sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Copa do Mundo 2018 / Inglaterra pega o Panamá em busca da segunda vitória

Inglaterra pega o Panamá em busca da segunda vitória

Matéria publicada em 24 de junho de 2018, 08:04 horas

 


Ingleses estrearam derrotando a Tunísia com muita dificuldade, enquanto Panamenhos foram superados pela Bélgica

Duas vezes: Inglaterra contou com dia inspirado de Harry Kane para vencer na estreia da Copa – Foto: Clive Rose/Getty Images

Nizhegorodskaya, Rússia – No complemento da segunda rodada do Grupo G da Copa do Mundo, a Inglaterra pega o Panamá neste domingo, às 9h(de Brasília), no Estádio de Níjni Novgorod, em Nizhegorodskaya, na Rússia, buscando a segunda vitória na competição.
Os ingleses estrearam derrotando a Tunísia com muita dificuldade, por 2 a 1, enquanto que os panamenhos foram superados pela Bélgica por 3 a 0, em um placar já esperando se for levado em consideração que o representante da América Central chega pela primeira vez a um Mundial.
Ainda buscando a melhor formação e estilo de jogo para a Inglaterra, o técnico Gareth Southgate pediu a seus comandados para tentarem manter a intensidade.
– Vamos trabalhar esta questão, pois neste jogo contra o Panamá é importante a gente manter uma certa constante no ataque, pois o adversário vai jogar recuado, explorando os nossos equívocos – analisou o treinador da Inglaterra, que sofreu uma luxação no ombro enquanto corria ao redor da concentração esta semana.
Em termos de escalação, a Inglaterra vai preservar o meia Dele Alli, que vem reclamando de dores na coxa direita. Sem ele, Ruben Loftus-Cheek, que entrou na lista para a Copa do Mundo apenas nas últimas convocações, ganha uma oportunidade de começar jogando. Disposto a provar variações no estilo de jogo, o treinador vai barrar o atacante Raheem Sterling, escalando Marcus Rashford no setor.
Pelo lado do Panamá, o técnico Hernán Darío Gómez lembrou do favoritismo dos ingleses e acredita que a partida será ainda mais complicada para os panamenhos.
– Disse que diante da Bélgica a derrota por três a zero não foi feia, pois a distância entre os dois países na história do futebol é enorme. Contra a Inglaterra vamos sonhando com um resultado melhor, porém, sabendo que o jogo será tão complicado quanto. O importante é seguirmos em um processo de evolução. Espero que a gente conseiga se comportar ainda melhor – disse Gómez.
O treinador do Panamá não quis antecipar a escalação, mas deverá manter a base da estreia.
Pelo regulamento da Copa do Mundo, as seleções se enfrentam dentro de seus respectivos grupos em turno único. Ao fim, as duas melhores colocadas avançam para as oitavas de final, enquanto que as demais voltam para casa.

 

INGLATERRA X PANAMÁ

Local: Estádio de Níjni Novgorod
Data: 24 de junho de 2018 (Domingo)
Horário: 9h(de Brasília)
Árbitro: Ghead Grisha (Egito)
Auxs: Redouane Achik (Marrocos) e Waleed Ahmed (Sudão_
INGLATERRA: Jordan Pickford, Kyle Walker, John Stones e Harry Maguire; Kieran Trippier, Jordan Henderson, Jesse Lingard, Ruben Loftus-Cheek e Ashley Young; Marcus Rashford e Harry Kane
Técnico: Gareth Southgate
PANAMÁ: Jaime Penedo, Michael Murillo, Román Torres, Fidel Escobar e Eric Davis; Gabriel Gómez, Armando Cooper, Aníbal Godoy, Edgar Bárcenas e Jose Luis Rodrigues; Blas Pérez
Técnico: Hernán Darío Gómez

Atacante Rashford acredita  no bi da Inglaterra

A Inglaterra tem reais chances de se tornar bicampeã da Copa do Mundo na Rússia. A opinião é de Marcus Rashford, atacante do Manchester United e que estará em campo por seu país no próximo domingo, contra o Panamá, às 9h (de Brasília).
-Nós temos que ter essa mentalidade (de campeão). Ou então não vamos chegar em lugar nenhum, não chegaremos à final e nem levantaremos o troféu. É importante que a gente continue evoluindo como time. Assim teremos dias felizes pela frente-, afirmou o jogador.
– Nós estamos tentando criar algo novo. Nós temos um elenco forte e animado, então vamos ver até onde conseguimos chegar juntos-, completou o atacante, que foi reserva na vitória de estreia contra a Tunísia, por 2 a 1.
A Inglaterra tem a terceira média de idade mais baixa da Copa do Mundo, com apenas 26 anos. Nada que preocupe o atleta dos Red Devils.
– Eu sei que somos jovens e você pode dizer que não temos experiência. Mas eu não me sinto inexperiente chegando nesse torneio. Apesar de não termos feito isso antes, você sabe o que tem que fazer para vencer a competição, e eu acho que isso é muito necessário.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document