quarta-feira, 8 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Guerra contra a dengue: Volta Redonda faz ação no Complexo Vila Brasília

Guerra contra a dengue: Volta Redonda faz ação no Complexo Vila Brasília

Matéria publicada em 19 de fevereiro de 2016, 18:39 horas

 


Equipes atuarão em oito bairros na próxima semana; campanha ganha super-herói eleito por estudantes de escolas municipais

Sem parar: Reunião no gabinete de Neto decide ações contra à dengue para a próxima semana (Foto: ACS)

Sem parar: Reunião no gabinete de Neto decide ações contra à dengue para a próxima semana (Foto: ACS)

Volta Redonda – O prefeito Antônio Francisco Neto (PMBM) promoveu hoje uma reunião para discutir a continuidade das ações de combate ao mosquito que transmite a dengue, o chikungunya e o zika vírus. Ficou definido que o próximo bairro a ser vistoriado será o Complexo Vila Brasília, por conta dos números do último LIRAa (Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegytpi), que mostraram um índice alto de infestação naquela região. E mais: a campanha ganhou um mascote. Trata-se do SuperAcinho, escolhido pelos estudantes da rede municipal.

O grupo de agentes de Saúde da Vigilância Ambiental, 70 funcionários da Secretaria de Serviços Públicos e voluntários vão visitar os bairros do complexo – Vila Brasília, Belo Horizonte, Verde Vale, Mariana Torres, Fazendinha, Nova Esperança, Coqueiros e Vale Verde – na próxima quinta e sexta-feira (dias 25 e 26), de 8h ao meio-dia e 13h às 16h. A previsão é que um total de aproximadamente 6,2 mil residências sejam vistoriadas durante o trabalho.

Para recolher o material dispensado pelos moradores, serão utilizados 18 caminhões da Secretaria de Serviços Públicos; seis caminhões pequenos da Secretaria Municipal de Saúde; e três retroescavadeiras. Além disso, carros de som começam a passar nos bairros na próxima segunda-feira (dia 22) para que os moradores já comecem a separar materiais que queiram dispensar no dia da vistoria.

Neto fez questão de agradecer e destacar a participação de cada entidade na campanha.

– A Aciap-VR distribuiu panfletos educativos; a CDL incluiu o tema em sua revista periódica; o Sider Shopping está fazendo chamada no cinema antes da exibição dos filmes, o grupo Falcões de Aço está nas ruas conosco. Cada um colaborando em sua área de atuação – exemplificou o prefeito.

Presenças

Participaram da reunião no gabinete de Neto os secretários municipais de Saúde, Marta Magalhães; de Serviços Públicos, Edson Carrá; de Educação, Terezinha Gonçalves, a Tetê; de Esporte e Lazer, Rose Vilela; e de Cultura, Rosane Mendonça; membros da Guarda Municipal de Volta Redonda; além do diretor executivo do Saae-VR, Paulo César de Souza, o PC, que coordenou a reunião. Além deles, estavam no encontro representantes das entidades parceiras da campanha, como a Aciap-VR (Associação Comercial Industrial e Agropastoril de Volta Redonda); CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas); sindicatos; Sider Shopping; CSN; Falcões de Aço Moto Clube e entidades religiosas.

SUPER-HERÓI

Para a escolha do super-heroi, a equipe de criação da prefeitura fez três opções para que  os estudantes escolhessem um mascote. A secretária de Educação, Terezinha Gonçalves, a Tetê, a escolha do SuperAcinho foi mais um incentivo a esta participação.

– Nós da secretaria fizemos uma reunião com todas as 98 diretoras de escolas da rede – que têm cerca de 37 mil alunos – e encaminhamos as três opções de SuperAcinho para que o preferido fosse escolhido. Elas repassaram para os alunos incentivaram a participação de todos. O resultado nos foi repassado hoje (ontem, sexta-feira), às 11h – explicou Tetê, ressaltando que a reunião tratou de diversos assuntos ligados ao controle da proliferação do Aedes aegypti, inclusive um calendário de ações para o ano que começa com verificação imediata nas escolas para eliminação de possíveis focos.

De acordo com a secretária, as crianças são muito importantes nesta campanha, pois são multiplicadoras em tudo que aprendem e acreditam.

– Elas repassam em casa e na comunidade onde moram o que aprendem na escola e a figura de um super-herói acaba colaborando e incentivando este aprendizado – disse Tetê.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Quero saber se essa campanha se estenderá pelo bairro Jardim Vila Rica onde já teve caso de zica (meu filho ) e o posto de saúde não deu a mínima para o caso.

    EXISTE UMA OBRA. ATRAS DA RUA 34 ONDE FOI CONSTRUIDA UMA GALERIA ABERTA PARA ESCIAMENTO DE AGUA E EXISTEM FOCOS DO MOSQUITO FOI PASSADO A MIM UM 0800 QUE. NAO FUNCIONA CHAMA E NAO ATENDEM.

    Já comparecimento em diversos órgãos que não fizeram nada, ou seja, minha parte como cidadão eu faço em combater o mosquito mas t coisas que foge de mim ondeouvi um funcionário da prefeitura falar que quem deve limpar essa galeria.e.o estado, pois e uma obra di estado.

    Pergunto os doentes de zica vírus ou dengue vai para o hospital do estado ou município? Enquanto houver ignorância de algumas pessoas dentro da prefeitura nada funcionará.

    Fazer o que?

  2. Avatar

    as praças e calçadas cheias de poças d’águas… o rio brandão na rua 60 foi iniciada uma obra e não concluída, porém parada… e a um bom tempo… como o rio é estreito, e como não foi nivelado, quando chove, ele enche e depois vai secando e formando muitas poças…e olha que eu sou leiga.

  3. Avatar

    E os pneus da pista de Kart? Alguém fiscaliza?

Untitled Document