quarta-feira, 21 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Mais de 20 mil romeiros passaram pelo acostamento da Via Dutra

Mais de 20 mil romeiros passaram pelo acostamento da Via Dutra

Matéria publicada em 15 de outubro de 2018, 17:45 horas

 


Acidentes envolvendo romarias aumentaram 700% este ano; foram contabilizados 11 atropelamentos

Via Dutra recebe mais de 20 mil romeiros com destino ao Santuário de Aparecida. (crédito Divulgação)

Rio e São Paulo – A CCR NovaDutra contabilizou entre 01º agosto até domingo, 14 de outubro deste ano a passagem de 20.381 romeiros a pé pelos acostamentos da via Dutra em direção ao Santuário Nacional de Aparecida. Do total de romeiros registrados, somente entre o dia 01/10 e 14/10, foram contabilizados 19.454 peregrinos. A contagem dos romeiros é realizada pela equipe operacional da Concessionária durante a passagem pelas cidades de Pindamonhangaba (SP), no km 87, e Itatiaia (RJ), no km 318.

No mesmo período, foram registrados 16 acidentes envolvendo romeiros, sendo 11 atropelamentos, um aumento de 700% comparado ao ano anterior. O total de feridos e vítimas fatais também saltou no ano de 2018. Foram contabilizadas, três vítimas fatais (registro de uma vítima fatal em 2017) e 17 feridos (registro de 1 ferido no ano de 2017), um aumento de 900% no número de vítimas comparado ao ano anterior. A equipe de resgate do SOS Usuário da CCR NovaDutra também registrou o atendimento clínico a 36 peregrinos, que passaram mal durante a caminhada.

Como ocorre todo ano, a CCR NovaDutra reforça neste período a orientação dos riscos da peregrinação às margens da via Dutra, com a campanha de alerta voltada para os motoristas que trafegam pela rodovia e também para os romeiros que são localizados pelas equipes operacionais caminhando pelos acostamentos.

“Mesmo com as ações de orientação que realizamos, tivemos um aumento expressivo no número de vítimas e acidentes na rodovia. O acostamento traz uma falsa segurança para o peregrino que pratica sua manifestação de fé. Encontramos muitos romeiros caminhando à noite e durante a chuva, de costas para o tráfego. Temos mais de mil acessos, entradas e saídas na rodovia onde os riscos de atropelamentos aumentam. Não temos como proibir a manifestação de fé na rodovia, mas há uma necessidade urgente da sociedade entender os riscos de caminhar pelos acostamentos da via Dutra.”, salientou Virgílio Leocádio, Gestor de Atendimento da Concessionária.

A CCR NovaDutra mantém até a primeira quinzena de novembro a campanha de orientação para motoristas e pedestres sobre a prática de romarias na rodovia. De acordo com dados de anos anteriores, muitos peregrinos ainda realizam a caminhada após a data de comemoração ao dia de Aparecida. Para reforçar a orientação, a programação da CCRFM 107,5, mantém em sua programação a orientação para os motoristas com plantões ao vivo, dicas de segurança e informação dos pontos da rodovia com a presença de peregrinos a pé. Os painéis de mensagens variáveis (PMV’s) e faixas refletivas afixadas ao longo da rodovia também fazem parte da orientação para os motoristas.

As equipes do SOS Usuário também abordarão os grupos de peregrinos, organizadores e carros de apoio na rodovia. Folhetos com orientações sobre a Rota da Luz SP e de como se comportar na rodovia serão distribuídos pelas equipes de inspeção da Concessionária.

A campanha de orientação aos romeiros e motoristas é realizada pela CCR NovaDutra com o apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres e da Polícia Rodoviária Federal.

Sobre a Rota da Luz SP – Inaugurada pelo Governo do Estado de São Paulo. A Rota da Luz é um traçado formado por estradas secundárias, somando 201 km que passam por nove municípios, saindo de Mogi das Cruzes. Criada pela Secretaria Estadual de Turismo, a rota é um caminho mais seguro para os romeiros com destino ao Santuário Nacional de Aparecida. Mais informações podem ser obtidas pelo site http://www.rotadaluzsp.com.br/

Dicas de segurança para romeiros:

1)      Utilize a Rota da Luz SP, um caminho mais seguro para os romeiros;

2)       Caminhe no sentido contrário ao do tráfego, em fila indiana, o mais distante possível da pista e do acostamento;

3)      Só caminhe durante o dia. Evite caminhar à noite ou na madrugada;

4)      Use roupas claras e coloridas. Se possível, use faixas refletivas. Aumente ao máximo a sua visibilidade para os motoristas;

5)      Descanse fora da rodovia. Se houver veículo de apoio, estacioná-lo em local seguro, nunca no acostamento;

6)      Mantenha sua atenção. Rodovia é espaço para veículos, não para pedestres;

7)      Se chover, interrompa sua caminhada. Os riscos são maiores com pista molhada.

Dados de acidentes envolvendo romarias de 01º de agosto a 14 de outubro:

2018

Acidentes: 16

Atropelamentos: 11

Fatais: 03

Feridos: 17

Atendimento clínico: 36

2017

Acidentes: 02

Atropelamentos: 01

Fatais: 01

Feridos: 01

Atendimento clínico: 40


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Respeito a fé das pessoas só não aceito a falta de educação. Por onde passaram os romeiros deixaram um rastro de sujeira, composta principalmente por copos plásticos, sacolas plásticas e garrafas pet. Se for para fazer isso é melhor ficarem em casa.

Untitled Document