PM de Volta Redonda diz ter sido expulso de casa por traficantes

by Diário do Vale
Com medo: ‘Eu recebi ordem dos traficantes para não voltar mais. Temo pela minha vida e da minha família’, disse o PM (Foto: Paulo Dimas)

Com medo: ‘Eu recebi ordem dos traficantes para não voltar mais. Temo pela minha vida e da minha família’, disse o PM (Foto: Paulo Dimas)

Volta Redonda –

 

Um policial militar licenciado está pedindo a apoio das autoridades responsáveis pela segurança pública de Volta Redonda, depois de ter sido expulso por traficantes da sua própria casa, no conjunto de prédios do programa “Minha Casa, Minha Vida”, no bairro Candelária, em Volta Redonda. O homem procurou o DIÁRIO DO VALE nesta segunda-feira para contar o drama que vive. Segundo ele, a ação criminosa aconteceu há cerca de dois meses e ele foi obrigado a deixar o imóvel, junto da mulher e de seus quatro filhos pequenos.

– Os traficantes alegaram apenas que minha presença atrapalhava o comércio de drogas no local. No dia 5 de janeiro deste ano, os traficantes tentaram arrombar a porta do meu apartamento. O prejuízo só não foi maior porque telefonei para o 28º Batalhão (da Polícia Militar) pedindo por ajuda – disse ele, que preferiu não se identificar.

Na ocasião, os policiais conseguiram prender um homem, que seria integrante da quadrilha. Apesar disso, as ameaças continuaram; temendo mais investidas criminosas, o homem contou que teve que deixar a casa, junto de sua família. Para fazer a mudança, o policial licenciado afirmou que teve que pedir ao Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) para ser escoltado por outros PMs.

– Eu só posso ir ao meu apartamento, que está fechado, após requisitar uma escolta – completou.

Ele reclamou que desde que foi expulso pelos bandidos de sua casa, nada foi feito, além do boletim policial na 93ª DP (Volta Redonda). O policial licenciado afirmou que também procurou ajuda do 28º BPM e que acredita que os traficantes só agiram dessa forma devido ao sentimento de impunidade que existe, já que as investigações não prosseguiram e eles continuam impondo as suas próprias leis na Candelária.

Desesperado, ele revelou que procurou até mesmo a Secretaria Municipal de Ação de Comunitária (Smac).

– Na SMAC chegaram a ligar para a síndica do meu prédio e informá-la do que estava ocorrendo, mas não adiantou. Eu recebi ordem dos traficantes para não voltar mais. Temo pela minha vida e da minha família – desabafou.

 

 

 

You may also like

29 comments

perito 11 de março de 2015, 14:28h - 14:28

“e os concursados da PMVR”. talvez se vc reclamar no canal certo vc consiga alguma coisa. o que tem a ver seu comentário aqui??? loucura loucura loucura kkkkkkk

Teixeira 11 de março de 2015, 08:16h - 08:16

No caso do policial licenciado acho que a polícia tem que ajudar sim este indivíduo porém ele como policial também não pode se deixar intimidar por estes bandidos.Busque ajuda da corporação.
Pra cima deles ! Use sua autoridade meu amigo!

perito 11 de março de 2015, 14:23h - 14:23

Que autoridade Teixeira. Esse individuo deve ser tão bandido quanto os que o expulsaram. Deve estar apenas colhendo o que plantou. Ou vc acha que ele foi expulso por ter bom comportamento ou por ter ajudado a população? Aqui se faz aqui se paga.

E OS CONCURSADOS DA PMVR 2014 10 de março de 2015, 18:57h - 18:57

AI VOU PEDIR AJUDA AO PREFEITO PARA OS CONCURSADOS DA PMVR 2014 DESEMPREGADOS JA QUE O SR CARLOS MACEDO NAO CONVOCA NINGUEM MESMO

DI OLHO 10 de março de 2015, 18:37h - 18:37

POR FAVOR ALGUEM SABE MI DIZER NOME DESSE INDIVIDUO QUI SI DIZ POLICIAL OU É EX

Cidadão VR 10 de março de 2015, 18:20h - 18:20

Volta Furtado!

val 10 de março de 2015, 15:34h - 15:34

É UM ABSURDO UMA CIDADE QUE ERA COMADADA PELA POLICIA NOS ANOS 90 HOJE É COMADADA POR BANDIDOS. E O PIOR QUE A PRÓPRIA CORPORAÇÃO FAZ COM QUE ISSO ACONTEÇA. POIS ALGUNS POLICIAIS VIVEM DE ARREGO.

