sábado, 24 de outubro de 2020 - 12:30 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Eletronuclear doa cestas básicas a comunidades indígenas da Costa Verde

Eletronuclear doa cestas básicas a comunidades indígenas da Costa Verde

Matéria publicada em 18 de setembro de 2020, 18:28 horas

 


foto: Divulgação

Costa Verde – A Eletronuclear realizou a doação de 183 cestas básicas a um número igual de famílias em diversas comunidades indígenas da Costa Verde. A ação, ocorrida na semana passada, foi feita em resposta a uma solicitação da Coordenação Técnica Local (CTL) de Paraty da Fundação Nacional do Índio (Funai). Foram beneficiadas a Aldeia Sapukai, localizada na Terra Indígena Guarani do Bracuí; a Terra Indígena Guarani Araponga; a Terra Indígena Parati-Mirim; a Aldeia Indígena Rio Pequeno; e o Aldeamento Pataxó.

Em ofício à Eletronuclear, a Funai ressaltou que essa população foi afetada diretamente pelo isolamento social imposto pelas autoridades sanitárias como prevenção contra a covid-19. “A medida impactou de forma determinante a comercialização do artesanato nas ruas das cidades, atividade que representa a principal fonte de renda para as famílias indígenas da região e a garantia de sua segurança alimentar”, relatou a entidade.

A fundação destacou ainda que os moradores dessas comunidades são mais propensos a desenvolver doenças respiratórias em comparação ao restante da população. Isso vale, principalmente, nos casos de crianças e idosos.

Tanto na Terra Indígena Parati-Mirim quanto na Aldeia Sapukai, os membros das comunidades se reuniram e entoaram canções em agradecimento à Eletronuclear pelas doações. Os representantes da empresa foram recebidos, respectivamente, pela cacique Eva Benite e pelo cacique Aldo Fernandes, que agradeceram o apoio da companhia durante a pandemia do coronavírus.

Em agosto, a Eletronuclear já havia doado 110 cestas básicas à Aldeia Sapukai, obtidas a partir de doações no âmbito do programa de voluntariado da empresa. Na ocasião, a companhia doou, com recursos próprios, 1.200 garrafas de água mineral sem gás de 500 ml e 2.000 mil máscaras de tecido para a comunidade. Em julho, a organização destinou mais de 2.000 testes de covid-19 para a aldeia, por meio da Fundação Eletronuclear de Assistência Médica (Feam).

 

Nova doação em outubro

A chefe da Assessoria de Responsabilidade Socioambiental da Eletronuclear, Ana Beatriz Julião, ressalta que auxiliar as comunidades situadas no entorno da central nuclear de Angra dos Reis faz parte do compromisso da empresa com a população da Costa Verde. “Nesse cenário de pandemia, está sendo muito importante para nós poder dar uma contribuição para garantir a segurança alimentar das comunidades indígenas da região”, afirma. Ela acrescenta que as doações de cestas básicas às terras indígenas serão repetidas em outubro.

Essas iniciativas junto às populações tradicionais fazem parte de um programa das empresas Eletrobras que vai aportar R$ 23,75 milhões em ações por todo o país. Nesse âmbito, a Eletronuclear vai doar um total de R$ 250 mil em cestas básicas. Além disso, a companhia já doou R$ 1 milhão para a área de saúde. É importante ressaltar que esses atos seguem determinações do protocolo da Eletrobras para doações no âmbito da pandemia.

O presidente da Eletronuclear, Leonam dos Santos Guimarães, explica que a empresa tem buscado intensificar suas ações de responsabilidade social na Costa Verde. “O bem-estar das pessoas que moram na região é uma prioridade nesse momento difícil pelo qual estamos passando, principalmente nas comunidades indígenas, que estão entre as mais vulneráveis. Queremos fazer a nossa parte para ajudar”, conclui.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document