quarta-feira, 21 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Desmoronamento de muro provoca interdição de duas casas na Vila Nova

Desmoronamento de muro provoca interdição de duas casas na Vila Nova

Matéria publicada em 5 de dezembro de 2016, 18:18 horas

 


casas-interditadas-na-vila-nova-p-dimas-6

Deslizamento: Defesa Civil diz que interditou os dois pavimentos por medida de segurança
(Foto: Paulo Dimas)

Barra Mansa – O desmoronamento de um muro, no último domingo (04), provocou a interdição de duas casas no bairro Vila Nova, pela Defesa Civil. O problema, na Rua Major José Bento, vem ocorrendo desde setembro, devido à escavação em uma obra no terreno ao lado, que estava causando o deslizamento de terra. À época, a proprietária da casa, Sônia Almeida, disse que informou a Defesa Civil, que, segundo ela, orientou a construção de um muro de contenção para evitar o agravamento.

O filho de Sônia, Juliano Almeida, disse que o engenheiro técnico até então responsável pela obra informou à família que havia cancelado a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). Ainda segundo ele, outro engenheiro que avaliou a atual situação, constatou que, com a continuação das chuvas, em breve toda a casa pode ceder.

– Foi um descaso da prefeitura e da Defesa Civil. Quando a gente chamou eles em setembro, disseram que a obra no terreno estava regular e que não tinha nenhum problema, mas a gente via que não. Parte do quintal foi cedendo, conforme eles escavavam. Fizeram só um muro de contenção, que agora está desabando e afetou as casas. Até a escada está sem sustentação. Duas idosas tiveram que sair de suas residências por irresponsabilidade – expressou Juliano.

No boletim de ocorrência do deslizamento de terra, feito em setembro, a dona do imóvel havia relatado que a queda do muro de divisa estava deixando um dos pilares da escada de acesso ao segundo pavimento com a base danificada e exposta. Com o desabamento ocorrido domingo, a Defesa Civil interditou os dois pavimentos por medida de segurança.

O DIÁRIO DO VALE entrou em contato com a Prefeitura de Barra Mansa, através da assessoria de comunicação que confirmou o atendimento da Defesa Civil no local no dia 30 de setembro. Disse, na nota, que o órgão avaliou a situação e emitiu um boletim de ocorrência relacionado ao deslizamento de terra, conforme já mencionado.

A Secretaria de Planejamento Urbano havia autorizado a escavação no terreno, porém, de acordo com a prefeitura, no dia 2 de outubro, dois agentes retornaram ao local e interditaram o trabalho. A medida teria sido motivada pelos trabalhadores estarem realizando operações que não favoreciam condições de segurança. O órgão confirmou também que interditou as residências neste domingo, pois o deslizamento de terra do muro de contenção abalou uma das partes da escada que dá acesso ao segundo andar.

A Defesa Civil explicou que não cabe ao órgão fazer a interdição da obra, pois quando o morador iniciou a escavação, a documentação dele estava em ordem, portanto não tinha motivos para ser paralisada. Explicou ainda que o morador tinha um engenheiro responsável pela escavação e pela construção, mas no decorrer dos dias, o engenheiro abandonou a obra e o morador ficou sem responsável técnico, o que já torna a obra irregular.

A Secretaria de Planejamento Urbano informou ainda que interditou a obra por duas vezes, em outubro e nesta segunda-feira, dia 5, e afirmou que vai exigir a presença de um novo responsável técnico na obra, para que ele assuma a responsabilidade e ajude o proprietário a dar solução ao dano causado ao vizinho.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

23 comentários

  1. Avatar

    O que ouvi dizer é que o engenheiro responsável cancelou a ART devido ao não cumprimento do que se foi instruido muito antes do desmoronamento. Como um ser humano normal pega um planta onde estão todas as indicações necessárias e corretas e faz totalmente ao contrário? Antes não tivesse procurado nenhuma empresa para realização do serviço, pois, só assim não ficaria queimando o nome de pessoas idôneas.
    O proprietário desse terreno deve pagar por tudo que fez….
    Inconsequente, será que ele não imaginou que estava colocando a vida dos vizinhos em risco?
    Esse homem é um insano.

  2. Avatar
    A Verdade prevalece

    Conheço o Engenheiro e sei da capacidade profissional do mesmo. Sei que foi elaborado um projeto pela qual não foi cumprido por parte do Proprietário, que inclusive ameaçou o engenheiro.
    A Prefeitura foi comunicada que o Engenheiro não seria mais o responsável pela obra devido ao não cumprimento do que foi planejado.

