quinta-feira, 2 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Glamour, luxo e requinte em casamento na Igreja São Francisco da Penitência

Glamour, luxo e requinte em casamento na Igreja São Francisco da Penitência

Matéria publicada em 11 de maio de 2015, 06:43 horas

 


wp-coluna-mario-sergio

Foi no esplendor da Igreja de São Francisco da Penitência, no Centro do Rio de Janeiro, concluída em 1772, com inúmeros detalhes barrocos, boa parte entalhada em cedro por Francisco Xavier de Brito (mestre de Aleijadinho) e revestida com folhas de ouro, que o médico e empresário da construção civil, Ervin Michelstaedter Cotrik e Lívia Balarini estiveram sábado recebendo as bênçãos do sacerdote e trocando as alianças da mão direita para a esquerda.

No altar mor, as imagens de São Francisco de Assis e do Cristo Seráfico parecem mover-se.

Imponente, a igreja impressiona pelos altares dourados e pela riqueza de detalhes, do piso ao teto.

O forro tem pintura ilusionista: a sensação é de que os anjos estão descendo em direção às cadeiras.

Após a emocionante cerimônia, os noivos anfitrionaram os convidados nos elegantes salões do tradicional Belmond Copacabana Palace.

Glamour, luxo e requinte. Uma festa inesquecível que encantou os convidados até às cinco da madrugada, embalados pelo DJ Capelli.

Ervin e Lívia irradiavam alegria e curtiram cada segundo deste acontecimento.

Aliás, eles embarcaram ontem à noite para lua de mel, em Dubai. A coluna publica alguns cliques, deste memorável acontecimento.

Túnel do Tempo

Fundação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pelo Oscar (1927).

Inauguração da WGY, primeiro serviço analógico de televisão do mundo (1928).

Israel é admitido na Organização da Nações Unidas (1949).

O Sião muda de nome para Tailândia (1949).

Morre Bob Marley, músico jamaicano de reggae (1981).

Lançamento da edição em português da Wikipédia (2001).

A porto-riquenha Denise Quiñones é eleita Miss Universo, no concurso realizado em Porto Rico, tonando-se a 4ª de seu país a obter o título (2001).

Canonização do 1º santo brasileiro, Frei Galvão, em São Paulo, pelo Papa Bento XVI (2007).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document