DNIT instala radares na BR-393 em trecho cheio de buracos

Por Diário do Vale
411 Visualizações
Radares de velocidade são instalados nos KMs 286, 291 e 300     Foto: Franciele Bueno

Radares de velocidade são instalados nos KMs 286, 291 e 300
Foto: Franciele Bueno

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) iniciou a instalação de radares na Rodovia Lúcio Meira (BR-393), entre os KMs 286, 291 e 300, no trecho que liga as cidades de Volta Redonda e Barra Mansa. Durante a manhã de sábado (21), o departamento instalou novos radares do kM 291, próximo ao bairro Santa Inês, até o km 300, perto do posto do DNIT-, que pertence ao município de Barra Mansa. O trecho ainda está sem concessão desde 2009, quando foi excluído do contrato de concessão firmado para a BR-393 pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), com a empresa Acciona, que continua administrando a rodovia em outros pontos. O KM 286, perto do bairro Jardim Amália I, também recebeu o acréscimo de novos radares.

O aumento dos radares de velocidade não agradou aos usuários da rodovia. A motorista Antônia Teixeira, que utiliza a estrada diariamente comentou que os KMs 291 e 300 precisam de manutenção, antes de qualquer coisa.

– Antes de instalar novos radares, os responsáveis deveriam se preocupar com a manutenção da estrada, pois o trecho é esburacado e possui falta de sinalização e pintura na via, dificultando o fluxo dos veículos. Eu conheço bem a rodovia, porque a utilizo sempre, mas motoristas de fora, como caminhoneiros, precisam se manter atentos à sinalização, que infelizmente falta no trecho, podendo causar um acidente – falou.

Em nota, o DNIT informou que iniciou em 2012 a fiscalização eletrônica da velocidade nas rodovias federais sob sua jurisdição. A iniciativa visa garantir que os motoristas respeitem os limites de velocidade definidos na lei de trânsito e assim aumentar a segurança. O programa prevê a instalação de cerca de 3.000 equipamentos em todo o país.

Os locais de instalação foram definidos de acordo com estudos técnicos que levaram em conta estatísticas de acidentes e as características de cada trecho de rodovia. O controle de velocidade é mais uma iniciativa do departamento para aumentar a segurança dos usuários de rodovias federais, definido a partir de estatísticas da autarquia.

A nota esclarece ainda que contratou empresas para prestar serviços necessários ao controle viário nas rodovias federais, mediante a disponibilização, instalação, operação e manutenção de equipamentos eletrônicos, com coleta, armazenamento e processamento de dados estatísticos e dados e imagens de infrações. Vale lembrar que a o pagamento é feito por faixa fiscalizada, ou, seja, não há qualquer relação com a quantidade de multas aplicadas.

 DNIT tem 180 dias para restaurar rodovia

O DIÁRIO DO VALE publicou no dia 19 deste mês, a determinação da Justiça Federal, que apoiou o pedido do Ministério Público, determinando que o DNIT conclua, no prazo máximo de 180 dias, a licitação das obras de restauração da rodovia nos trechos 291 e 300 que receberam neste fim de semana o aumento de radares de velocidade, já informado acima. A Justiça determinou ainda a realização de obras de manutenção rotineira e preventiva em até 60 dias. A ação ainda pretende que o DNIT seja condenado a analisar a possibilidade de inclusão do trecho em contrato de concessão a ser repassado à Agência Nacional de Transportes Terrestres.

O MPF requer que o departamento seja condenado a realizar a adequação do pavimento, dos pontos de ônibus e acostamento, iluminação eficiente, sinalização interna e externa e instalação de passarelas, independentemente do andamento do processo licitatório de restauração do trecho. Desde 2004, o Ministério Público acompanha a situação da rodovia, realizando audiências e inspeções no local.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

27 Comentários

ANT0NIO REIS 24 de fevereiro de 2015, 18:11h - 18:11

PELO ESTADO DAQUELE TRECHO DE REDOVIA, ESBURACADA,SEM SINALIZAÇÃO, SEM ACOSTAMENTO E, À NOITE CHUVOSA COM VISIBILIDADE QUASE A ZERO, ATÉ QUE NÃO ACONTECEM MUITOS ACIDENTES. ISTO PROVA QUE NÃO É NECESSÁRIO RADARES. A PROPRIA RODOVIA IMPEDE DESENVOLVER ALTA VELOCIDADE. OS RADARES DEVIAM INFORMAR VELOCIDADE MÁXIMA 10 KM HORÁRIO PARA AJUDAR OS PROPRIETÁRIOS A NÃO QUEBRAREM SEUS VEÍCULOS E NEM CAUSAR ACIDENTES AH…AH…AH… ISTO É BRASIL.

