sábado, 4 de dezembro de 2021 - 00:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Uerj pode instalar núcleo de medicina no Hospital Regional

Uerj pode instalar núcleo de medicina no Hospital Regional

Matéria publicada em 28 de outubro de 2021, 11:47 horas

 


Volta Redonda – O prefeito, Antonio Francisco Neto, confirmou nesta quinta-feira, dia 28, que a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) pode abrir um núcleo de medicina no Hospital Regional Zilda Arns. A reitoria e a direção de Medicina da universidade visitaram Volta Redonda nos últimos dias e concordaram com a iniciativa. Faltava o aval do governador Cláudio Castro, que foi dado durante reunião ocorrida no Rio de Janeiro, na quarta-feira.

“Entregamos em mãos ao governador Cláudio Castro e ao Reitor Ricardo Loddi o pedido do Cismepa (Consórcio Intermunicipal do Médio Paraíba), feito por todos os prefeitos da região. Se tudo der certo, teremos um reforço significativo para o Hospital Regional, que atende ao plano original da construção desta unidade. Nos só temos de agradecer a Uerj, mais uma vez ao Cláudio Castro e ao deputado estadual André Ceciliano”, disse Neto.

A primeira visita da equipe da Uerj a Volta Redonda (sede do Hospital Regional) aconteceu na semana passada, quando foram feitos os primeiros contatos. O prefeito recebeu em seu gabinete uma comitiva da Uerj formada pelo reitor Ricardo Lodi, o pró-reitor de Saúde, Denizar Vianna Araújo e a pró-reitora de Extensão e Cultura, Cláudia Gonçalves.

A ideia vingou e no início desta semana, uma nova reunião aconteceu na cidade, com os diretores da área da saúde. Nesta quarta, Neto foi ao Rio para unir todas as partes interessadas no convênio.

“Uma equipe de nove pessoas da Uerj já visitou o terreno, já preparamos o projeto e enviamos para os técnicos da universidade. O governador Cláudio Castro, assim como o reitor da Uerj, os prefeitos da região e seus secretários de Saúde também apoiam a ideia”, afirmou o prefeito Neto.

O projeto de construção da unidade da Uerj em Volta Redonda foi desenvolvido pela equipe da arquiteta Cláudia Freitas. O custo seria de aproximadamente R$ 3 milhões para a obra e a intenção é que as aulas, segundo o prefeito de Volta Redonda, começem no mês de agosto de 2022.

“Antes disso, estamos estudando a possibilidade de alunos de Medicina da Uerj fazerem residência médica no Hospital Regional já em fevereiro do ano que vem. O hospital tem auditórios, salas de aula e toda a estrutura para começar uma parceria nesse sentido”, explicou Neto.

Dentro do Hospital há espaço para que o projeto seja iniciado antes do previsto. São duas grandes salas, auditórios e laboratório.

Parceria – Além da faculdade de Medicina, o encontro com a comitiva no último dia 20 teve como objetivo, discutir a implantação de projetos de incentivo à educação em Volta Redonda. A ideia é promover ações para a promoção do ensino, pesquisa e atividades de extensão destinadas à comunidade acadêmica. Entre elas a realização de cursos pré-vestibular gratuitos, para pessoas em situação de vulnerabilidade social.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Muito triste saber que os professores ganharão 5 mil mês que vem do fundeb, e os auxiliares da educação não ganharão 1 real! Por isso eu apoio a greve geral dos auxiliares. Poxa, nem que desse 500 reais para os auxiliares e 4,5 mil aos professores já estaria bom.

Untitled Document