  3. Avatar

    Cadê o proprietário??????

  4. Avatar

    Pelo que sei o Engenheiro cancelou a ART por intransigência do proprietário, pois não estava executando a obra conforme o projeto. O engenheiro foi ameaçado pelo proprietário também.

  5. Avatar

    É um descaso, prefeitura não fiscaliza nada! E cadê esse engenheiro agora?

  6. Avatar

    É TUDO CULPA DESSE EX PREFEITO JONAS MARINS!!! URUBU DEVE TER CAGADO NA CABEÇA DESTE PREFEITO. NUNCA VI NADA IGUAL. SÃO TANTAS NOTICIAS RUINS DENTRO DE UM MANDATO!!

  7. Avatar

    Que lutem os envolvidos até a morte ! Prefeitura nunca serviu para nada mesmo, só para encher o rabo dos prefeitos e políticos de dinheiro ! Nós continuamos na merda ! O povo quer construir de qualquer jeito, que se virem !!

  8. Avatar

    Qualquer leigo sabe que essa obra não iria prestar devido a estrutura das casas ao lado terem ficado expostas. É por isso que tem muito técnico colocando engenheiro no bolso por aí, só fazem cagada!

    • Avatar

      Pois é, compraram o diploma em alguma faculdade paga. Quero ver esses profissionais conseguirem conquistar um diploma numa universidade pública.

  9. Avatar

    Passo em frente à essa obra todos os dias. É uma tremenda irresponsabilidade o que fizeram. O proprietário do terreno e o engenheiro foram verdadeiros criminosos. Fizeram isso porque não era a casa da mãe deles… Justiça tarda mais não falha.

  10. Avatar

    A defesa civil não pode proibir uma obra que está colocando vidas em risco de morte. Então para que servem, depois que morre aí manda interditar. É palhaçada, não serve para nada

    • Avatar

      Informo que desde setembro foi tomada todas as medidas de segurança para a famiia afetada, não podemos paralizar qualquer obra que tenha um Responsável legal ou seja alguem que respode por ela, por isso existe justiça, infelismente nem todos sabem qual e a verdadeira funça de uma Defesa Civl em seu municipio, quero convidar a todos para que venham conhecere ser um voluntario de defesa civil…. Gostaria muito de poder sabem quando, onde e que oras vai acontecer um acidente, para que possasmos esta la antes do fato para podemos ajudar quem realmente precisa.

      Defesa civil somos todos nos
      Um bem de todos para com todos
      Juntos somos fortes

  11. Avatar

    Engenheiro não é geólogo, eu vejo em muitas regiões de Barra Mansa que os terrenos são arenosos e de rocha de arenito, deve-se a prefeitura fazer um levantamento geológico afim de avaliar os riscos de desmoronamento de encostas onde são construídas diversas residências sobre pena de virem abaixo ainda mais com as atuais chuvas, Barra Mansa têm histórico de casas vindo abaixo por instabilidade de terrenos e is deve-se ao fato de serem extremamente instáveis. A prefeitura já tinha que ter feito esse levantamento para seu código de obras, entretanto percebe-se que os prefeitos querem mesmo é entrar para roubar a cuidar do seu povo, pena que o povo daí não sabe escolher seus líderes.

    • Avatar

      Existe algum trabalho de engenharia ou geologia mostrando o solo de BM? Na Administração Pública é possível encontrar trabalhos apontando inclusive soluções para melhorar a Gestão Pública.

    • Avatar

      Nenhum engenheiro ou geólogo se pronuncia?

  12. Avatar

    Porque o proprietário do terreno não quis acatar a ordem do engenheiro RT de paralisar a obra. O engenheiro disse para o proprietário do lote que não era pra entrar mais trator e britadeira no terreno, mas mesmo assim o proprietário do lote não aceitou e continuou a mexer por conta própria.

  13. Avatar

    Agora que desabou o engenheiro da Levtop Gilson tirou ART. Porque não fez no início da escavação.

  14. Avatar

    Gozado! No início da obra o proprietário tinha engenheiro e alvará da Prefeitura, agora que desmoronou, não tem mais responsável e a culpa é da natureza? Mais o engenheiro da obra é conhecido de todos, pois, ele é o Dono da Levtop.

  15. Avatar

    O engenheiro responsável é o dono da Levtop que assinou autorizando a escavação do terreno. Agora que desabou o engenheiro Gilson da Levtop tirou ART porque não tirou no início da escavação

  16. Avatar

    Por que o primeiro engenheiro abandonou a obra cancelando a ART?

Untitled Document