quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 18:58 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prefeitura faz vistoria em canil de Resende

Prefeitura faz vistoria em canil de Resende

Matéria publicada em 14 de setembro de 2015, 15:20 horas

 


Apesar de não confirmar denúncia de maus tratos, será exigida adequação do local

Exigências: canil terá de se adequar e até mudar de lugar para abrigar 149 animais (foto: Divulgação)

Exigências: canil terá de se adequar e até mudar de lugar para abrigar 149 animais (foto: Divulgação)

Resende – Diante de denúncia de maus tratos a animais, encaminhada pelo Ministério Público, a prefeitura realizou na última sexta-feira (11), vistoria em um canil localizado no bairro Elite, que abriga 149 cães.

Participaram da fiscalização o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Vigilância Sanitária, Agência do Meio Ambiente de Resende (Amar) e Procuradoria-Geral do Município.

De acordo com a avaliação dos técnicos, não foram constatados maus tratos no local. No entanto, a prefeitura vai sugerir, em parecer que será encaminhado ao Ministério Público, a adequação do espaço, visto a grande quantidade de animais. Outra recomendação é que o canil funcione em outro local, que não seja na zona urbana do município, pois o barulho incomoda os vizinhos.

Segundo a equipe que realizou a vistoria, a proprietária do espaço acolhe cães abandonados na rua. Por isso, o CCZ já adiantou que vai incentivar também a adoção desses cachorros.

Para o chefe de fiscalização da AMAR, Sandro Lima Maciel, a população deve ter consciência e não abandonar seus animais nas ruas.

– Temos visto um número muito grande de animais abandonados na cidade. No caso deste canil, todos foram largados nas ruas, foram recolhidos e abrigados neste local que vive de doações. As pessoas têm que se conscientizar que pegar um animal e depois abandonar na rua é crime – enfatizou o fiscal.

Já o Procurador-Geral do Município, Kleber de Souza, afirmou que as vistorias realizadas pela Prefeitura em casos de denúncias de maus tratos são rotineiras, portanto, os moradores devem denunciar.

– A participação da população é muito importante para nós, porque através das denúncias que podem ser feitas na Ouvidoria do município e Agência do Meio Ambiente de Resende (AMAR), podemos tomar providências caso seja necessário – enfatizou o procurador.

O telefone da Ouvidoria é 0800 889 0808, e da Amar, 3354-8663 ou 3354-7792.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Como o texto bem diz é necessário se incentivar a adoção deos cães e principalmente que as pessoas tenham o minimo de consciencia e não abandonem seus animais, que são seres indefesos, tenham um pouco de coração, quem faz isso com um animal deve pagar pelos seus atos.

Untitled Document