>
quinta-feira, 7 de julho de 2022 - 03:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Fluminense vence Paysandu nos acréscimos pela Copa do Brasil

Fluminense vence Paysandu nos acréscimos pela Copa do Brasil

Matéria publicada em 20 de agosto de 2015, 21:09 horas

 


Jogo estava empatado até os 47 minutos do segundo tempo, quando Renato fez o gol do triunfo

Fluminense
Rio – 
Em um jogo que perdeu Ronaldinho Gaúcho, Fred e Wellington Silva lesionados o Fluminense encontrou muitas dificuldades para derrotar o Paysandu por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo estava empatado até os 47 minutos do segundo tempo, quando Renato fez o gol do triunfo dos cariocas. Magno Alves tinha marcado o primeiro tento tricolor, enquanto que Yago Pikachu, em cobrança perfeita de falta, descontou para os paraenses.

Com o resultado o Fluminense joga pela vantagem no duelo da volta, na quarta-feira da próxima semana, às 19h30(de Brasília), no Mangueirão, em Belém (PA). O Paysandu, por sua vez, avança com um simples 1 a 0, uma vez que os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. Se devolver o 2 a 1 o Papão forçará a disputa de pênaltis.

Os primeiros vinte minutos não reservaram emoções para as duas torcidas. O Paysandu, surpreendentemente, tentou se colocar mais no campo ofensivo, mas tinha dificuldade na criação de jogadas. O Fluminense, por sua vez, parecia muito sonolento, sem encontrar espaços e nem mesmo o seu bom toque de bola.

A partida se arrastou assim até os 21 minutos, quando o Fluminense enfim esquentou os seus torcedores com um lance de grande perigo. Wellington Silva cruzou da direita, Ronaldinho Gaúcho ajeitou de cabeça e Fred, na pequena área, completou para uma grande defesa do goleiro Emerson.

O lance acordou o Fluminense que se mostrou mais firme no ataque. Aos 28 minutos Wellington Silva voltou a aparecer bem pela direita e cruzou, o goleiro dividiu com Cícero e, no rebote, Marcos Junior mandou a bola sobre o gol. O Paysandu respondeu dois minuto depois, João Carlos cruzou da esquerda, Yago Pikachu escorou, mas a defesa do Tricolor se antecipou a Leandro Cearense, que estava pronto para completar para o fundo da rede.

O lado direito era o setor mais produtivo do Fluminense e nem mesmo a saída do lateral Wellington Silva, lesionado na coxa direita, aos 31 minutos, mudou a forma de jogar da equipe. Tanto que Renato, o substituto, fez boa jogada aos 33 minutos e cruzou Fred cabecear e exigir mais uma grande defesa de Emerson.

A partida realmente estava bem movimentada e por muito pouco o Paysandu não abriu o placar aos 38 minutos. Pikachu cruzou da direita, Aylon pegou de primeira e Julio Cesar operou seu milagre. O arqueiro tricolor voltaria a salvar seu time no minuto seguinte, em chute cruzado de Pikachu.

Pikachu, por sinal, quase entrou para a galeria dos autores de gols mais bonitos da história do Maracanã no último lance do primeiro tempo. Ele se livrou de dois marcadores, tabelou com Aylon e pecou na hora de tentar driblar Julio Cesar, permitindo a recuperação do goleiro.

O Fluminense voltou para o segundo tempo sem o atacante Fred, que não resistiu a dores na coxa direita e cedeu o posto a Magno Alves. E quis o destino que o Magnata fosse o responsável por abrir o marcador aos dez minutos. Gustavo Scarpa cruzou da esquerda e o artilheiro, livre de marcação, cabeceou para o fundo da rede.

Por muito pouco o Fluminense não ampliou aos 13 minutos. Ronaldinho Gaúcho cobrou falta e Edson cabeceou à esquerda da trave paraense. Mas a partida ainda teria reviravoltas e a bruxa estava solta no Fluminense. Isso porque aos 23 minutos foi a vez de Ronaldinho Gaúcho acusar uma lesão e deixar o gramado na maca.

O Paysandu parece ter sentido o momento favorável e conseguiu chegar ao empate aos 26 minutos. Leandro Cearense foi derrubado na entrada da área e Pikachu fez uma cobrança magistral. Parecendo ser com a mão ele colocou a bola no canto esquerdo de Julio Cesar, que apenas observou o lance.

A virada do Paysandu quase aconteceu aos 32 minutos, em uma saída rápida da defesa para o ataque. Misael recebu na área, chutou colocado e Julio Cesar se esticou todo para salvar. Aos 43 minutos O arqueiro tricolor voltou a operar um milagre ao defender cabeçada de Paulo Otávio, que completou escanteio certeiro de Pikachu.

O castigo para o Paysandu veio nos acréscimos, quando o Fluminense conseguiu o segundo gol aos 47 minutos. Após cobrança de escanteio a defesa rebateu a bola para entrada da área e Renato, de primeira, marcou um golaço, fazendo a redonda entrar no ângulo direito de Emerson.

As duas equipes voltam a campo no fim de semana. O Fluminense visita o Joinville no domingo, às 16h(de Brasília), na Arena Joinville, em Joinville (SC), pela vigésima rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Paysandu permanece no Rio de Janeiro para duelar no domingo com o Botafogo, às 11h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos pela vigésima rodada da Série B.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. (não precisa publicar) Bom dia Amigos do DV, tenho visto o Pequeno Notável em todos os treinos do meu Voltaço, mas não temos nenhuma notícia aqui. Sou leitor deste jornal a quase tanto tempo quanto torcedor do Voltaço e vejo nele um grande reforço no apelo ao público. Se olharem o número de comentários nestas matérias, concluirão que somos importantes um para o outro. As coisas mudaram muito no clube e vcs conhecem mais do que eu, e sabem que o amor, carinho e ou consideração não se vão de uma hora para outra. Nós torcedores da região gostamos e queremos notícias daqui. Vamos amigos! Um forte abraço a todos!

  2. O “papão da Curuzu” merecia melhor resultado. Agora se o Flu jogar esta bolinha que no jogou de volta no Mangueirão, vai dançar!!! Agora uma questão: ninguém ainda viu este Yago Pikachu jogar? Dos grandes do RJ, ele é muito melhor que todos.

Untitled Document