terça-feira, 11 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / O Brasil, sem máscara, mostra a sua cara

O Brasil, sem máscara, mostra a sua cara

Matéria publicada em 13 de julho de 2020, 15:19 horas

 


País do egoísmo e da irresponsabilidade enfrenta os fiscais nas ruas e bares

 

Depois de cem dias de pandemia, os números de mortos e infectados pela Covid-19 não param de subir por aqui. Na terra das palmeiras e dos sabiás. Ao contrário do que acontece na Europa, onde a pandemia já está no fim e as curvas se aproximam do zero. Em Paris a torre Eiffel e o museu do Louvre foram reabertos para o público. Para o público europeu, bem entendido, que brasileiro lá não entra. Somos o país que não conseguiu controlar o coronavírus, o país da peste e dos infectados.

A internet e a televisão mostraram cenas de pessoas sem máscara lotando bares e praias do Rio de Janeiro. E ofendendo os fiscais da vigilância sanitária, que ousaram chamar a atenção dessa tribo. Os privilegiados, os endinheirados, os portadores de diplomas. Afinal a lei é só para o povão, eles se consideram acima da lei. Acima da lei e de qualquer sentimento de solidariedade para com o próximo.

Porque a principal função da máscara não é proteger quem usa. Ela visa impedir que pessoas infectadas e sem sintomas aparentes, passem o vírus para o ambiente e para aqueles que estão próximos. É por isso que uma população que usa mascara e obedece as normas de distanciamento social reduz em 40% o número de novas infecções. Foi o que os europeus fizeram e é por isso que lá a pandemia já é uma pagina virada da história.

O gráfico aí embaixo foi reproduzido da wikipedia. Reparem no formato das curvas. As linhas amarela, verde e vermelha mostram a evolução da pandemia na Itália (verde), Espanha (vermelha) e Alemanha (amarela). Onde o número de mortos e infectados alcançou o auge, o pico da curva, no mês de abril e depois despencou em maio chegando ao mínimo no dia 1 de julho. Já na Suécia, a linha preta, o governo apostou na teoria da “imunidade do rebanho” , não fechou o comércio e o resultado foi uma subida da curva a partir de 1 de junho. Já foi provado que a chamada imunidade de rebanho não funciona no caso do Covid-19.

A linha pontilhada cinza representa o caso dos Estados Unidos. O país do Donald Trump de quem o presidente brasileiro é um fiel seguidor. Nos Estados Unidos o pico da pandemia foi atingido no início de abril. Depois os números se estabilizaram, atingiram um patamar e começaram a cair entre maio e junho. O governo apressado mandou reabrir lojas e restaurantes e o resultado é que a curva começou a subir em junho e disparou em julho.

A parte mais triste desse gráfico são as curvas do Brasil e do Chile. Que representam a América Latina pobre e com um sistema de saúde deficiente. A linha pontilhada verde, que representa os números da pandemia no Brasil, nunca se estabilizou, nem atingiu um patamar como nos Estados Unidos. Ela continua a subir cada vez mais e já estamos com 64 mil mortos e mais de sete milhões de infectados neste início de julho. Na verdade dados não oficiais sugerem que existem mais de 9 milhões de pessoas com o covid-19 aqui no Brasil. Até o presidente da República, aquele da “gripezinha”, já testou positivo e está com os sintomas. E o embaixador americano, que almoçou com ele, correu apavorado para fazer exame.

Estamos nos tornando os párias do mundo. O povo infectado que não está nem aí para os outros. Que queima a floresta tropical e zomba do resto do mundo. Uma atitude que vai influir na economia e nos níveis de desemprego no país. Um dos maiores fundos de investimento do planeta já recomendou aos seus clientes para que evitem investir no Brasil. O país da peste e do desmatamento.

Enquanto isso o povo, que esta nos bares e nas ruas, aposta na filosofia suicida do Carpe Dien. Que consiste em aproveitar o hoje sem pensar no amanhã. O problema do Carpe Dien sempre foi a ressaca do dia seguinte. Que no caso atual pode muito bem terminar na UTI ou num atestado de óbito.

