quarta-feira, 21 de outubro de 2020 - 21:16 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Prefeitura inicia processo de admissão dos aprovados em concurso da Educação em Volta Redonda

Prefeitura inicia processo de admissão dos aprovados em concurso da Educação em Volta Redonda

Matéria publicada em 6 de agosto de 2020, 16:03 horas

 


Primeira cerimônia ocorreu com 102 dos 295 aprovados
(Foto: Secom Vr)

Volta Redonda – A prefeitura de Volta Redonda, através da SME (Secretaria Municipal de Educação), iniciou o processo de admissão dos aprovados no concurso público da educação para admissão nos cargos de Docente I e II, em substituição aos contratados sob Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), no auditório da SME, no bairro Niterói, nesta quinta-feira (06). Ao todo foram convocados 295 concursados, mas 102 profissionais estiveram no auditório para evitar aglomerações.

Na reunião, os aprovados receberam o encaminhamento para a realização dos exames médicos e orientações sobre documentação e os outros procedimentos para a posse nos cargos.

A estudante de Pedagogia Jaqueline Oliveira Teixeira, que mora em Barra do Piraí e foi aprovada para o cargo de Docente II, comentou sobre o concurso.

– Estou no 8º período da faculdade e o próprio curso incentiva a lecionar, a fazer concursos. Surgiu a oportunidade e eu almejava muito, principalmente por conta da estabilidade. O emprego está muito difícil nos dias de hoje – comentou.

Aprovado para o mesmo cargo de Docente II, o professor de Libras Wellington Almeida Sanglard mora no bairro Retiro e também comemorou a convocação.

– Estou muito feliz em ter passado, porque há muitos anos esperava por concurso. Em 2001, passei em um processo seletivo em outro município, onde comecei a trabalhar como professor, e em Volta Redonda só trabalhei com contrato. Sempre tive essa ideia de trabalhar no ensino público de Volta Redonda – contou Wellington, que reside na cidade há 47 anos.

A secretária municipal de Educação, Rita Andrade, que esteve presente na cerimônia, destacou que os contratos sob Reda devem ser prorrogados pelo tempo necessário até que todos os aprovados tomem posse, fazendo a substituição de forma gradual.

– A qualidade do ensino não pode ser prejudicada e vamos melhorar ainda mais com a chegada dos concursados. Agradeço aos aprovados por participarem e ao prefeito por esse investimento na educação. Tudo está sendo feito de forma clara e transparente – explicou.

Segundo a Seplag (Secretaria Municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão), a substituição dos temporários pelos concursados vai gerar uma economia de mais de R$ 850 mil por ano aos cofres públicos.

– Essa convocação é fruto de todo um planejamento que coloca a educação como uma das prioridades desse governo. Fizemos concursos esperados há anos, convocamos quem aguardava há muito tempo, construímos e reformamos escolas, capacitamos profissionais. São investimentos que resultam em uma melhor qualidade de ensino para nossos jovens – concluiu o prefeito Samuca Silva.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document