Ton 24 de fevereiro de 2015, 11:12h - 11:12

2015 . . . Só Jesus Cristo para dar jeito nisso.

Morador do bairro 24 de fevereiro de 2015, 06:35h - 06:35

Acho que a melhor definição é que so foi uma grande merda…como todos já disseram o trecho é buraco puro, e pior, os locais que realmente ocorrem os acidentes não estão com os radares, que são ad saídas dos bairros Nove de Abril e Jardim Guanabara. Legal também é a informação que a empresa contratada ganha por trecho fiscalizado e não pelas multas…então basta instalar vários aparelhos, como fizeram, para faturarem alto, e previsão de 3000 em todo Brasil. É uma vergonha…cabe manifestações do povo na rodovia.

nilda 23 de fevereiro de 2015, 20:23h - 20:23

Eu só acho que tem que fazer a manutenção e não tentar tapa os buracos que sempre voltam,e os radares poderiam colocar em lugares que precisam assim como a saida do nove de abril acho orrivel pra sair e entrar no bairro.

Luiz 23 de fevereiro de 2015, 19:07h - 19:07

Só volta agora a instalação de cabines de pedágio dentro da própria cidade, vamos ver qual será a próxima. Lamentável.

Indignado 23 de fevereiro de 2015, 16:55h - 16:55

Quando saiu o edital de privatização Barra mansa X Além paraíba, o Prefeito Roosevelt de B Mansa, comeu barriga ou então comeu caviar e fez vista grossa e a privatização foi de VR X Além paraíba , a Prefeitura de B Mansa não tem como fazer manutenção(alias a cidade está um buraco só!) esse trecho embora em BM atende mais o povo de VR, portanto vai ficar essa porcaria sempre, mas colocar radar ai já é uma afronta.

carlos luciano 23 de fevereiro de 2015, 16:18h - 16:18

Que vergonha para este pais que é uma vergonha cheio de gente vagabunda que esta roubando nosso dinheiro todos os dias,vivendo uma vida boa e agora vem com estes radares e com uma estrada em péssimas condições de uso. Tenho vergonha deste pais, ah outra coisa ainda querem fazer blitz por causa de IPVA e apreender carro este pais e uma merda!!!.

êta povinho 23 de fevereiro de 2015, 20:12h - 20:12

Não tenha vergonha do país; tenha vergonha de não lutar por ele ajudando a expulsar os politiqueiros desses grandes partidos que estão nos causando indignação, dentre eles os mais corruptos como o PT, PMDB, DEM, PSDB, PP, etc Nós não votamos em candidato, votamos sim nos partidos que escolhem os candidatos para nos representar.

rodrigo 23 de fevereiro de 2015, 13:42h - 13:42

Esse país ta falido, e galera, quem apoia são esses bando de petistas esquerdistas!

MORADOR 23 de fevereiro de 2015, 13:22h - 13:22

Radares em uma rodovia onde não existe sinalização, cheio de buracos, só mesmo no Brasil onde pode tudo, vamos ver se o MPF vai se manifestar pois já foi determinado que seja feita melhorias, ou será que o DNIT entendeu errado,,,.. rodovia esta um lixo ….

êta povinho 23 de fevereiro de 2015, 12:11h - 12:11

Ué, confirmaram nas urnas a Dilam/PezãoNeto, agora estão chorando?? Aprendam a votar em 2017 para afastá-los do governo e acabar com esses pedágios. Agora é que a Rodovia do Contorno não sairá mesmo.

usuario 23 de fevereiro de 2015, 10:16h - 10:16

é uma vergonha conheço este trecho
desde 1984 sempre foi esburacada
teria a população impedir transito carretas
e caminhoes bloquear ate que a dnit toma conciencia da porca vergonha daquele trecho e nao colocar radares onde nao se anda nem 40 km por hora
infelizmente no brasil é assim

AlexVR 23 de fevereiro de 2015, 09:52h - 09:52

Se todos aqui estão reclamando dos radares é porque costumam andar ali em alta velocidade. Portanto, a pista deve estar ótima…

Usuário da Rodovia 23 de fevereiro de 2015, 09:24h - 09:24

Já foi informado que dia estará funcionando os radares??? Eles estavam mexendo no domingo, mas hoje ainda não está funcionando. Aposto que vai começar a funcionar com a rodovia toda esburacada!!! Eles querem é pegar dinheiro do trabalhador, que já paga tantos impostos e não tem nem uma rodovia decente, estou indignada!!!

Fernando 23 de fevereiro de 2015, 09:14h - 09:14

A Indústria da Multa – Tem verbas para instalarem radares e realizarem a sua manutenção, mas não há dinheiro para fazer o mesmo na via?
Então por que não se cria uma lei obrigando a investir as verbas obtidas nos ‘pardais” nos trechos nos quais eles se localizam ?
Queria saber como o dinheiro é repartido?