Joao 10 de março de 2015, 12:23h - 12:23

Um dos reflexos do estatuto do desarmamento. Proibiram o cidadão de bem de ter armas, agora o STF proibiu também policias aposentados de portar armas. Se um PM está assim acuado imagine o civil pai de família!
Queria saber como está a consciência dos policiais que apreenderam idosos e pais de familias por ter em casa armas de herança ou com registro vencido… uns irão dizer que estavam apenas cumprindo a “lei” que é totalmente imoral e injusta e que tem reprovação por maioria dos brasileiros. O Estado perdeu toda sua autoridade e moral, não tem moral para proibir o direito de defesa e liberdade de um cidadão quando não se oferece uma segurança pública a altura de nossa realidade.

Paulo 10 de março de 2015, 15:42h - 15:42

Excelente e oportuno seu comentário. Ainda endosso que mais vale a aplicação do bom senso e a consciência do que fazer valer uma mera lei que faz parte de uma agenda política puramente ideológica, sem base qualquer em dados técnicos e estatísticos, e que ainda que atropela a decisão de um referendo que POVO disse NÃO ao desarmamento em 2005, e que até agora, lamentavelmente, não foi respeitada por nossos governantes.

cb pm 10 de março de 2015, 10:56h - 10:56

Só quis dizer que se o cara é policial e não pode morar em comunidade. Isso é fato. No Brasil é desse jeito. A sociedade, de modo geral, enche as ventas de cocaina, fortalecendo o poder do tráfico e quer que o policial more no mesmo lugar que o traficante mora. Fica dificil. O fardo de ser policial no Brasil é pesado. O policial tem que se esquecer de comunidade, buteco, baile funk etc. Isso se ele quiser ter uma vida meio tranquila na folga. Agora se quiser se sujeitar a problemas com vagabundos na folga, que continue fazendo as mesmas coisas que fazia quando não era policial. Boa sorte.

Julio 10 de março de 2015, 12:27h - 12:27

Concordo contigo cb pm. Tenho um amigo que recentemente tornou-se policial civil e mudou os lugares que frequentava, nem no campo de futebol do bairro ele vai mais para não ter que ver a rapaziada que desde os primórdios fumam seu baseadozinho e ter que escolher entre entrar numa com amigos de infância ou ser tirado por comédia. Como tu disse tem situação que realmente é melhor evitar.

joão batista 10 de março de 2015, 15:32h - 15:32

absurdo, isto.

Leica 10 de março de 2015, 10:36h - 10:36

O BOPE tem que vir aqui na cidade e fazer uma faxina nesses marginais. Errado não é o PM morar no bairro A, B ou C. Errado é o bandido ser a lei, errado é o cidadão que não faz a denuncia quando os bandidinhos começam a aparecer e depois viram traficantes barra pesada, errado é o congresso nacional que não revê as leis que só beneficiam os bandidos e nunca a polícia

COMENTARISTA DO D. V. 10 de março de 2015, 10:22h - 10:22

Li uma reportagem do novo delegado dizendo que irá combater o tráfico e outros crimes, meu amigo você como PM tem mais acesso do que a população conversa co ele e dá nome aos bois. Fica a Dica; se não resolver? Reza e muda de cidade ou país
Se você é ex PM, gari, empresário,… é um cidadão e merece respeito como outro qualquer. boa sorte e que DEUS te abençõe a você e sua família.

leitora 10 de março de 2015, 10:12h - 10:12

bom,acho que independentemente desse sr.ser ou nao ser um policial militar,o estado deveria ter a obrigaçao de garantir a segurança, nao so dele,mas de todos nos cidadaos de bem.mas sabemos que na pratica isso nao funciona infelizmente.

