sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / No Vasco, vitória contra o Fluminense após tropeços traz alívio

No Vasco, vitória contra o Fluminense após tropeços traz alívio

Matéria publicada em 23 de fevereiro de 2015, 16:24 horas

 


Rio de Janeiro (RJ) –

Técnico Doriva foi cauteloso em suas observações e valorizou os três pontos (Foto: Arquivo)

Técnico Doriva foi cauteloso em suas observações e valorizou os três pontos (Foto: Arquivo)

O Vasco derrotou o Fluminense por 1 a 0 na noite de domingo, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), e venceu o duelo cercado de grande rivalidade e troca de farpas. Mais do que isso, o Cruz-Maltino conseguiu voltar para o G-4, a zona de classificação para as semifinais do Campeonato Carioca. O resultado trouxe alívio para o time da Colina, que tinha tropeçado duas vezes contra equipes de menor investimento, nos empates por 1 a 1 com Tigres do Brasil e com Barra Mansa.

Com o histórico de tropeços, os jogadores do Vasco entendem que os três pontos conquistados no clássico podem fazer toda a diferença lá na frente.

– Se formos analisar como resultado a vitória foi fundamental, pois nós tropeçamos em dois jogos contra equipes de menor investimento e isso sempre acaba fazendo a diferença lá na frente. Como ganhamos um clássico acaba aliviando um pouco pelo menos um daqueles tropeços. Além disso, nos mantivemos dentro da zona de classificação para as semifinais, o que é sempre muito importante – disse o volante Serginho, que viu o seu Vasco, após o triunfo deste domingo, chegar aos 14 pontos e assumir a terceira colocação.

O meia Marcinho concorda com o companheiro.

– Não existe a menor dúvida de que a vitória neste clássico nos dá tranquilidade, pois o Vasco perdeu pontos em jogos muito importantes e isso pode acabar nos atrapalhando. Em um clássico sabemos que qualquer resultado é possível e a vitória acabou aliviando um pouco os tropeços que tivemos contra o Tigres e diante do Barra Mansa – disse Marcinho.

Já o técnico Doriva prefere ser um pouco mais cauteloso nas suas observações. Ele realmente valoriza os três pontos conquistados no clássico, mas salienta que a sequência do trabalho é o mais importante.

– Como resultado foi muito importante porque amenizou um pouco as críticas e nos colocou na zona de classificação. Mas sabemos que trabalhar no Vasco é sempre muita cobrança e de nada vai adiantar a vitória contra o Fluminense se a gente tropeçar na próxima partida. Portanto, a seriedade e a entrega dentro de campo devem permanecer em alta sempre na competição – analisou Doriva, que tem procurado evitar o desespero nos tropeços e a cautela quando o resultado dentro de campo acaba sendo o de vitória.

E o próximo compromisso a que Doriva se refere será o confronto diante do Bangu, no próximo sábado, às 16h(de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro, pela sétima rodada do Campeonato Carioca. Para este compromisso o treinador não poderá contar com o volante argentino Pablo Guiñazu, suspenso por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo no clássico. Em compensação, o meia Bernardo, que cumpriu suspensão diante do Fluminense, volta a ficar à disposição. Como o elenco ganhou folga nesta segunda-feira, o começo da preparação para o duelo contra os banguenses acontecerá apenas nesta terça-feira, quando está prevista a reapresentação do plantel.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document