Magno 23 de fevereiro de 2015, 07:19h - 07:19

E os buracos quando vão arrumar?????

Eberton 22 de fevereiro de 2015, 22:26h - 22:26

Com a intervenção do ministério publico o DNIT venha fazer a recuperação deste trecho da rodovia, mas que faça com competência porque são mais de 42 anos que nos usuários estamos esperando. Com acessibilidade nas saídas dos bairros a direita da rodovia sentido VR (Como canteiro de saída na altura do bairro Morada da Granja já em VR), os 2 ponto de ônibus na altura do bairro NOVE DE ABRIL e JD. GUANABARA e STª RITA sentido BM a direita (fazer acostamento para que o ônibus saia da rodovia dando maior segurança no embarque e desembarque e para os motoristas, passarelas na altura dos bairros ASSUNÇÃO; JD. GUANABARA; STª RITA e BOA VISTA, sinalização e recapeamento do asfalto. Apos a reforma o DNIT continuem com a manutenção de prevenção da rodovia.

Usuário da rodovia 22 de fevereiro de 2015, 22:04h - 22:04

Utilizo o trecho em questão diariamente, está e sempre esteve em péssimo estado. Não existem faixas de sinalização, acostamento e os buracos tomam conta da rodovia. O perigo é constante. Sou totalmente contra a instalação de radares. É claro que o trecho tem altos índices de acidente, mas sim devido às péssimas condições. O dinheiro deveria se melhor aplicado com a recuperação da pista e instalação de sinalização.

Sebastião anderson Garcia Diniz 22 de fevereiro de 2015, 21:56h - 21:56

Esse País não é sério. E o MPF também. Depois de 10 anos “acompanhando” a situação da Rodovia, resolvem instalar mais uma Industria de Multas num trecho urbano que está abandonado há vários anos. E o tal DNIT, um órgão falido, de um governo falido, que não consegue fazer nem a manutenção da sinalização da via está preocupado com a segurança dos usuários ? Porque não arrumam a Estrada primeiro ? Se o meu carro quebrar num buraco daqueles quem vai me socorrer ? Estão brincando com a nossa paciência. E a população de Volta Redonda, sempre omissa, assim como a Rodovia do Contorno, vai ter que aguentar mais essa.

êta povinho 23 de fevereiro de 2015, 20:22h - 20:22

Não jogue a culpa no MEU BRasil, no POVO e nos POLÍTICOS. Este país não é sério porque os eleitores não são sérios. Como pode jogar a culpa em todos se somente 95 mil dos 217 mil eleitores em 2012 votaram no prefeito agora cassado por 7X0 governando por liminar? Como pode ver a conta que nem a metade escolheu assim, mas o prefeito teve ajuda dos que votaram nulo e deixaram de votar, isso é lavaram as mãos.

Al Fatah 22 de fevereiro de 2015, 21:49h - 21:49

Uma coisa não exime a outra. Os radares são sim necessários, motorista maluco racha até em pista ruim e ali acontece muito, e isso nada tem a ver com a recuperação viária do trecho, coisa que é pra ontem…

claudio 23 de fevereiro de 2015, 08:41h - 08:41

Deve ser do DNit ou da empresa contratada.

AlexVR 23 de fevereiro de 2015, 09:46h - 09:46

Prefiro radares a quebra-molas. Não tenho problemas com radares, pois sou consciente e sei dos limites de velocidade. Os quebra-molas dificultam o atendimento emergencial dos veículos de resgate.

zepegado 23 de fevereiro de 2015, 14:56h - 14:56

alex vc não passa de uma moça, cresce e vira homem.

Mais um 23 de fevereiro de 2015, 17:18h - 17:18

Zé, o que valoriza uma pessoa é a sua cultura e não o sexo ou idade! Sugiro que aprenda a respeitar o próximo para ser respeitado, isso se aprende em casa e também é cultura, depois, matricule-se em uma escola primária para se alfabetizar!

jeferson 22 de fevereiro de 2015, 20:38h - 20:38

Nao precisava radares no trecho ja que tem tanto buraco.e uma vergonha que p tirar dinheiro do povo e de uma hora p outra mas arrumar a estrada e uma m….

Cidadão 22 de fevereiro de 2015, 19:26h - 19:26

Engraçado! Para implantação de radares é possível conseguir ou arrumar verba… Agora para realizar o serviço que realmente precisa para a segurança da população e pedestre. Estamos longe de ver kkkk. Mas isso é o nosso Brasil. Não tem cura esse nosso país, é como uma aids.

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996