quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 03:32 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Condições de rios e bueiros preocupam moradores pelo risco de alagamentos

Condições de rios e bueiros preocupam moradores pelo risco de alagamentos

Matéria publicada em 28 de dezembro de 2017, 15:32 horas

 


Trecho da Avenida Presidente Kennedy, no Ano Bom, em Barra Mansa, sofre em períodos de fortes chuvas

Barra Mansa –  Com a chegada do verão (21 de dezembro) e o período de chuvas volumosas, quem mora em determinadas áreas da cidade já se preocupa com o risco de alagamentos e enchentes em função das condições dos córregos, rios e bueiros da cidade. Nos bairros Nova Esperança, São Luiz, Boa Sorte e Piteiras, a situação do Rio Barra Mansa preocupa quem mora às margens do afluente que, em determinado trecho, está coberto pelo mato. O mesmo acontece nas localidades da Colônia Santo Antônio, Santa Maria II e Bocaininha, cortadas pelo rio Bananal. Já o problema com bueiros entupidos, segundo moradores, é mais preocupante na Avenida Presidente Kennedy, no Ano Bom, próximo ao Ilha Clube, e na Rua Argemiro de Paula Coutinho, na Estamparia.

De acordo com a dona de casa Karine Dinelli, que mora na Rua Argemiro de Paula Coutinho, no local a grande parte dos bueiros está entupida, inclusive o que fica em frente a sua casa. “A rua toda está com os  bueiros entupidos e condições precárias. O que fica em frente a minha casa, por exemplo, tem até mato brotando. Se chove muito forte não dá vazão para a água e a rua fica alagada mesmo”, comentou a moradora.

No bairro Ano Bom, o problema com bueiros entupidos já vem ocorrendo há alguns anos e, inclusive, o grande volume de água empossada já chegou a invadir um supermercado que fica na esquina da Avenida Presidente Kennedy com  a Rua Doutor José Maria de Mello. Acostumada a sempre esperar o ônibus no ponto que fica em frente ao estabelecimento, a secretária Fernanda da Silva Oliveira, de 38 anos, conta que a situação no local é muito crítica.

“Pego ônibus aqui sempre que saio do trabalho e no verão a situação é a mesma: se chover forte a rua alaga e quase toma a calçada. Esses bueiros não dão conta e a água fica sem ter para onde ir. É uma situação que podia ser evitada, se as pessoas jogassem menos lixo no chão, mas também se a prefeitura fizesse a limpeza nessa época”, observa a secretária.

Condições dos rios

Morador do bairro Nova Esperança, o comerciante Alexandre Dias destaca que o Rio Barra Mansa está precisando, com urgência, de uma limpeza. Com um historio de décadas de graves enchentes, o rio está assoreado e coberto pela vegetação, o que impede a fluidez de um grande volume de chuva. “Tenho um comércio e, no caso de uma enchente, minha loja é uma das primeiras a ficar totalmente coberta pela água. Acredito que uma medida preventiva, como a limpeza e a poda do mato já ajudaria a amenizar a enchente”, acrescenta Dias.

No bairro Bocaininha, o mecânico Jorge Fernandes é outro que também reclama das condições do Rio Bananal. Ele, que já perdeu tudo em uma enchente, enquanto morou no bairro Colônia Santo Antônio, recorda que há algum tempo não é feita a capina das margens do afluente. No bairro, ela também cita que há vários bueiros entupidos.

– A questão dos bueiros a gente até reconhece que é um problema provocado por falta de consciência da população, mas o rio está precisando muito da atenção dos órgãos responsáveis – disse.

Em nota, a prefeitura de Barra Mansa, por meio da Assessoria de Comunicação, informou que a Susesp (Superintendência de Obras e Serviços Públicos) está programando uma limpeza nos bueiros da cidade, que será iniciada ainda esse mês. Com relação aos rios, a assessoria informou que está sendo feito um estudo pelo Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) para que a limpeza seja iniciada também no mês de dezembro.

Moradores pedem que prefeitura faça limpeza no Rio Barra Mansa (foto: Paulo Dimas)

Moradores pedem que prefeitura faça limpeza no Rio Barra Mansa (foto: Paulo Dimas)

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Avatar
    Meu nome é Zé Pequeno!

    Na Argentina, restos de tijolos são transformados em brita e postos em partes das praças públicas onde poderia crescer mato, por exemplo, sob sombras de árvores.
    Em Santos a prefeitura disponibiliza em várias partes da cidade, caçambas com tampas para coleta do lixo.
    No Ceará garrafas de vidro com areia são viradas de cabeça para baixo e transformadas em calçadas,etc.
    Estas são ações inteligentes e baratas de reciclagem de materiais e de limpeza urbana transformando problemas urbanos em soluções.

  2. Avatar
    الفتح - الوغد

    De vez em quando passa um porco inchado boiando ao sabor da corrente, até que um ribeirinho resolva içá-lo…

    • Avatar
      Meu nome é Zé Pequeno!

      Os administradores públicos estão sempre na maioria das vezes atrasados em suas ações preventivas embora a população não colabore não jogando ou depositando lixo em locais inadequados.

  3. Avatar

    COM A CHEGADA DAS CHUVAS QUE SÃO BEM VINDAS, MAS O TRISTE O QUE VEM NAS CORREDEIRAS DO RIO SÃO SACOLAS PLASTICAS ,SOFAS,ANIMAIS.DESTE POVINHO PORCO DA BOA SORTE.

  4. Avatar

    O Rio Barra Mansa poderia ser dragado, mas como invadiram as margens dos rios, as máquinas não têm acesso ao rio. Tem coluna de casa que fica dentro do rio.

  5. Avatar
    الفتح - الوغد

    Essa foto foi tirada na Índia ou na África?…

Untitled Document