quarta-feira, 21 de outubro de 2020 - 06:57 h

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Hoje é Dia da Iluminação Elétrica no Brasil

Hoje é Dia da Iluminação Elétrica no Brasil

Matéria publicada em 24 de julho de 2020, 07:00 horas

 


Túnel
do Tempo

*O município de Campos dos Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro, torna-se a primeira cidade da América Latina a ter iluminação pública (1883).
*Patrice Mac-Mahon, presidente da França decide a favor de Portugal e contra o Reino Unido sobre a posse da região sul de Moçambique (1875).
*Hiram Bingham descobre a cidade inca de Machu Picchu, no Peru (1911).
*Dean Martin e Jerry Lewis se apresentam pela primeira vez como dupla no Club 500, em Atlantic City (1946).
*A missão Apollo 11 retorna à Terra, pousando próxima ao Hawaí (1969).
*Samora Machel, presidente de Moçambique decreta as nacionalizações da saúde, educação e justica (1975).
*Encerra a Guerra Líbia-Egito (1977).
*Tropas iraquianas começam um massivo ataque contra o Kuwait (1990).
*Morre Rogério Cardoso, ator e comediante brasileiro (2003).

Zig – Zag

*Hoje: Dia da Iluminação Elétrica no Brasil.
*Hoje exatamente fazendo 66 anos que acontecia a terceira edição do concurso Miss Universo, realizada em 24 de julho de 1954 no Long Beach Municipal Auditorium, em Long Beach, Califórnia, nos Estados Unidos.
*Candidatas de 33 países e territórios competiram pelo título.
*Esta edição marcou a primeira participação do Brasil, com a baiana Martha Rocha, a primeira Miss Brasil, que ficou em segundo lugar.
*Considerada o mais bonito rosto do concurso, favorita absoluta entre os 200 jornalistas e fotógrafos do mundo todo presentes em Long Beach, Martha teria perdido a coroa por causa de duas polegadas a mais nos quadris, acima das medidas exatas requeridas na época.
*Miriam Stevenson, e Martha Rocha teriam terminado empatadas em pontos após a votação final dos juízes e o resultado persistiu numa segunda votação tentando o desempate.
*Como a marca de trajes de banho Catalina era a principal patrocinadora do concurso nesta época, a decisão acabou sendo pela que fazia a melhor figura em maiô.
*Miriam teria sido escolhida por ter as medidas dos quadris mais próximas do padrão de beleza americana da Catalina.
*Mas na verdade a história das duas polegadas foi uma invenção do jornalista João Martins da Revista “O Cruzeiro” do Rio de Janeiro para consolar o orgulho brasileiro.
*Tudo foi combinado com os demais jornalistas brasileiros que estavam em Long Beach.
*A própria Martha autorizou a versão, conforme consta de sua autobiografia.
*A verdade é que já no desfile em carro aberto pelas ruas de Long Beach e na bolsa de apostas, a brasileira era disparado a candidata preferida.
*Quando a americana foi declarada vencedora, os próprios americanos vaiaram a escolha, tamanha era a torcida por Martha Rocha.
*O fato consta no livro biográfico da brasileira.
*Stevenson, uma miss da Carolina do Sul que venceu o Miss USA – disputado conjuntamente e com a final um dia antes do MU – e depois as concorrentes internacionais, conquistou a coroa na primeira das mais controversas e polêmicas decisões da história do concurso até hoje.
*Depois de seu ano de reinado, ela tornou-se apresentadora da televisão americana e fez relativo sucesso como modelo e em comerciais de televisão até meados da década de 70.
*O então cônsul brasileiro em Los Angeles, Roberto de Oliveira Campos, afirmou, sobre o prestígio de Martha Rocha: “Uma esplêndida propaganda do Brasil nos Estados Unidos”.
*Para ele, a modelo transformou a cara do país no exterior.
*“Estou inclinado a aceitar a teoria dos que pretendem que o coração do Brasil está na Bahia”, defendeu.
*No dia 28 de julho de 1954, Martha Rocha mandou um recado especial aos leitores do jornal O Estado de S. Paulo: “Sinto-me imensamente feliz pelo título obtido. Não fui eu quem o ganhou, mas a beleza da mulher brasileira que tentei representar”.
*De volta ao Brasil, o sucesso de Martha foi fulminante.
*Seu nome batizou um bolo, inspirou um modelo carro – com duas polegadas de distância entre os eixos – e foi recebida como grande musa brasileira com marchinhas e festas.
*A trajetória da modelo abriu portas para o segmento no cenário internacional.
*Nas décadas seguintes, o Brasil conquistaria bons lugares no Miss Universo: a primeira foi Ieda Maria Vargas, em 1963, Miss Mundo e Miss Beleza Internacional.
*Vale lembrar que há 66 anos passados, o honroso segundo lugar de Martha Rocha, teve uma grande euforia para os brasileiros.
*O concurso Miss Universo, poderia ser na época comparado às emoções de uma Copa do Mundo.

Sala
Vip

*Aniversariantes do dia: a jornalista Ana Claudia Blanc; Maria Rolim Ramos; Ricardo Ozório; Julia São Thiago; Ana Lívia Pádua; Laila Cristina Oliveira; Beatriz Ávila; Flavia Adario; Fernanda Reis; Paula Maria Corrêa; Fernanda Reis; Ana Rosa Savelli; Eliane Suckow Rosas Beltrão; Fernanda Itaborahy Do Amaral; Flávia Cunha.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document