terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Luana Camará contra Priscila Capricce

Luana Camará contra Priscila Capricce

Matéria publicada em 24 de janeiro de 2020, 10:29 horas

 


Indicação de Regina Duarte para Secretaria de Cultura provoca polêmica

Este que vos escreve já comentou, há pouco tempo, aqui nessas crônicas, que o maior inimigo do atual governo é ele mesmo. Na semana passada, como bem se recordam, o secretário de Cultura do governo Bolsonaro, Roberto Alvim, teve que pedir demissão depois de reproduzir em sua fala trechos do discurso do ministro da Propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. Em meio a crise, o presidente convocou a veterana atriz Regina Duarte para assumir a pasta. O que provocou reações indignadas de seus antigos colegas de profissão.
Lima Duarte, que fez par com Regina Duarte na novela “Roque Santeiro”, disse que vai ser “o sinhozinho Malta na presidência e a Viúva Porcina na cultura”. E se apressou em dizer que o presidente não tem o charme do seu personagem, só a grossura. Outro colega, o ator José de Abreu, ainda foi mais cruel e disse que Regina “é a mulher ideal para um governo nazista”. E quando a atriz disse que Bolsonaro respeita o povo brasileiro, Abreu rebateu: “O povo dele, não o nosso, ministros analfabetos, milicianos corruptos, nazistas, militares e policiais assassinos”, completou.
O fato é que toda essa polêmica em torno da atriz me fez viajar no tempo. De volta para o ano de 1982, quando minha mãe não perdia um capítulo da novela das nove, “Sétimo Sentido”. Onde a Regina Duarte fazia ao mesmo tempo o papel da heroína, Luana Camará, e da vilã Priscila Capricce. Na época eu estava na faculdade de Jornalismo, no turno da noite, e só via a novela aos sábados, mas, lembro bem da trama criada pela autora Janete Clair.
Luana Camará, a boazinha, era paranormal. Uma professora tímida e discreta, nascida na cidade de Casablanca, no Marrocos. Ela voltava ao Brasil para recuperar a fortuna da família, que fora usurpada pelo vilão Antonio Rivoredo. Seus problemas se complicavam porque Luana trazia do Marrocos um antigo vaso que guardava o espírito de uma mulher maligna. A falecida atriz italiana Priscila Capricce.
Acho que a Janete Clair tirou essa ideia do espírito preso no vaso da lenda do Aladim e a lâmpada mágica, que também continha uma entidade sobrenatural em seu interior. O problema é que quando a Regina Duarte destampava o vaso a Priscila Capricce não prometia realizar nenhum desejo. Ela simplesmente se apoderava do corpo da nossa heroína e saía cometendo “atos inconfessáveis”.
Eu gostaria de poder contar para vocês como foi que a história terminou. Mas, perdi o último capítulo devido aos compromissos com a faculdade. Mas lembro da Regina Duarte abrindo a jarra, soltando uma gargalhada satânica e dizendo: “Eu sou Priscila Capricce”. Depois dessa novela a atriz teve uma longa carreira na Globo, e estrelou a minissérie feminista “Malu Mulher”, onde fazia o papel de uma médica dedicada. Mas, o personagem que ficou na minha memória foi a Priscila Capricce, talvez porque os vilões e vilãs sejam sempre mais marcantes do que os heróis. Vide o Coringa que concorre ao Oscar deste ano. Coisa que o Batman, coitado, nunca conseguiu.
Tentando explicar o inexplicável, ou seja, o discurso nazista, Roberto Alvin disse em uma postagem na internet que foi vítima de uma “ação satânica”. O que tem tudo a ver com a Priscila Capricce. Lima Duarte, apesar da crítica, disse esperar que Regina seja feliz na sua atuação.
Se ela encarnar a Luana Camará não teremos problemas. Mas, se baixar a Priscila Capricce, nem é bom pensar…

Regina Duarte: Encontrando-se com o presidente (Foto: Reprodução)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar
    Elesbino Tortrontes Canavieira

    Ora até o bolsomínion mais obtuso sabe que a Rainha da Suástica, notória sonegadora, foi uma das que tocou o berrante para arrastar a boiada verde-amarela que fez dancinha do Bozo e sinal de arminha.

    Quantos #EuAvisei a Vovó Mafalda de Pinheiral merece?

  2. Avatar

    Menor risco país dos últimos 6 anos,
    Inflação mais baixa dos.ultimos 20 anos,
    Juros mais baixos da história,
    Selic em.minima histórica,
    Bolsa em máxima histórica,
    Quase 1 milhão de novos empregos,
    Retomada da indústria,
    Pela primeira vez em 20 anos o orçamento anual saiu do vermelho,
    Redução da criminalidade,
    Acordos internacionais etc etc etc.
    É isso que diz se um governo vai mal ou nao( seja direita ou esquerda), e o que vc diz não condiz com a realidade é quem concorda com vc é tão analfabeto político quanto vc. O que vc faz é um de serviço para a população. Vc mente e engana em suas reportagens. O DV só tem perdido a credibilidade com essa sua militância. Lamentável DV.

  3. Avatar
    Marcelo Albuquerque

    Me lembro dela estrelando a campanha do José Serra para presidente da república. No meu entendimento nada para se aplaudir.

  4. Avatar

    A Fascistinha do Brasil, ou Rainha da Suástica, vai se dar bem com os milicianos da quadrilha do Bozo.

  5. Avatar

    Nada disso supera o escrotismo da familícia.

    • Avatar

      É um erro crasso colocar gente despreparada,sem qualquer conhecimento da pasta e que nada agrega para o desenvolvimento do país! Só pelo fato de ser famosa não conta! Lembrem de outros artistas famosos que ocuparam cargos em outros governos, como Gilberto Gil, por exemplo, que só foi notícia por reclamar que não conseguiria viver com o salário de R$ 8.500,00 de ministro. De resto nada fez! O único que conseguiu fazer algo foi o Pelé que acabou com a escravidão da lei do passe e instaurou a Lei Zico, beneficiando milhares de jogadores profissionais.

  6. Avatar

    Imagino como deve ser macabro as reuniões desse governo. Na mesma mesa: onix caixa 2, damares goiabeira, marcelo álvaro o laranjão, tereza a raínha do veneno, sales o condenado por improbidade, moro o conge que não vê nada, carluxo o chefe da milícia digital, flávio chefe de organização criminosa, secretário que diz que o rock é satanismo e por skype o astrólogo pancado.. e ainda tinha neonazista, ator pornô, ministro colombiano … tudo comandado pelo “capitão”. Agora surge uma nova integrante que é a raínha da sucata que se comporta igual a damares goiabeira.

Untitled Document