mulher”.

Mas seu papel mais marcante foi ao lado do Tom Cruise na versão do Steven Spielberg para o clássico de H.G.Wells “A Guerra dos Mundos”, em 2005. Depois, já adolescente, Fanning fez um papel secundário na série do “Crepúsculo” e sumiu. Seu caso é semelhante ao da Angela Cartwright, que será eternamente lembrada como a angelical Penny Robinson, do seriado “Perdidos no Espaço”.

Antes de embarcar no Júpiter 2, Cartwright tinha interpretado uma das crianças cantoras do clássico “A Noviça Rebelde”. Durante as aventuras espaciais da família Robinson ela deixou a infância para trás e se tornou adolescente. E nunca mais conseguiu outro papel importante.

O mundo do cinema é implacável com muitas dessas crianças prodígio. Nem sempre é uma questão de ter ou não talento. Cinema é, antes de tudo, imagem e o que acontece é que muitas dessas meninas bonitinhas viram mulheres desinteressantes depois que crescem.

Para sobreviver é preciso ter a garra e o talento de uma Elizabeth Taylor. Que começou no cinema contracenando com a cadela Lassie, e depois de adulta estrelou uma série de dramas épicos, como “Cleópatra” e “Assim caminha a humanidade”.

Talvez o segredo da sobrevivência seja a versatilidade e o talento para interpretar papéis diferentes. Coisa que Taylor tinha de sobra.

 

espaco aberto

Sumiu: Beslin foi estrela em ‘Ilha da imaginação’

 

JORGE LUIZ CALIFE | jorge.calife@diariodovale.com.br


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Realmene, Liz Taylor foi uma das melhores atrizes de Hollywood, senão a mais versátil. Quanto à Dakota Fanning, destaco o papel por ela desempenhado em CHAMAS DA VINGANÇA, onde atuou junto ao famoso Denzel Washington.

Untitled Document