quarta-feira, 24 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Bastidores e Notas - Por Aurélio Paiva / Simulador de direção: todo mundo será obrigado a brincar de videogame

Simulador de direção: todo mundo será obrigado a brincar de videogame

Matéria publicada em 9 de agosto de 2015, 09:00 horas

 


Cinco horas de videogame de carro não resolverá nada para o motorista, mas vai encher de dinheiro as burras de muitos espertos

wp-coluna-bastidores-e-notas-aurelio-paiva

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) decidiu, no último dia 20, tornar obrigatório, a partir de 2016, o uso de simuladores de direção para quem for tirar carteira de motorista. Além das 20 horas de aulas práticas (em carro de verdade) nas autoescolas, todo candidato será obrigado a pagar por mais cinco horas (uma por dia) no simulador.
Na prática, todo candidato a motorista será obrigado a jogar videogame por cinco horas (alternadas), pagando bem mais caro que nos fliperamas modernos dos shoppings. Ainda bem que não tinha isso no meu tempo, pois ia ser um saco jogar Enduro, da Atari, em autoescola.
Claro que a coisa vem cheia de justificativas, inclusive um ou outro estudo mostrando que simuladores podem ser ótimos para ensinar a evitar acidentes. Algum estudo mostra que 5 horas deste videogame profissional faz isso?
A molecada dos fliperamas modernos e arcades, com mais de 100 horas nas máquinas, deve estar pronta para ir para a Fórmula I.
Claro, todos sabemos, por trás disso, como sempre, o que rola é muita grana no bolso da turma que vai vender os jogos e as máquinas.
É mais uma daquelas jabuticabas: coisas que só existem no Brasil. Nos EUA e na Europa não existem estes videogames obrigatórios para ninguém tirar habilitação.

As jabuticabas custam caro à população

Nos EUA você só usa instrutor de autoescola se quiser. Aqui é obrigatório. Lá, a partir dos 15 anos, o jovem pode aprender a dirigir acompanhado de um responsável. Faz seu exame de vista, aí marca a prova teórica, em seguida faz a prática. No seu próprio carro, no do pai, de um amigo, de um instrutor, no que quiser. Passou? Recebe a carteira, geralmente na hora. Não passou? Faz de novo quando quiser e quantas vezes quiser.
Vamos economizar espaço da coluna evitando narrar o calvário para se tirar carteira de motorista no Brasil. E também o custo. O altíssimo custo.
No caso do simulador de direção, o Contran aprovou a sua obrigatoriedade (lá em 2010) para 2013. Voltou atrás e adiou para 2014. Em 2014 voltou atrás e decidiu não mais exigir. No mês passado voltou atrás e anunciou de novo a exigência, dizendo-se pressionado pela turma dos Detrans de vários estados.
O simulador é apenas mais uma jabuticaba que os Detrans e o Contran enfia nos brasileiros. Já tivemos estojos de primeiro-socorros que não serviam para nada e a recente história da inútil troca de extintores de incêndio.
A turma do trânsito é mestre nestas peripécias, embora não esteja sozinha. Vale lembrar a troca obrigatória de tomadas de eletricidade para um modelo de três pinos que só existe no Brasil (mais uma vez, como a jabuticaba).
Muita gente lucra com as bandalheiras. Do outro lado, custos e encargos cada vez maiores sobre a população.

A fórmula matemática do ‘pixuleco’

Chamam estes tipos de disparates de “custo-Brasil”, mas na verdade é o “custo-pixuleco”. A turma do estado vende as dificuldades e a turma de empresas beneficiadas vende as soluções. Os otários (em outros países chamados cidadãos) pagam a conta.
A tradicional fórmula matemática do “pixuleco” é simples:

Fórmula do Pixuleco:

Definições:
L – Lucro liquido do malandro que bancou a operação
T – Total médio do valor que se pode arrecadar dos otários
C – Custo total da operação-
P – Pixuleco

Sendo:

bastidores-formula (1)

Conclui-se que:

“P” (o pixuleco) é igual ou maior a 10% de “L” (o lucro do malandro).

