terça-feira, 14 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Católicos celebram Dia de Nossa Senhora Aparecida

Católicos celebram Dia de Nossa Senhora Aparecida

Matéria publicada em 12 de outubro de 2019, 11:29 horas

 


Diversas localidades da região, católicos param para homenagear Nossa Senhora Aparecida (crédito Paulo Dimas)

Sul Fluminense – A Igreja Católica celebra a festa da padroeira do Brasil, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, hoje, sábado, 12, com diversas atividades. O bispo da diocese de Barra do Piraí e Volta Redonda, dom Luiz Henrique, presidiu Missa Solene, às 8h, na comunidade Nossa Senhora Aparecida, no bairro São Luiz da Barra, em Volta Redonda.

O religioso volta a celebrar missa às 17 horas na Comunidade Nossa Senhora Aparecida no bairro São João, em Volta Redonda.  Durante todo o dia haverá celebrações nos 12 municípios da diocese.

Romeiros

Desde o início da semana, romeiros da região saíram a pé em direção ao Santuário Nacional de Aparecida (SP). Sinal de devoção, pagamentos de promessas, pedidos de ajuda são alguns dos motivos que levam homens e mulheres a realizarem esse sacrifício de esforço físico e psicológico.

Um grupo de 40 romeiros da Comunidade Bom Jesus, da Paróquia São Sebastião, em Volta Redonda, iniciou sua caminhada na última terça-feira, dia 8, pela Rodovia Presidente Dutra. A previsão da chegada é neste sábado, dia 12.

Outro grupo tradicional na região é coordenado por Renata Alves. Essa é a quinta vez que realizam a peregrinação. “Vivemos momentos de religiosidade, fortalecemos nossa fé. Compartilhamos esta rica experiência de fé, amor, união e muita oração”, disse lembrando que a preparação leva meses. “Os romeiros são orientados quanto às questões básicas de saúde e de segurança para caminharem de forma tranquila enquanto rezam o Santo Rosário e meditações da Palavra”, disse.

Maria, a primeira discípula missionária

As comemorações pelo dia da padroeira antecedem uma semana inteira de missões que serão realizadas em todas as paróquias e setores da diocese. Até dia 18 missionários das comunidades católicas vão realizar visitas em hospitais, locais de detenção, postos policiais e outros espaços. E também atividades como recitação do terço missionário, caminhada missionária, estudo sobre a Alegria do Evangelho, sobre o Sínodo da Amazônia e missão permanente.

No dia 19, haverá vigília, que também fica sob a responsabilidade das paróquias e setores. E no dia 20 será realizado o Congresso da Infância e Adolescência Missionária, no Colégio Medianeira, em Barra do Piraí. A Missa com bispo diocesano, dom Luiz Henrique, será na Igreja São Benedito, às 9h.

Logo após, os participantes seguirão em caminhada até o Colégio Medianeira onde ocorrerá o congresso.  Todas as ações fazem parte do Mês Missionário Extraordinário, convocado pelo papa Francisco, como explicou padre José Arimatéia de Souza um dos organizadores da Semana Missionária Extraordinária.

“Após meses de estudo e planejamento, chega a hora do momento concreto de cada paróquia assumir a missão. São várias atividades e a primeira delas é sair ao encontro de pessoas para anunciar o evangelho”, concluiu o padre.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document