quinta-feira, 22 de outubro de 2020 - 11:58 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Carnaval 2020 é marcado por recordes

Carnaval 2020 é marcado por recordes

Matéria publicada em 1 de março de 2020, 07:05 horas

 


Festa movimentou milhões de pessoas e atraiu turistas de diversos estados e nacionalidades

No Rio mais de 6,4 milhões de foliões aproveitaram os blocos e os desfiles das escolas de samba na capital fluminense-Foto: Fernando Grilli/Riotur

Brasília- A movimentação de foliões nos principais polos do carnaval no país registrou recorde em 2020. De acordo com dados divulgados pelos gestores locais, Olinda (PE), Recife (PE) e Salvador (BA) registraram 22,1 milhões de pessoas, o maior número até então. No Rio de Janeiro (RJ), informações prévias dão conta de que mais de 6,4 milhões de foliões aproveitaram os blocos e os desfiles das escolas de samba na capital fluminense. Em São Paulo (SP), a prefeitura municipal espera o fim de semana para divulgar os índices.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destaca que as expectativas para o Carnaval se confirmaram e que o setor foi um dos principais beneficiados.

– A cada ano que passa temos mais pessoas aproveitando essa festa tão popular e democrática e que está completamente ligada ao Turismo. São brasileiros de Norte ao Sul do País que se divertem e movimentam o nosso setor, criando emprego e renda para milhares de pessoas – afirmou.

Na capital pernambucana, dois milhões de foliões aproveitaram o carnaval, 400 mil a mais que em 2019. Na vizinha, Olinda, o número foi de 3,6 milhões, com um aumento de 200 mil pessoas em relação ao ano anterior. Desse total, quase metade (1,5 milhão) vieram de outros estados e 400 mil de outros países. A taxa de ocupação hoteleira registrou média de 98%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) de Pernambuco.

Salvador teve uma média de 16,5 milhões de pessoas curtindo a folia. Deste total, 854 mil eram turistas do interior do estado e de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais e Distrito Federal. Além disso, a capital recebeu 86 mil turistas estrangeiros vindos, principalmente, da Argentina, França, Estados Unidos, Alemanha, Espanha e Inglaterra. De acordo com o governo baiano, a receita turística do período é estimada em R$ 2,5 bilhões.

No Rio de Janeiro, até a manhã da última quarta-feira (26), mais de 6,4 milhões aproveitaram as festas do momo, de acordo com a Riotur.

Visitas

Durante o mês de fevereiro, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, realizou uma série de visitas técnicas nos principais destinos de Carnaval do país. O objetivo da iniciativa foi verificar os preparativos da festa, que, segundo estimativas da Confederação Nacional do Comércio (CNC), movimentou cerca de R$ 8 bilhões na economia do Brasil, o maior valor desde 2015.

Em Salvador (BA), Álvaro Antônio esteve no Centro de Distribuição de Abadás da capital baiana e discutiu estratégias para o fortalecimento do setor com o trade turístico do estado. Em Recife (PE), o ministro passou pela Central do Carnaval, ponto de encontro dos foliões na capital pernambucana, já no Rio de Janeiro (RJ), visitou as instalações do sambódromo e se reuniu com o trade turístico local para tratar da organização e segurança de uma das maiores festas populares do mundo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document