A fórmula final do pixuleco é obtida substituindo (2) em (3), sendo assim:

bastidores-formula (2)

Observe ainda que, já na primeira fórmula ( bastidores-formula (3)), verificamos que o valor total a ser arrecadado dos otários supera em pelo menos duas vezes o custo do velhaco – aquilo que os técnicos chamam de superfaturamento.
Parece que existe também uma fórmula de calcular como o “pixuleco” é distribuído entre os beneficiários, mas seu conhecimento exige cálculo integral, o que foge à capacidade do colunista.

Hora de reconhecer as virtudes do sistema

bastidores-simulador

Videogame (Project Cars) lançado no mês passado para a criançada se divertir em casa e nos shoppings

Agora que o colunista criou a fórmula que pode colocá-lo no mesmo pedestal que Newton e Leibniz, vale a pena reconhecer que há muitas ações virtuosas no sistema. Até mesmo quando se trata da turma do trânsito.
Um grande exemplo foi a ação dos “marimbondos” do Detran, no início do ano, em Volta Redonda e Barra Mansa. Aquele monte de funcionários que, coitados, nem eram agentes de trânsito – mas vieram do Rio para a região de bom grado para aplicar multas e recolher os carros com vistoria atrasada ou qualquer outro problema.
Estavam todos preocupados com a sua segurança.
Claro que a ação destes “anjos da guarda” (mandados por santas autoridades) engordaram muito os bolsos dos donos dos guinchos e do depósito de carros apreendidos. Uma fortuna amealhada dos preços extorsivos cobrados dos cidadãos.
Mas isto foi mera consequência. Não dá para imaginar ninguém levando “pixuleco” para cuidar da nossa segurança. Especialmente se tratando de um órgão cuja trajetória é marcada pela correção e pela total ausência de interferência política.
Aliás, uma curiosidade: ainda que mais discretamente, os “marimbondos” voltaram a dar ferroadas aqui e ali na região.
Claro que não é para manter a rotatividade do depósito e do serviço dos guinchos.
É tudo para o nosso bem.

A presidente Dilma Rousseff se diverte em um dos simuladores de direção que serão obrigatórios para quem for tirar carteira de motorista

A presidente Dilma Rousseff se diverte em um dos simuladores de direção que serão obrigatórios para quem for tirar carteira de motorista

AURÉLIO PAIVA | aurelio@diariodovale.com.br


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

18 comentários

  1. Avatar

    O mais engraçado é que você não acha ninguém que tenha votado na Dilma, você pergunta pra um , pergunta pra outro e ninguém votou. Estranho né?! Pessoal, ela não entrou lá a força, a população escolheu. Temos mais 3 anos de castigo e agora aguenta. Nova chance só nas próximas eleições

  2. Avatar

    enquanto a presidenta se diverte o povo se ferra .

  3. Avatar

    a grande verdade e que o povo mais uma vez sera roubado e sem poder fazer nada porque este brinquedinho
    so trara beneficio a ele mesmo que enchera os cofres deles . tudo que eles inventam e a população que se ferra
    esta e a grande verdade . ( indignado )

  4. Avatar

    a grande verdade e que o povo mais uma vez sera roubado e sem poder fazer nada porque este brinquedinho
    so trara beneficio a ele mesmo que enchera os cofres deles . tudo que eles inventam e a população que se ferra
    esta e a grande verdade . ( indignado )

  5. Avatar

    Teremos a mudança da placa (que já mudou recentemente para as refletivas), tivemos o uso da cadeirinha, tem o tal do “chip” que ninguem sabe como vai funconar pra que serve e muito menos onde instala.
    Uma palhaçada atrás da outra.
    Quando o governo começar a se preocupar realmente com o que precisa teremos um país melhor.

