segunda-feira, 26 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Pinheiral, os políticos e o Brasil

Pinheiral, os políticos e o Brasil

Matéria publicada em 25 de março de 2016, 07:00 horas

 


Quando marcar uma consulta vira uma longa novela; políticos não andam de ônibus nem se consultam com os médicos do SUS

wp-coluna-espaco-aberto-jorge-calife

 
Outro dia um grupo de estudantes visitou a redação do DIÁRIO DO VALE. Perguntaram de onde eu tiro a “inspiração” para estas crônicas semanais. Expliquei que elas nascem do meu dia a dia. Tudo que eu vejo e assisto, pode virar uma crônica. Elas surgem da minha experiência diária, vivendo em uma cidade do interior onde tudo é precário e difícil. Tudo o que é comentado aqui foi vivenciado pelo cronista ou aconteceu com uma pessoa de sua família.

Todos devem ter lido as crônicas que escrevi sobre os problemas da saúde e do transporte em Pinheiral. Agora vejamos o que aconteceu esta semana. Segunda-feira passada, depois de três tentativas, consegui marcar uma consulta com a médica do posto de saúde no Centro de Pinheiral. Para isso tive que acordar às cinco horas da manhã e esperar duas horas em uma fila. A consulta, com a clínica geral, foi marcada para terça-feira, dia 22 de março, às 8h30.

No hora marcada eu estava lá, meia hora antes. A atendente olhou para mim, deu um sorriso sem graça e falou: “A médica ligou e disse que não vem hoje. A sua consulta fica remarcada para semana que vem!”. Como vocês podem ver nada mudou. Uma simples consulta, com um clínico geral, no posto de saúde de Pinheiral é uma verdadeira novela. E vocês leitores, poderão acompanhar os próximos capítulos aqui mesmo, nesta coluna. No mesmo dia fui trabalhar em Volta Redonda e voltei para casa em um ônibus superlotado. Tão cheio que fazia um calor sufocante lá dentro.

O leitor pode perguntar, porque será que a saúde e o transporte públicos são tão ruins? Por um motivo simples querido leitor. Os políticos, os responsáveis por tudo isso, não andam de ônibus nem se consultam com os médicos do SUS. Eles só se deslocam em seus carrões, com ar condicionado, por isso não estão nem aí para o cidadão comum, sufocado e espremido dentro dos ônibus, pagando a passagem mais cara do estado do Rio de Janeiro.

Do mesmo modo político só vai em posto de saúde do SUS em dia de inauguração. Todos eles têm plano de saúde e quando sentem alguma coisa vão para uma clínica bem chique. Se os políticos fossem obrigados a andar de ônibus ou a se tratar nos prontos socorros podem ter certeza de que a qualidade ia melhorar de uma hora para outra. Porque eles só gostam do que é bom. Como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que só se hospeda em hotel sete estrelas em suas viagens pelo mundo.

Retrato

Um retrato da visão que os políticos têm do mundo, e do povo, está na gravação daquele diálogo entre o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o ex-presidente Lula. Onde Paes zomba dos pobres e da população de Maricá, provocando risos do salvador da pátria petista. O diálogo foi amplamente reproduzido nos telejornais e eu não vou reproduzi-lo aqui nesta coluna. Porque acho que meus leitores devem ser poupados dos palavrões e da linguagem chula que nossos políticos usam quando acham que não estão sendo observados. Quando pensam que estão agindo nas sombras, como bem disse o juiz Sergio Moro ao justificar a divulgação dos famosos grampos.

Grampos que deixaram o governo nu e sem disfarces. É sintomático que os homens e mulheres no poder só questionaram a legalidade da divulgação dos tais diálogos telefônicos. O conteúdo dos diálogos não foi justificado nem explicado. Crime foi deixar que o povo ouvisse o que eles dizem entre eles.

E é essa gente que vai pedir o nosso voto em outubro. E cabe ao povo dar a resposta adequada. Minha sobrinha anda apavorada com os boatos que circulam pela internet. Outro dia ela chegou dizendo: “O Lula quer aumentar o bolsa família para dois salários mínimos! De onde eles vão tirar esse dinheiro?”. Expliquei que o dinheiro pode sair da saúde, da educação, ou dos novos impostos que a presidente vai criar. Mas procurei acalmar minha sobrinha. Afinal, primeiro o super ministro tem que se livrar da Lava Jato. E esta é outra novela que vamos assistir.

