sexta-feira, 17 de setembro de 2021 - 13:49 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Delegado instaura inquérito para apurar morte de operário na CSN

Delegado instaura inquérito para apurar morte de operário na CSN

Matéria publicada em 3 de agosto de 2015, 16:53 horas

 


Devagar: Siderúrgicas preveem queda de produção este ano (Foto: Paulo Dimas)

Acidente aconteceu no interior da Usina Presidente Vargas (Foto: Paulo Dimas)

Volta Redonda –  O delegado adjunto da 90ª DP (Barra Mansa) Alcidézio Bispo Júnior, que no fim de semana comandava também o plantão na Delegacia de Volta Redonda, instaurou inquérito como homicídio culposo (quando não se tem intenção de matar), para apurar a morte do metalúrgico Francisco Xavier de Castro, de 47 anos.

Ele foi vítima de um acidente fatal na noite de sexta-feira (31), no interior da Usina Presidente Vargas, da CSN. O metalúrgico foi atingido por uma peça da ponte rolante que movimenta as bobinas de aço, no Setor de Embalagens da Usina.

Francisco trabalhava na Companhia Brasileira de Serviços de Infraestrutura S.A. (CBSI), que presta serviços à CSN. Segundo a perícia, uma peça chamada tenaz, que é uma garra que se prende as bobinas e fica presa a ponte rolante, se soltou e atingiu o trabalhador. A peça pesa aproximadamente duas toneladas. Alcidézio disse que por enquanto instaurou inquérito, mas não há ninguém indiciado como autor do crime.

O delegado explicou que solicitou perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), não apenas no local do acidente, mas também do material, como da peça que se desprendeu.

O policial também apura se houve falha técnica ou mecânica, e informações do material que estava sendo utilizado, além da capacidade técnica vítima e de quem estava operando a ponte rolando no momento do acidente .

Ele vai também anexar ao inquérito policial o laudo do IML (Instituto Médico Legal), que informou que, com o impacto, o corpo dobrou ao meio e o homem morreu na hora com politraumatismo.

As investigações serão repassadas ao delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Luís Maurício Armond, que estava de folga no último fim de semana.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document