domingo, 8 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Papai Noel dos Correios começa hoje e celebra 30 anos de campanha

Papai Noel dos Correios começa hoje e celebra 30 anos de campanha

Matéria publicada em 4 de novembro de 2019, 10:24 horas

 


Rio de Janeiro – Uma das campanhas de solidariedade mais aguardadas do ano, o Papai Noel dos Correios, terá lançamento nacional nesta segunda-feira (4). No Rio de Janeiro, o período de adoção das cartinhas será de 4 a 29 de novembro. Quem adotar uma cartinha deverá entregar o presente até 6 de dezembro na mesma agência onde realizou a adoção.

Os interessados em adotar uma das cartinhas do Papai Noel dos Correios poderão encontrá-las em 143 pontos de apadrinhamento localizados em agências de correio de 86 municípios do Estado do Rio. Dos 92 Municípios do Rio, apenas 6 não estão participando da campanha por questões técnicas (Areal, Belford Roxo, Carmo, Duas Barras, São José do Vale do Rio Preto e Sumidouro).

Além da adoção nas agências, também será possível adotar cartinhas pela Internet em 11 capitais: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba Goiânia, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e região metropolitana de São Paulo. Para fazer a adoção online, basta acessar o blog da campanha (http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios) e apadrinhar o pedido de uma criança. A entrega do presente deve ser feita pelo padrinho no ponto indicado pelos Correios, que levarão o presente até a criança. O período da adoção online será de 11/11 a 29/11/2019.

A empresa receberá as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, tais como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias com as Secretarias de Educação, a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

Cartas da Sociedade

As cartinhas da sociedade, que são aquelas em que qualquer criança pode ir até uma agência ou caixa de coleta dos Correios e deixar para o Papai Noel, devem atender aos seguintes critérios:

 – As cartas devem ser destinadas ao Papai Noel;

– A carta precisa ter indicação do remetente, contendo nome completo, e endereço completo (nome da rua, número da casa/prédio, bairro e CEP);

– Há possibilidade de indicação de endereço alternativo (residência de algum parente ou amigo), caso essa opção facilite a entrega pelos Correios;

– Deve ter indicação da idade da criança. Serão aceitas cartinhas de crianças de 0 a 10 anos. Pessoas com necessidades especiais não possuem limite de idade;

– Para as crianças que ainda não sabem escrever, um responsável pode escrever e indicar os dados da criança;

– As cartas devem solicitar, preferencialmente, brinquedos, roupas, calçados e material escolar;

30 anos

Em 2019, a maior ação de responsabilidade social dos Correios completa 30 anos de existência. Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, encontravam cartinhas escritas por crianças carentes para ao Papai Noel, endereçadas ao Polo Norte. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e, há 30 anos, acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

Funcionamento da campanha

A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartinhas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas de acordo com os critérios da campanha. Em seguida, são disponibilizadas em outras unidades da empresa. Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha.

Os presentes são recebidos nos pontos de entrega divulgados pelos Correios para que, posteriormente, a estatal realize a distribuição. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.

As datas, locais e horários da Campanha Papai Noel dos Correios 2019 podem variar em cada Estado. Todas as informações sobre esta corrente de solidariedade poderão ser obtidas no blog, no endereço http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios, que estará disponível a partir do lançamento da campanha.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document