Santos batista 10 de março de 2015, 10:00h - 10:00

O citado policial na reportagem não é há muito tempo mais policial militar, foi expulso da corporação, e o que dizem é que ele bancava de xerife no local. Em qualquer lugar de volta redonda não tem vagabundo que expulse qualquer cidadão de bem de sua residência, muito menos se for um policial militar, existem policiais que residem em locais que são conhecidos como se fosse perigoso e jamais existiu tal situação. Nos dois casos se algum dia acontecer, tenho certeza que medidas será tomada de imediato. Acho que o jornal deveria verificar melhor o que está publicado e não expor de forma negativa toda uma corporação.

Carioca 10 de março de 2015, 09:30h - 09:30

Bom dia amigo PM se vc reconhece que Polical não pode morar ou frequentar determinados bairros, é um reconhecimento de incopetencia e que o trabalho de vocês não esta sendo bem feito, se vocês se sentem indefesos imaginem a população.

cb pm 10 de março de 2015, 10:39h - 10:39

Ai amigo, faz a prova da pm e muda o mundo entao. Ta achando que é fácil ser pm. Vai achando.

perito 10 de março de 2015, 09:28h - 09:28

Ou o cara é policia ou não é. Se um traficante ameaça a familia de um policial, este deve morrer, e mais cinco ou dez para servir de exemplo de que não se mexe com familia de policial em VR. Virar policial pra ficar falando que esta com medinho, pera lá.

cb pm 10 de março de 2015, 08:51h - 08:51

A última notícia que tenho dessa situação é que esse PM não é mais PM. Foi expulso da corporação no ano de 2008. Ele enganou o Diário do Vale. Ex Pm Não é PM.

Morador 10 de março de 2015, 08:25h - 08:25

Moro aqui na Candelária tb a muito tempo, e desde quando esse conjunto foi inaugurado acabou a paz do bairro, infelizmente, a polícia vem aqui todos os dias praticamente, o bairro está citiado e a mercê das autoridades, pois é um bairro esquecido onde os matos tomam conta das ruas e praças, é triste!

carlos silva 10 de março de 2015, 08:21h - 08:21

O tráfico só mudou de local antes era nas favelas onde essas pessoas moravam, agora são em conjuntos habitacionais e expulsão pessoas de bem. No que tem na Sta Cruz é a mesma coisa. Pode ver q 5% dos moradores são pessoas de bem o resto é td bandido, safado q naum quer trabalhar e recebe benefícios do governo e eu tenho q trabalhar para pagar isso. Nosso país ta uma vergonha msm.

Nebot 10 de março de 2015, 08:16h - 08:16

Com todo o respeito, mas isso é inadmissível. É preciso matar a cobra quando ainda está no ovo. E esse policial, sinceramente, precisa honrar a farda que veste. Cadê o sentimento de corporação dele e dos colegas? Que vergonha!

cb pm 10 de março de 2015, 07:59h - 07:59

Amigo, sou policial militar tbm. A nossa condição de polícia não nos permite morar em certos lugares e nem mesmo frequentar esses tipos de lugares. É o preço que se paga pra ser pm. More num lugar melhor. Eu pago aluguel, e já morei em comunidade mas sai de lá devido ao fato de ser pm. Se liga. Ta achando que trabalha em empreiteira da csn pra morar perto de ganso?

trabalho em empreiteira 10 de março de 2015, 09:01h - 09:01

Trabalho em empreiteira e ganho meu dinheiro honestamente.

ordem e progresso 10 de março de 2015, 09:36h - 09:36

Mal ganham pra se sustentar , vão pagar aluguel?

ronaldo 10 de março de 2015, 18:39h - 18:39

Aposto que o salario de PM é maior que o seu…
Procure se informar, amigo, PM ganha bem…só que ganha pouco em comparando com as PMS de outros estados do Brasil e pelo risco que corre…mas ganhar…ganha bem…ou VC acha q ganhar 3 mil e 300 de salario (soldado) é ganhar pouco?

beto 10 de março de 2015, 06:55h - 06:55

se fosse desses caras que saquearam a petrobras ja tava cheio de seguranças

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996