quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Doriva pede calma e praticamente descarta Gilberto para o clássico

Doriva pede calma e praticamente descarta Gilberto para o clássico

Matéria publicada em 19 de fevereiro de 2015, 21:53 horas

 


Rio

O técnico do Vasco, Doriva, praticamente descartou, logo após o empate por 1 a 1 com o Barra Mansa, na noite de quarta-feira, qualquer possibilidade de o atacante Gilberto ser escalado no clássico deste domingo, às 18h30(de Brasília), contra o Fluminense no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela sexta rodada do Campeonato Carioca. O jogador teve a sua contratação oficializada minutos antes do duelo contra o caçula do Estadual e existia a expectativa de que a diretoria se movimentasse no sentido de regularizar a sua documentação até esta sexta-feira.
– Ainda não pensamos em utilizar o Gilberto no clássico. Vamos com calma – disse Doriva.
Gilberto foi revelado nas categorias de base do Santa Cruz e após se destacar pelo clube pernambucano foi cedido ao Internacional. No Colorado nunca conseguiu se firmar, porém, voltou a se destacar pela Portuguesa em 2013, quando foi emprestado pelo clube gaúcho. A boa fase na Lusa chamou a atenção dos dirigentes do Toronto, do Canadá, que compraram seus direitos federativos. O artilheiro, porém, não conseguiu se adaptar ao clube canadense e depois de um período de treinos no Vasco foi anunciado pelo Cruz-Maltino. Apesar da irregularidade do atleta, Doriva espera muito dele.
– O Gilberto é um jogador veloz, forte e vai nos auxiliar muito ao longo desta temporada. Fiquei muito feliz de saber de sua contratação e acredito que terá um grande momento no Vasco – disse Doriva.
O fato, porém, de não ter Gilberto no clássico será um complicador, pois a estreia do atacante seria indicada em um momento que o treinador perdeu Bernardo, expulso contra o Barra Mansa e que terá que cumprir suspensão diante do Fluminense. Dessa maneira, a entrada de Rafael Silva passa a ser a possibilidade mais concreta para ocupar a vaga do suspenso.
Já o setor defensivo deve ganhar um reforço. Isso porque o zagueiro Rodrigo, que foi poupado contra o Barra Mansa por conta de uma virose, deverá reunir condições de enfrentar o Fluminense. Como a quinta-feira foi apenas para trabalho regenerativo, a escalação do Vasco para o duelo contra o Tricolor será definida no treino previsto para a tarde desta sexta-feira, em São Januário.
Por falar no clássico contra o Fluminense, a “Rede Globo”, que possui os direitos de transmissão do Campeonato Carioca, deverá ajudar a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) a intermediar as negociações entre os dois clubes para que os próximos confrontos aconteçam no Maracanã.
Os vascaínos se negam a jogar neste estádio se sua torcida não ocupar o lado direito das arquibancadas, que, por contrato, passou a ser da torcida do Fluminense. O impasse fez a Ferj tirar do Maracanã o duelo de domingo e optar pelo estádio do Botafogo. As negociações deverão, porém, deverão ser bem trabalhosas, pois nenhuma das duas partes pretende abrir mão de sua posição.
Fora de campo a diretoria não se interessou na contratação do meia argentino Emanuel Biancucchi, primo de Messi. O jogador, que defendeu o Bahia no último Campeonato Brasileiro, chegou a ter a contratação elogiada por Doriva, porém as duas partes não chegaram a um acordo financeiro. O atleta, revelado pelo Newell´s Old Boys, da Argentina, já defendeu também o Olimpia, do Paraguai.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document