Palácio da Alvorada: Da luz ao coração das trevas

Palácio da Alvorada: Da luz ao coração das trevas

JORGE LUIZ CALIFE | jorge.calife@diariodovale.com.br


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. Avatar

    Calife, a passagem Pinheiral X Ponte Alta é a mais cara do Brasil, são 20 KM apenas com um serviço péssimo. E como nenhum político de Pinheiral anda de ônibus nem sequer cogitam uma proposta de melhoria. Infelizmente o futuro é tenebroso.

  2. Avatar

    Já dizia o vidente Zoinho: Em Brasília não tem honesto!

  3. Avatar

    Os politicos não! Eles estão no direito por lei (inclusive os arrolados pela justiça) de se candidatarem.

    Os verdadeiros culpados pelos politiqueiros estarem no cargo são os ELEITORES.

    É só não votar neles, oras e bolas! Mas não esqueça que se votar no candidato a vereador do partido aliado ao PT, vão reeleger o LULA novamente.

    Saber votar todos sabem. Todos sabem chegar na urna e digitar um número. O difícil é saber qual número é o mais adequado.

  4. Avatar

    Aumento Bolsa Família 2016, reajustes

    Em 2015 o Bolsa Família passou de R$ 70,00 para R$ 77,00, portanto o reajuste do beneficio básico foi de 10%, mas o aumento Bolsa Família 2016, inicialmente não iria entra em vigor, pois foi vetado pela Presidente Dilma Roussef por conta da crise, pois seria um reajuste de 16,6%, que iria impactar muito as contas do governo, mesmo com o veto da presidente, o governo estuda um aumento Bolsa Família 2016 mesmo que seja abaixo da inflação.

    Este aumento Bolsa Família 2016 seria para um valor de cerca de R$ 80,00 (oitenta reais). Mas este valor seria o valor por pessoa, para que a família tenha direito ao Bolsa Família. Quanto maior este aumento Bolsa Família 2016, mas famílias poderão ter acesso ao programa.

    Já são que se 14 milhões de famílias beneficiadas com o Bolsa Família 2016, cerca e de 50 milhões de pessoas atendidas com o dinheiro do Bolsa Família, portanto este aumento Bolsa Família 2016 iria aumentar o numero de famílias beneficiadas .

    Atualmente o valor médio recebido por família é de R$ 164,00

    Compartilhe isso:
    Isso, é o que você devia mostrar a sua sobrinha. Como todo jovem,(ela) hoje, o interesse é outro. e encontra maus intencionados, como você. Vão continuar, ignorando coisas. Dê motivos p/ela mudar o Brasil. Você esculacha o CV, e defende, o PCC? BOATOS? Não esqueça, do AUXILIO RECLUSÃO, A Fazenda do Lulinha, a OI, a FRIBOI.

  5. Avatar

    Eu penso que deveria ser premissa para quem ocupa cargo eletivo público: Ter os filhos matriculados em escolas públicas, uso obrigatório do sistema unico de saúde, usuário de transporte urbano e etc.
    assim eles vivenciariam a realidade da população.

  6. Avatar

    Eu penso, e com muita razão, que o bolsa-família é uma verdadeira espécie de curral eleitoral petista. Estão metendo a mão no bolso do contribuinte desavergonhadamente para fazer frente a esta e outras falsas benesses sociais. A contribuição previdenciária do servidor público aposentado é um bom exemplo da roubalheira governamental. Por que não aprovam a PEC 555/2006?. Por essas e outras, é que conclamo o voto nulo em massa como forma de impactar os cleptocratas de Brasília. Fora estes pseudo partidos encastelados no Congresso! São todos, com raríssimos (e põe raríssimos nisto) exceções, membros de quadrilhas organizadas que posam como verdadeiros donos deste pobre país, chamado Brasil.

  7. Avatar
    Pagador de impostos

    Perfeito Calife. Nossas “incelências” não são vistas no dia a dia da população. Ou alguém já viu algum vereador em alguma fila de algum órgão público ? No posto de vistoria do Detran, na rodoviária, até mesmo em aeroporto ?, para citar alguns exemplos. Eles são “invisíveis”´. Vivem e habitam uma outra dimensão. E de lá só saem para fazer contato conosco, sua fonte de alimentação, em duas ocasiões : Quando precisam renovar a sua estadia por lá, na época das eleições e quando precisam de verbas para manter o seu estilo nababesco de vida. Esperar alguma mudança que parta deles mesmos, que criam e mantém as regras do jogo político é acreditar demais e ser muito otimista. Talvez uma saída seja aumentar cada vez mais o boicote às eleições. Quem sabe assim eles se amedrontam um pouco.

  8. Avatar

    Volta dr. Toninho!!!!!

Untitled Document