sexta-feira, 18 de setembro de 2020 - 18:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Briga entre ciganos deixa um morto e dois feridos em Angra

Briga entre ciganos deixa um morto e dois feridos em Angra

Matéria publicada em 14 de março de 2016, 22:03 horas

 


Desentendimento teria começado em um bar próximo ao acampamento do grupo, no bairro Parque Mambucaba

Angra dos Reis – Um homem de 28 anos morreu no domingo (13), depois de se envolver em uma briga no acampamento cigano do bairro Parque Mambucaba. Jean Lemos do Norte, o “Xexéu”, foi enterrado nesta segunda-feira (14), no Cemitério Municipal de Angra dos Reis.

Além da vítima fatal, outros dois homens também foram baleados e estão internados no Hospital da Praia Brava. A unidade de saúde não divulgou o estado de saúde deles.

Segundo a Polícia Militar, a briga teria começa por motivo fútil, em um bar próximo ao acampamento. Após a morte de Xexéu, um grupo revoltado com o crime, ateou fogo em três barracas, um carro que estava no acampamento, além de uma casa.

O caso está sendo investigado pelo delegado Marco Antônio Alves, da 166ª DP (Angra dos Reis). Há hipóteses de que o autor do disparo que matou Xexéu tenha se ferido também.

Valença e Três Rios registram homicídios

Nas cidades de Valença e Três Rios também foram registrados homicídios no domingo. Na primeira, um homem de 31 anos foi encontrado morto dentro de casa, na Rua Manoel Correia Duarte, no distrito de Barão de Juparanã.

Segundo informações de policiais militares, Carlos Eduardo dos Santos foi baleado na rua, e mesmo ferido, correu para dentro de casa. Ele foi atingido na nuca, ombro e punho. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Barra do Piraí. O caso foi registrado na 91ª Delegacia de Polícia (Valença).

Já em Três Rios, policiais militares registraram na noite de anteontem o assassinato de Leonardo Carvalho Lima, de 36 anos. Ele foi morto a pauladas na esquina da Rua Joaquim Ferreira com a Rua Iraci Braga, no bairro Cidade Nova.
Os PMs informaram que o suspeito de ser o autor do crime, um jovem de 21 anos, foi preso e levado para a 108ª (Três Rios). Agora a polícia tenta descobrir a motivação para o homicídio.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    esses ciganos só arrumam confusão, e ninguém faz nada, eles acham que vivem numa cidade sem lei, não respeitam ninguém, poderiam levar todos pra marte e deixa-los lá.

  2. Avatar

    Onde tem cigano tem confusao, e tudo que nao presta e so ir fundo que vem muito mais coisa….

  3. Avatar

    Precisam investigar… lavagem de dinheiro, trafico de drogas, assaltos, sequestros, falsidade ideológica, carros clonados … todos sabem, só resta alguém querer prender.

  4. Avatar

    Morreu mais um hoje e ainda vai morrer mais. A guerra dos ciganos só esta começando.
    Já são dois e o número vai aumentar,é só aguardarem para ver o final disso tudo !

  5. Avatar

    guerra entre bandidos… tem MUITOS ali no meio
    vale uma investigação bem feita!

  6. Avatar

    O QUE MORREU NÃO LEU A SUA PRÓPRIA SORTE

Untitled Document