ÔĽŅ Homens recebem 75% das indeniza√ß√Ķes do DPVAT - Di√°rio do Vale
terça-feira, 14 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Homens recebem 75% das indeniza√ß√Ķes do DPVAT

Homens recebem 75% das indeniza√ß√Ķes do DPVAT

Matéria publicada em 17 de julho de 2018, 08:14 horas

 


Homens lideram 75% de indeniza√ß√Ķes por acidentes de tr√Ęnsito no Brasil. (cr√©dito Divulga√ß√£o)

Bras√≠lia – De janeiro a maio deste ano, foram pagas 148.164 indeniza√ß√Ķes por acidente de tr√Ęnsito no Brasil. Desse total, 111.123 das v√≠timas foram homens, conforme levantamento da Seguradora L√≠der, respons√°vel pela administra√ß√£o do Seguro de Danos Pessoais Causados por Ve√≠culos Automotores de Via Terrestre (DPVAT).

De acordo com os n√ļmeros do Seguro DPVAT, 75% das indeniza√ß√Ķes pagas por acidentes de tr√Ęnsito v√£o para v√≠timas do sexo masculino. No ano passado, foram cerca de 384 mil indeniza√ß√Ķes pagas pelo DPVAT, das quais a maior parte foi para homens na faixa et√°ria de 18 a 34 anos. Em 2017, 42% das indeniza√ß√Ķes foram para motoristas homens, contra 7% para mulheres.

Menos de 25% das indeniza√ß√Ķes v√£o para mulheres. Para Fr√≥es, o dado mostra que elas s√£o mais cuidadosas ao volante. ‚ÄúEmbora tenham 34% da representatividade nas habilita√ß√Ķes, nos acidentes elas representam muito menos‚ÄĚ.

Motos

A maior parte dos acidentes com morte ou que causam invalidez ocorre com motocicletas. Conforme os dados, 80% das indeniza√ß√Ķes por morte em acidentes com motos e 79% por invalidez permanente foram para homens, no ano passado.

‚ÄúEsses homens est√£o incorrendo em uma invalidez permanente, que vai incapacitar muitas vezes para o trabalho que a pessoa exercia ou para outras atividades. Vai restringir muito a atividade profissional da pessoa ou at√© impossibilit√°-la de trabalhar‚ÄĚ, disse o superintendente de Opera√ß√Ķes da Seguradora L√≠der, Arthur Fr√≥es.¬† Fr√≥es destacou a necessidade de campanhas de conscientiza√ß√£o voltadas para os homens e investimentos em sinaliza√ß√£o de tr√Ęnsito e fiscaliza√ß√£o.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document