Saúde do RJ quer que municípios informem total de segundas doses da CoronaVac pendentes - Diário do Vale
terça-feira, 28 de setembro de 2021 - 07:54 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Saúde do RJ quer que municípios informem total de segundas doses da CoronaVac pendentes

Saúde do RJ quer que municípios informem total de segundas doses da CoronaVac pendentes

Matéria publicada em 6 de maio de 2021, 08:10 horas

 


Cidades têm até 48 horas para informarem total de doses pendentes

Rio – A Secretaria de Estado de Saúde (SES) enviou ofício aos 92 municípios para que informem o total de doses referentes a segunda aplicação da vacina CoronaVac que estão pendentes. O objetivo é levantar dados oficiais para que as doses possam ser repostas na quantidade necessária. As Secretarias Municipais de Saúde têm prazo de 48h para responder o documento informando as pessoas, por grupo prioritário, que a segunda aplicação ainda não foi realizada.

A medida foi acordada em reunião realizada pela SVS com o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), no último dia 28.04. Com isto, as próximas remessas de CoronaVac, enviadas pelo MS ao estado, serão distribuídas aos municípios para segunda aplicação do esquema vacinal, até que a imunização de todas as cidades fique em dia.

Desde o início da campanha de vacinação contra Covid-19, a SES vem seguindo todas as orientações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. Até a oitava remessa de vacina contra Covid-19 enviada pelo MS aos estados, a Secretaria guardou a segunda dose na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA), em Niterói, para que fossem enviadas em tempo hábil aos municípios.

A partir de 17.03, o Ministério passou a recomendar aos estados a utilização de todas as doses (inclusive das que estavam armazenadas), sem retenção da segunda aplicação, uma vez que havia uma orientação formal do MS. Desde então, todos os lotes chegam aos estados com orientação do grupo a que se destina. A Secretaria repassa rigorosamente essas orientações às Secretarias Municipais de Saúde. No momento a SES, não possui lotes de segunda dose em atraso para os municípios.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document