    • Avatar

      Ente outras coisas, além de criar a Lei das Responsabilidades Fiscais, o maior bem que um governante poderia ter feito ao Brasil , o FHC não colocou nas agencias reguladores cumpanheiros incompetentes, sem duvida indicados mas gente capacitada, que entendi do que estava fazendo…em compensação, os que vieram atrás…..pagamos e vamos continuar pagando o preço…conheço pessoas que ainda acreditam que se trata de armação o que está acontecendo

  6. Avatar
    cidadãovoltaredondense

    Somos todos culpados… aceitamos e não fazemos nada… então não reclamem.

  7. Avatar

    Aurélio …. breve teremos mais uma jabuticaba…. a mudança das placas dos veículos que será um modelo único aos países do Mercosul p/ diminuir o roubo de veículos e blá blá blá, nossa segurança não dá conta e nós pagamos a conta novamente.. só rindo mesmo !!!

  8. Avatar
    Emmanuel Alves Md.

    Como já dizia o saudoso Bezerra da Silva” Otário só tem dois direitos: tomar tapa e não dizer nada!” somos nós abaixamos a cabeça e pronto. Isso tem de acabar.

  9. Avatar

    EM ALGUM MOMENTO TUDO SE ESGOTA, ESTAGUINA.

    MAIS UMA FORMA DE ARRANCAR DINHEIRO DO POVO!?

    ATE QUANDO A POPULAÇÃO VAI AGUENTAR, VAI TER RECURSOS?

    NOSSO PAIS VAI EXPLODIR!!!!!!

    DEUS NOS AJUDE!!!

  10. Avatar
    ROGERIO ALVES DO NASCIMENTO

    MEUS PARABENS PELA MATERIA, TRABALHO COM ISSO A 20 ANOS E CONCORDO PLENAMENTE COM O JORNALISTA, MANEIRA DE GANHAR DINHEIRO. QUANDO O SIMULADOR FOI LANÇADO ESTAVA O ESIPULADO O PREÇO DE R$ 17.000,00 A SR. DILMA SENTOU NUM NO SALAO DE AUTOMOVEIS EM OUTUBRO, A PARTIR DE JANEIRO ELE FOI PRA R$ 37.000,00 E SO PROCURAR SABER OS NOMES QUE ESTAO ENVOLVIDOS NO NEGOCIO. COMO FALEI NUMA REPORTAGEM ANTERIOR E MESMO VIDEO GAME

  11. Avatar

    estaremos sempre sujeitos a esse tipo de “sapo” pois se o pais não tem politicos serios salvo um ou outro ,para representar o direito do cidadão …fazer o que ? engolir o sapo e ponto. E não venha me dizer que nos é que não sabemos votar , lembrem -se do dep. zoinho disse ao fantastico : aqui em Brasilia não existe santo. ou seja , vc confia e vota e depois o seu candidato é corrompido pelo sistema ou sai fora .

  12. Avatar

    Aurelio, complicado
    A pergunta e porque deixamos que incompetentes nós guiem,
    . Eextintor que não funciona, tomada padrão único no mundo, placa refletiva,etc. O bolso dos corruptos vai ficando cheio e nos, fazemos o que? Continuamos a deixar essas malas incompetentes decidirem por nós, até saleiro na mesa agora….a culpa e do FHC,,,,,,as coisas estão aparecendo, vamos nós manifestar, precisamos

  13. Avatar

    Antigamente, quando não existia corrupção no país, é que era bom: qualquer um poderia tirar sua CNH, bastaria comprar uma. O probleminha é que se não quisesse pagar, a auto-escola fazia tudo para reprovar o cara.
    Quando completei meus 18 anos, ainda morava em VR. Graças à auto-escola, um mês depois já estava com carteira.

  14. Avatar

    BRASIL! ZIL! ZIL!
    O PAI DAS JABUTICABAS!
    E DE VÁRIAS ESPÉCIES E TIPOS. ..
    Caros brasileiros, continuem votando em troca de cimento, cerveja, empreguinho de quinta ….

  15. Avatar
    ABRAHAM JASPER...( O EX: APOSENTADO), LIVRANDO-SE DO CLONE¹

    É uma pena que o senhor Paul Dirac não possa apreciar essa bela equação matemática do ‘seu’ Aurélio. Parabéns!

Untitled Document