>
segunda-feira, 4 de julho de 2022 - 20:15 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Hackers invadem site do deputado Deley de Oliveira

Hackers invadem site do deputado Deley de Oliveira

Matéria publicada em 15 de abril de 2015, 08:05 horas

 


Ataque: Hackers tiram site do deputado federal Deley de Oliveira do ar  (Foto: Reprodução Internet)

Ataque: Hackers tiram site do deputado federal Deley de Oliveira do ar
(Foto: Reprodução Internet)

Brasília  –

O site oficial do deputado federal Deley de Oliveira (PTB) foi invadido na noite de ontem por hackers do Estado Islâmico. Como consequência da ação, até por volta das 17h de hoje o site do parlamentar ainda estava fora do ar. Deley informou que já avisou a polícia sobre o ocorrido e está sendo apurado o que aconteceu.

Na semana passada, mais de 100 sites também sofreram o mesmo ataque. Entre eles o site “pudim.com.br”, antigo site brasileiro famoso por exibir apenas a foto de um pudim de leite. Em todos os sites, assim como no do deputado Deley, aparece a figura de um militante do Estado Islâmico.

Entre os sites atacados estão de uma ONG irlandesa que promove informações sobre o autismo, e da embaixada do Turquemenistão na Bielorrússia. Na última quarta-feira (9), o perfil do Facebook da emissora francesa TV 5 Monde foi invadido  e uma mensagem de ameaça contra o presidente François Hollande foi publicada.

Em janeiro deste ano, a ação dos hackers islâmicos atingiu a conta da rede social Twitter do Comando Central dos Estados Unidos (Centcom). A rede social foi suspensa após os ataques. O comando é o responsável pela supervisão das operações aéreas lideradas pelos EUA contra o grupo no Iraque e na Síria.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. SÃO CRACKERS E NÃO HACKERS

    Os hackers utilizam todo o seu conhecimento para melhorar softwares de forma legal e nunca invadem um sistema com o intuito de causar danos. No entanto, os crackers têm como prática a quebra da segurança de um software e usam seu conhecimento de forma ilegal, portanto, são vistos como criminosos.

    • É isto aih meu camarada…..ensina esta turminha qual a diferença entre hackers e crackers……
      Parabéns….

  2. Quem faz apologia deve ser punido também… E só a PF rastrear e prender para servir de exemplo.

  3. Isso já tinha acontecido no site da RBP de Barra do Piraí e num outro daqui de VR, do qual não me lembro. É coisa de hacker vagabundo daqui da área mesmo…

Untitled Document