terça-feira, 7 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Polícia mantém cerco a traficantes, em Angra dos Reis

Polícia mantém cerco a traficantes, em Angra dos Reis

Matéria publicada em 1 de fevereiro de 2018, 10:30 horas

 


Polícia mantém cerco a bandidos combatendo violência

Polícia mantém cerco a bandidos combatendo violência

Angra dos Reis – Policiais civis e militares continuam apertando o cerco contra traficantes que, desde a última sexta-feira (26), entraram em confronto pelo domínio dos pontos de vendas de drogas, assustando moradores de diversas localidades. A ação na noite desta quarta-feira (31), desta vez, aconteceu no bairro Camorim Grande, onde a polícia agiu para combater o aumento da criminalidade no local. Ainda não foi divulgado um balanço da operação.

Na noite de terça-feira, agentes do Bope (Batalhão de Operações Especiais), do Batalhão de Choque da Polícia Militar e de Ações com Cães, trocaram tiros com traficantes, no Belém. A operação terminou com um saldo de cinco mortos, três deles, baleados durante o confronto. Após o tiroteio, na manhã desta quarta-feira (31), dois outros corpos foram encontrados nas ruas da localidade.

Outro baleado ainda esta internado no Hospital Geral da Japuíba. Além dos cinco mortos, a polícia apreendeu um fuzil Fal Nato, calibre 762; um fuzil calibre 566, com a numeração suprimida; duas pistolas, sendo um PT 840 e a outra PT 57. Também foram encontrados 2.704 pinos de cocaína e duas réplicas de pistolas.

Ainda na quarta-feira, policiais foram ao bairro Areal apurar denúncia de que traficantes teriam determinado o fechamento do comércio local. A informação, no entanto, não se confirmou e, no bairro, agentes encontraram apenas um estabelecimento fechado.

O confronto entre traficantes do Comando Vermelho (CV) e o Terceiro Comando Puro (TCP), começaram na sexta-feira (26), no  Sapinhatuba III, quando a BR-101 (Rodovia Rio-Santos) chegou a ser interditada pelos moradores, em protesto contra a violência. De acordo como o comandante do 33º Batalhão da PM, coronel Luiz Damião Portella, as investidas policiais não colocam a população em risco. O coronel lembrou que durante as operações policiais foram recuperados 11 carros roubados, sendo que nove deles, estariam sendo utilizados por suspeitos de tráfico de drogas no Belém. Outros dois veículos foram recuperados no Parque Mambucaba.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    E o cemitério clandestino que existe no Morro da Lambicada?

Untitled Document