sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Táxis são vistoriados em Resende

Táxis são vistoriados em Resende

Matéria publicada em 18 de setembro de 2018, 18:09 horas

 


Resende

 

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SUMTRAN), iniciou na segunda-feira, dia 17, a Vistoria Anual dos Táxis que circulam no município. A ação, que acontece 13h às 16h30, feita no Estádio do Trabalhador e terá continuidade na quinta-feira, 20. No total, 127 táxis licenciados atuam regularmente no município, divididos em 14 pontos fixos, localizados em bairros como o Centro, Campos Elíseos, Paraíso e Manejo, entre outros.

De acordo com o superintendente municipal de Transporte e Trânsito, Vinícius Cibien, a iniciativa visa assegurar a qualidade dos serviços prestados, além de garantir a segurança dos passageiros que utilizam esse meio de transporte. Todos os veículos submetidos à vistoria recebem um selo, que é afixado no vidro dianteiro do carro, indicando o mesmo está em plenas condições e atende às exigências feitas pela SUMTRAN.

Durante a inspeção, que é prevista por lei, 22 itens são avaliados, entre eles o estado de conservação da lataria, do cano de descarga, dos pneus e do piso, além do funcionamento dos espelhos retrovisores, buzina e faroletes. A inspeção, feita pela SUMTRAN, reforça a vistoria anual realizada pelo DETRAN.

Para a realizar a vistoria, o permissionário precisa apresentar os seguintes documentos: certificado do INMETRO de 2018; CNH atualizada; documento do veículo do ano de 2018 e nada consta criminal (para aqueles que estiverem com o mesmo vencido), além do atestado médico da Medicina do Trabalho. É necessário também que os permissionários e auxiliares estejam devidamente uniformizados no ato da vistoria. Quem ainda não estiver com o uniforme, deve apresentar o protocolo atestando que o mesmo já foi encomendado.

 Transporte Escolar

Além da vistoria dos táxis, realizada esta semana, em abril deste ano, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito fez a primeira inspeção do ano nos veículos que fazem o transporte escolar no município. Nesta categoria, a vistoria é feita semestralmente, e a segunda avaliação deve ser feita em novembro, visando checar se os veículos estão de acordo com as exigências previstas no Código de Trânsito Brasileiro.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Quero ver cobrar desse pessoal que está fazendo Uber na cidade,o taxista tem tantas exigências e esse Uber qualquer um pode ser,isso é Brasil mesmo!

    • Uber também tem vistoria, pois afinal a vistoria do DETRAN é exatamente isso, avaliar as condições do carro e funcionamento de todos os itens.

      A vantagem do Uber é que tanto o carro como o motorista é avaliado pela parte mais importante da relação de consumo: o CLIENTE. Motorista que não apresenta um serviço de qualidade no Uber é esqualificado e com o tempo acaba saindo e o serviço tem um filtro natural.

      Enquanto isso, o sistema de taxi é controlado por poucos que tem acessoa as autonomias e vivem na irregularidade, vendendo ou alugando as concessões, o que é proibido por lei.

Untitled Document