segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Vacinação animal

Vacinação animal

Matéria publicada em 5 de setembro de 2018, 07:40 horas

 


Apareceu um caroço na pele do meu bichinho após a vacina, o que devo fazer?

Que as vacinas são importantíssimas e fundamentais nos cuidados com a saúde dos animais de estimação, isso é fato. Afinal, como sabemos, esta é a melhor forma de protegê-los contra doenças graves que podem até levá-los a morte, como por exemplo, a raiva e a cinomose. Porém, essas vacinas podem provocar algumas reações, efeitos colaterais nos bichinhos ao serem aplicadas neles. E dentre essas reações vacinais, uma bem comum e que preocupa muito os tutores, são os chamados caroços, calombos, bolas ou até mesmo nódulos, que aparecem normalmente nas costas do animal, bem no local da aplicação, os quais podem aparecer aparecem logo após a aplicação da vacina ou dias depois da vacinação.
A causa desse aumento de volume no local da vacina pode ocorrer devido ao local onde a vacina foi aplicada, ou também por uma resposta vacinal comum do organismo, reagindo contra o agente estranho que foi injetado (a vacina).
Ou seja, esses caroços de vacinação na grande maioria ocorrem devido ao aparecimento de tecidos cicatriciais e inflamatórios no local. E isso acontece por que ao fazer a vacina, o líquido injetado rompe alguns tecidos, o que em alguns casos, ativa as células de defesa do sistema imunológico do animal, formando no local da injeção um processo inflamatório como resposta ao “corpo estranho” que foi injetado ali, gerando assim esse pequeno caroço no local.
O que quer dizer, que esse caroço não está relacionado com erro na aplicação, e sim com a resposta do organismo de cada indivíduo.
Essa reação quando ocorre é normal e não deve ser motivo de preocupação, pois a maioria deles desaparece em alguns dias. Bastando aguardar ou fazer uma compressa de água morna no local para acelerar o processo. E se acontecer do caroço do seu animalzinho não sumir, também não se preocupe, pois em alguns casos, ele pode não desaparecer por completo, mas a grande maioria tende a diminuir ao longo do tempo.
Mas é muito importante ficar atento e levá-lo ao médico veterinário, caso observe alguma alteração fora do comum, como o caroço crescer e ficando maior que uma bolinha de gude, ou se inflamar, ficar muito duro ou parecer estar causando dor ao seu animalzinho. Observe também se há mudança na coloração da pele ou perda de pelos em volta do caroço, o que não é inteiramente anormal, mas deve ser examinado.
O correto é que os caroços de vacinação nunca ameace a saúde do animal.
Mas independente de qualquer coisa, é importantíssimo que você tutor, tenha em mente que as vacinas foram testadas anteriormente, são completamente seguras para os animais domésticos e lhes ajudam a se imunizarem contra as doenças.
Pois isso, o medo de alguma reação não pode ser de forma alguma uma justificativa para deixar de proteger seu animalzinho. Sendo dever de todo e qualquer tutor zelar pela saúde do seu animal, vacinando-os. Cabendo assim, ao médico veterinário a decisão, após avaliação clínica, de vaciná-los ou não.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document