>
sexta-feira, 27 de maio de 2022 - 15:20 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Licença ambiental é entregue à nova empresa de Piraí

Licença ambiental é entregue à nova empresa de Piraí

Matéria publicada em 11 de novembro de 2016, 21:28 horas

 


Economia: Prefeito Dr. Luiz Antonio Neves entrega documento que possibilita implantação da unidade industrial em Arrozal (Foto: Divulgação PMP)

Economia: Prefeito Dr. Luiz Antonio Neves entrega documento que possibilita implantação da unidade industrial em Arrozal (Foto: Divulgação PMP)

Piraí – Mais uma etapa do processo de instalação da empresa Carta Fabril foi realizado na manhã desta sexta-feira (11), no prédio da prefeitura. Na oportunidade foi entregue ao presidente da empresa o termo de licença prévia ambiental que possibilitará a implantação da unidade industrial no distrito de Arrozal.

O encontro contou com a presença do prefeito, Dr. Luiz Antonio Neves, seu vice Francisco Perota, do presidente da Carta Fabril, José Carlos Coutinho, do vice-presidente de operações da empresa, Victor Coutinho, vereadores, secretários e empresários.

Luiz Antonio fez a abertura da reunião relatando o empenho da administração municipal para atrair novos investimentos, e se mostrou muito satisfeito com a oportunidade de impulsionar a economia no município.
– Já fizemos uma reunião com a Acepi (Associação de Comerciantes e Empresários de Piraí), comerciantes e prestadores de serviços, para serem fornecedores da empresa, desde o processo de construção até o seu funcionamento. Com isso, iremos fazer a economia girar dentro do município, e é óbvio que vai ajudar toda região Médio Paraíba, mas com certeza também irá ajudar a fomentar a renda do pequeno fornecedor e microempresário – disse o prefeito.

Victor Coutinho explicou que a empresa existe há 26 anos, nasceu no estado do Rio e sua sede está aqui, mas que por necessidades de expansão foi crescendo em outros estados e hoje, graças ao empreendedorismo de seus colaboradores, gera cerca de 1.600 empregos diretos e é a quinta maior empresa brasileira no setor de higiene pessoal.

– Hoje a Carta Fabril é uma realidade. Quando chegamos aqui nosso objetivo era trazer de volta para o estado do Rio de Janeiro a fabricação de fraldas e absorventes, e Piraí se mostrou viável devido a sua localização estratégica. Na época a Aloés já havia encerrado suas atividades, então a ideia inicial era aproveitar o espaço de 15 mil m² da antiga empresa, mas a Carta Fabril optou por um terreno que na sua primeira etapa tem 50 mil m² de construção – falou, completando: “O projeto que a Carta Fabril tem para Piraí é muito relevante, vamos direcionar todos nossos esforços para transformar a nossa unidade de Piraí em uma referência, pois aqui também teremos o foco na exportação devido à proximidade que o município tem com o porto de Itaguaí,” projetou Coutinho.

O vice-presidente aproveitou a oportunidade para agradecer o incentivo recebido no município.

– Encontramos em Piraí condição para o desenvolvimento empresarial e econômico que não possuímos em nenhuma outra cidade que já estamos instalados, por isso, agradeço o prefeito Dr Luiz Antonio pelo empenho dedicado e oportunidade de realizar este sonho de construir esta fábrica aqui em Piraí – concluiu Coutinho.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Parabéns Piraí. Ainda bem que o rancoroso do NETO sai este fim de semana. Em 20 anos de poder não trouxe nenhuma empresa de peso para Volta Redonda. Pelo contrário, afastou a CSN da cidade.
    Agora com Samuca Volta Redonda vai ser diferente. Com ele as empresas terão diálogo e apoio total para se instalarem em Volta Redonda.

Untitled Document
close