quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Operações em repressão ao jogo ilegal prende dez pessoas

Operações em repressão ao jogo ilegal prende dez pessoas

Matéria publicada em 3 de maio de 2019, 19:35 horas

 


Quatorze máquinas caça-níquel, máquinas de registro de jogo do bicho e anotações foram apreendidas

Sul Fluminense – Batalhões da polícia militar na área do 5ª CPA (Comando de Policiamento de Área) realizaram ontem diversas operações em repressão ao jogo ilegal. As ações ocorreram em Volta Redonda, Barra Mansa, Resende, Paraty, Barra do Piraí, Valença, Engenheiro Paulo de Frontin, Vassouras e Miguel Pereira. Foram apreendidas 14 máquinas caça níquel, diversas máquinas de registrou ou apontamento de jogo do bicho, bem como anotações e resultados dos jogos.

A PM realizou ações e prendeu uma pessoa em cada uma das cidades a seguir: Volta Redonda, Barra Mansa, Paraty, Vassouras e Paulo de Frontin. Nestes municípios, foram apreendidas máquinas de apontamento de jogo do bicho e anotações. Em Barra do Piraí foram duas prisões em dois pontos diferentes da cidade. Com os suspeitos, foram encontrados materiais do jogo do bicho.

As máquinas caça níquel foram encontradas em Valença, Resende e Miguel Pereira. A maior apreensão foi em Valença, onde foram achadas dez máquinas em um bar, com duas pessoas levadas para a delegacia local. Em Resende, dentro de um bar foram achadas duas máquinas caça-níquel. Até o fechamento desta edição, a equipe do 37º Batalhão aguardava perícia para tomar as medidas cabíveis. As outras duas máquinas foram achadas em um bar no distrito de Governador Portela, em Miguel Pereira, onde uma pessoa também foi presa.

Em todas as operações foram ainda encontradas somas em dinheiro, provenientes de apostas.

Polícia fez apreensões em diversas cidades da região Sul Fluminense (Foto: Cedida pela PM)

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Já passou da hora do governo legaliza esse tipo de jogo …a caixa econômica federal rouba tanto com jogo da mega Sena e muita gente continua apostando …será que é só o governo que pode enganar o povo ??? Na prática é a mesma coisa ,porém no caso das loterias o contraventor é o próprio governo …deixa o povo trabalhar com jogo do bicho e com os caça níquel pelo menos assim gera emprego

  2. Avatar

    Apreensão de máquina caça-níquel, com o estado de violência urbana que nós vivemos. Parece piada de português, mas é piada de brasileiro mesmo… Isso deveria ser trabalho para os setores de fiscalização, não para a polícia!!…

    Bem, ninguém troca tiros por causa dela, não há devedores por sua utilização e ela nem pode ser enfiada num cano de PVC. Trabalho molezinha para a polícia, tão simples que ela nem precisaria fazer, poderia delegar para outro órgão de fiscalização e cobrança… A quem ela traz prejuízo, afinal? E esse pretenso prejudicado, perde o quê? Esse tipo de jogo tem concorrentes legalmente estabelecidos? O estado não tem outras prioridades na área de segurança para onde mobilizar seu efetivo?…

  3. Avatar

    1 pessoa em cada cidade! Isso é pra entrar na estatística né pois só na vila tem 3, fala sério né! Como acreditar na PMERJ dessa forma!!!

Untitled Document