Gráfico: Na América Latina a curva não para de subir


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. Avatar

    Eu gosto quando vc fala de cinema, livros e astronomia. Política não é contigo… Vi no canal Globonews no começo de junho uma projeção de “especialistas” dizendo que o Brasil alcançaria os EUA em número de casos já em meados de julho. Não só não alcançamos como eles têm um ritmo muito maior de contágio…

    Teu infeliz complexo de vira-latas te leva a sublimar os erros dos EUA, que são o país mais rico do mundo, e a exagerar as críticas ao Brasil, que tem SUS gratuito enquanto um ianque médio tem que hipotecar a casa para avalizar internação em hospital… O Brasil tem problemas, mas está MUITO LONGE de ser o pior país em assistência à pandemia. Pouquíssimos países implementaram um programa de auxílio tão abrangente quanto o Brasil, nem mesmo países mais ricos o fizeram… Se vc quer falar mal do governo, ainda que com argumentos débeis, é um direito teu, mas falar mal do próprio país, replicando falácias odiosas e muitas vezes deturpadas pela militância do politicamente correto, isso é coisa de antipatriota. Teu conceito está lá embaixo…

    • Avatar
      Cidadão não, bolsonarista, melhor que vocês

      A cada vez mais fica evidente que os coxinhas bolsonaristas não têm lógica nos argumentos que utilizam . No excelente texto o autor, ao contrário do que afirma o manifantoche integrante do admirável gado novo, não exalta o erro dos ianques, apenas relata o fato que lá a pandemia também está sem controle. E sabemos que quem exalta os EUA, apesar do imperialismo, racismo,etc, lá existentes, é o boçal do presidente que ele elegeu , comemorando a independência americana num mesmo dia em que morrem milhares de brasileiros pela covid. e bate continência para a bandeira deles , numa clara demonstração de baba-ovo e vira latas.E o autor não compara os sistemas de saúde dos dois países, como faz esse eleitor do “mito”. O que o autor do texto quer transmitir é a incontestável imbecilidade, irresponsabilidade, a falta de educação, o egoísmo, a insensatez de grande parte da população, que se comportam como antas nas ruas, sem usar máscaras e aglomerando, aumentando a contaminação, o prolongamento da doença e a falência da economia. E também sabemos que nas citadas antas predominam os eleitores do “capitão corona” : o “engenheiro civil formado” e “o desembargador da carteirada” são exemplos. É como disseram : ” Não foi um Bolsonaro que criou um país de idiotas. Foi um país de idiotas que precisava de um representante.”

    • Avatar

      Esse cidadão aí acima, além de não refutar com argumentos nada do que eu disse (que são FATOS, RELATOS, não mera opinião), ao descrever o povo brasileiro, faz um retrato de si próprio, a julgar pelo seu texto prolixo, pedante e jactancioso. Não serve nem para encher redação de estudante de quinta série. Quem se ufana de mais, nunca é grande coisa… Sim, o brasileiro é isso tudo o que vc disse, e VOCÊ, cidadão empolado e sem nome, mostra-se igual, tal e qual…

    • Avatar

      Não foi dito em momento algum que o autor exalta a política dos EUA, mas sim que omite seus erros e enfatiza os do Brasil. Não o vejo em momento algum tecer críticas ao governo norte-americano ou aos próprios EUA, país que idolatra, e ainda diz que aquela nação registrou uma “estabilização” no número de casos, coisa que jamais ocorreu. O avanço do vírus nos EUA está seguindo a mesma tendência do que ocorre no Brasil, arrefecendo nas zonas há mais tempo atingidas e surgindo em novas frentes… Teu papel de advogado sem honorários beira o ridículo. Recolha-se à sua insignificância, vc não vai conseguirá vencer meus argumentos com razoabilidade. Ninguém consegue…

  2. Avatar

    Esse país é uma piada de mau gosto. Somos via de regra individualistas e não afeitos a sacrifícios..em momentos de catástrofes ou guerras um país desnuda sua alma. E a nossa não é nada boa.

  3. Avatar

    Aqui no Belvedere tem gente recebendo 20 pessoas em casa, muitas sem máscara para reunião de oração da igreja .
    Se não pode churrascada , não pode oba oba de igreja.

    Sem falar que no Belvedere tem um monte de gente andando sem máscara, andando para ir no verdureiro.

    Oração

    Orar mais ação

  4. Avatar

    O maligno genocida e seus lunáticos seguidores fizeram pouco caso do vírus, desmatando a Amazônia teremos novos vírus circulando. Os panos, que meus cães dormem, fedem menos que as roupas dos bajuladores do Planalto, sejam eles civis ou milicos. Façam arminhas e sigam o berrante da familícia. Viva o Queiroz.

    • Avatar

      Enquanto alguns seguidores deste governo que entram na justiça para não usarem máscara. O país desce para o abismo. Governo do ódio trabalhando a todo vapor.

    • Avatar

      Pior governo da história do Brasil, sem precedentes… Nunca o brasileiro teve um presidente que representasse tão bem seus acéfalos eleitores! Agora podem replicar da única forma que vocês conseguem fazer, falando de Lula, PT, Venezuela, mortadela e outras idiotices mais que os bolsominions tanto amam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document