terça-feira, 27 de julho de 2021 - 21:14 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Associação realiza campanha de orientação de alimentação saudável para diabéticos

Associação realiza campanha de orientação de alimentação saudável para diabéticos

Matéria publicada em 24 de junho de 2021, 08:50 horas

 


Barra Mansa – A Adibam (Associação dos Diabéticos de Barra Mansa e Região Sul Fluminense) intensificou, nesta semana, a Campanha Alimentação Saudável para Diabéticos. O objetivo é orientar pacientes sobre mitos e verdades em relação aos grupos de alimentos permitidos para os portadores da doença. Os trabalhos recebem a orientação da doutora em Ciência de Alimentos, Vanessa Vasconcelos, que ensina que o `segredo´ para o diabético controlar a glicemia (aumento do açúcar no sangue), através da redução do consumo de carboidratos e açúcar.

Segundo a nutricionista uma vez que o paciente saiba dosar o consumo desses alimentos ele poderá levar uma vida saudável e sem privações. “O grande segredo está na quantidade, nos horários e o tipo do carboidrato a ser consumido” explica a nutricionista, acrescentando que pães, biscoitos, bolos, bolachas, massas, entre outros, são permitidos, mas de preferência na forma integral. “O pão francês e o macarrão simples elevam mais a glicemia, prejudicando assim a saúde do diabético”, explicou.

Mas e se o diabético quiser comer o macarrão normal sem ser o integral? Essa pergunta também é respondida pela nutricionista que tais alimentos podem ser consumidos, de preferência acompanhados à salada crua, como alface, cenoura ralada. Aliás, segundo a nutricionista, alimentos crus e ralados, como por exemplo, a beterraba, também são permitidos. “Essa é a melhor forma de consumir a beterraba, pois a fibra desse alimento impede o aumento da glicemia e associada a uma quantidade adequada de folhoso (alface, rúcula, repolho, entre outros), resulta em ótimos resultados”, completou Vanessa.

Frutas

Dosando os alimentos, até mesmo a melancia, pode ser consumida, embora essa fruta contenha uma glicemia muita alta. Dependendo do caso, explica a nutricionista, esta fruta é permitida sendo, porém, apenas uma fatia fina, após o almoço, agregada a uma salada. O suco dessa fruta, porém, somente é recomendado se utilizado com uma fibra como, por exemplo, a chia ou couve.

– O diabético deve se alimentar com alimentos integrais, salada crua, beber bastante água, usar adoçante e principalmente realizar atividade física orientada para ter uma vida saudável. Hoje em dia existem muitos doces zero açúcar e com a orientação de um profissional, nutricionista, é possível ter qualidade de vida, sem se privar do que se gosta de comer – concluiu a médica.

Adibam

Além da campanha de orientação sobre alimentos a Adibam realiza teste rápido de glicemia, gratuitos, na sede da entidade no Pátio da Prefeitura. A presidente da entidade, Maria Eterna Quintão, explica que o objetivo é garantir aos pacientes informações para evitar o agravamento da doença. “Estamos abertos ao público e recebemos diariamente um grande número de pessoas, inclusive, crianças e adolescentes com dúvidas corriqueiras sobre mitos e verdades em relação ao diabético”, completou Eterna.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document