sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / DER alcança 93% dos serviços na RJ-151, em Barra do Piraí

DER alcança 93% dos serviços na RJ-151, em Barra do Piraí

Matéria publicada em 12 de setembro de 2016, 10:26 horas

 


Conclusão de melhorias na rodovia de Barra do Piraí está prevista para o fim do ano

Barra do Piraí – O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) iniciou a fase final de trabalhos na RJ-151, em Barra do Piraí. O órgão está terminando os serviços de drenagem e sinalização, totalizando 93% da obra concluída. O valor do investimento é de R$ 110 milhões, e a previsão de término para o fim do ano. A melhoria gerou cerca de 250 empregos. Atualmente, 80 homens finalizam a intervenção, equipados de retroescavadeiras, caminhões, rolos de menor porte, entre outros veículos.

O trecho de 32 quilômetros que recebe a pavimentação liga Parapeúna, na RJ-147, até a Ponte de Zacarias, na altura da RJ-137. O órgão está implantando na rodovia, antes em leito natural, asfalto modificado com polímero, com maior durabilidade que o convencional.

– A obra está melhorando demais a vida dos moradores. Isso é melhor para nossa cidade, porque mais pessoas podem visitá-la com o asfalto bom – disse Ana Lucia de Freitas Bastos, gerente na Agropecuária Parapeúna, empresa localizada na região.

Via em área rural

A via, que atravessa uma área rural, já passou por obras de alargamento e roçado, e teve a substituição de cinco pontes de madeira de quatro quilômetros cada por galerias de mais de 10 metros; além de terraplanagem e drenagem superficial.

A RJ-151 tem 185 quilômetros de extensão e começa em Comendador Levy Gasparian, no Centro-Sul, terminando em Maromba, em Itatiaia. Ela se encontra com a RJ-145, incluindo os 45 quilômetros entre Pedra Selada e Santa Isabel do Rio Preto, e liga a rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040), na altura de Monte Serrat, em Comendador Levy Gasparian, ao distrito de Visconde de Mauá, em Resende.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

13 comentários

  1. O trecho entre Santa Izabel e Falcão deve estar debaixo do mato ou é estradinha de fazenda.

  2. Esta rodovia entre Pedra Selada e Santa Isabel do Rio Preto fica onde?

  3. Dá pra rolar uma “egotrip” de final de semana, de Levy até Mauá, só curtindo a bucólica paisagem do Vale do Rio Preto…

  4. a estrada barra mansa a angra esta uma porcaria sem sinalização ,piso osfaltico uma buraqueira so por que o estado não privatiza esta rodovisa e mais algumas do estado eles não querem dinheiro ai esta algum , mais não preferem gastar onde não tem retorno e privatizar o que da retorno acorda rio,

    • liberdade e propriedade

      Concordo plenamente. Se a rodovia Itaboraí – Nova Friburgo é concedida, Angra – BM também pode. Se Gramado – Nova Petropolis é concedida, Dutra – Mauá também pode. No caso da rodovia de Gramado, além da conservação da pista e socorro médico/mecânico, é exigido paisagismo que encanta os turistas, que na rodovia de Mauá ficaria ótimo.

  5. Pois é, não entendi onde entra Barra do Piraí nesse roteiro.

    • rj 145 tem um trecho que chega ate a br393 na entrada de barra entendeu?

    • A matéria fala da RJ-151, que margeia a divisa RJ/MG (muito distante de BP), não da RJ-145, que é citada apenas como conexão rodoviária, assim como a BR-040…

  6. liberdade e propriedade

    O trecho Resende-Formoso não sai de jeito nenhum. Seria a ligação de Resende com outra rodovia já asfaltada, outras rodovias de menor demanda já foram pavimentadas.

  7. Só um detalhe: esta rodovia NÃO PASSA NO MUNICÍPIO DE BARRA DO PIRAÍ!

Untitled Document