domingo, 24 de março de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Os boatos da internet

Os boatos da internet

Matéria publicada em 15 de fevereiro de 2019, 08:35 horas

 


Rede de computadores ajuda a propagar mitos e desinformação

Conspiração: As esteiras de vapor na Segunda Guerra Mundial.

A internet pode ser um instrumento poderoso de pesquisa e informação, a um toque de botão temos acesso às manchetes dos principais jornais do planeta. E podemos consultar as páginas do instituições de pesquisa como a NASA, a agência espacial americana. Mas a web também é uma poderosa disseminadora de mitos, lendas urbanas e informações falsas. Principalmente nas chamadas redes sociais, onde todo mundo acha que é especialista em tudo e espalha boatos simplesmente porque “ouviram falar”, sem checar antes se aquilo é verdade.

Há duas semanas, quando nossa região passou por aqueles dias de calor escaldante, os palpites e boatos pipocaram pelas redes sociais. Minha sobrinha veio me perguntar, preocupada, se era verdade que “o Sol estava ficando mais quente”. Expliquei para ela que o calor não tinha nada a ver com mudanças no Sol. Na verdade a energia que o Sol transmite para a Terra é tão regular que é chamada de “constante solar”. Para felicidade dos seres humanos e de todas as criaturas que vivem na Terra a constante solar varia muito pouco, sendo de 1361kw por metro quadrado nas épocas de mínimo solar e aumentando 0,1 por cento nas épocas de atividade máxima do Sol.

Nos últimos 400 anos a constante solar sofreu uma variação de apenas 0,2%. Isso acontece porque o Sol é uma estrela estável, de idade mediana. Se ele fosse uma estrela pulsante, como Betelgeuse, na constelação do Orion, seriamos atingidos por ondas de calor tão fortes que os oceanos evaporariam e toda a vida na Terra seria extinta por temperaturas na faixa dos 600 graus centigrados. Felizmente o Sol não é como Betelgeuse e não podemos culpa-lo pelo calorão deste verão.

Nosso verão super quente foi provocado por um aquecimento anormal das águas do oceano Atlântico Sul, que bloqueou a passagem das frentes frias e o que causou esse aquecimento do oceano ainda não tem uma causa confirmada, mas tudo indica uma relação com o aquecimento global, que vem provocando mudanças no planeta inteiro. Lá em cima, no hemisfério norte, as mudanças climáticas provocaram o deslocamento de um vórtice polar que congelou o sudeste dos Estados Unidos. Enquanto suávamos aqui embaixo, os americanos enregelavam com temperaturas de vinte graus negativos e o Sol não tem nada a ver com isso.

A internet também é a tribuna livre de todas as teorias de conspiração, daquele povo que ainda acredita que a Terra é plana e que todas as imagens enviadas pelos astronautas são trucagens feitas em estúdio de cinema.

Uma das teorias mais estapafúrdias propagadas pela internet é a dos chamados “chemitrails”. São aquelas esteiras de vapor de água que os aviões deixam no céu nos dias mais frios. Os adeptos dessa teoria de conspiração acham que aquelas esteiras são produtos químicos que os aviões jogam na atmosfera para deixar a população passiva e submissa. Na verdade os aviões produzem essas esteiras de vapor desde a década de 1930, quando começaram a voar na estratosfera, onde o frio congelante condensa o vapor de água produzido pelos motores.

Fotos da Batalha da Inglaterra, em 1939, mostram o céu de Londres cheio desses rastros de vapor produzidos pelas aeronaves da Luftwaffe nazista e da Real Força Aérea em luta acima da cidade.

Não importa se o avião é a jato ou com antigos motores a pistão. Como ele usa o ar da atmosfera para queimar seu combustível o subproduto é vapor de água. E como a temperatura na estratosfera pode chegar a 40 graus abaixo de zero esse vapor vira um rastro branco. Além disso, governo nenhum precisa de produtos químicos para deixar a população alienada e passiva. As redes sociais já fazem isso com muita eficiência.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    …”Além disso, governo nenhum precisa de produtos químicos para deixar a população alienada e passiva. As redes sociais já fazem isso com muita eficiência.”

    Na minha humilde opinião, uma verdade!!

  2. Avatar

    Bem lembrado Maura

  3. Avatar

    Eu lembro que no Nordeste apareceram na época da eleição jornais e panfletos, blogs da internet, além de rádios que diziam que se Bolsonaro ganhasse as eleições ia acabar com o Bolsa Família! Isso levou que os nordestinos votassem todos no tal do Andrade e o Bolsonaro perdeu no Nordeste!
    Moral da estória: Boatos são instrumentos de marketing de partidos políticos sem ética!

  4. Avatar

    Pra alguém isso é bom… Não elegeram um presidente por conta de boatos?

Untitled Document