quarta-feira, 19 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Volta Redonda vai convocar 60 médicos para atenção básica

Volta Redonda vai convocar 60 médicos para atenção básica

Matéria publicada em 24 de maio de 2019, 18:14 horas

 


Alfredo Peixoto diz que o objetivo é repor as vagas deixadas por médicos que saíram da rede
(Foto: Arquivo)

Volta Redonda– A secretaria de Saúde está em processo para homologação do concurso da atenção básica, que visa a contratação de 60 médicos para atuarem nas Unidades Básica de Saúde, informou a prefeitura. A carga horária será de 40 horas.

A secretaria também já iniciou a tramitação para realizar um processo seletivo para médicos, com carga de 20 horas, também para atuarem na atenção básica. Segundo o secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, disse que o objetivo é repor as vagas deixadas por médicos que saíram da rede.

– Com o concurso e o processo seletivo, vamos conseguir completar a equipe médica das Unidades Básicas de Saúde. E, consequentemente, conseguindo completar as equipes, já estamos em fase de estudos, junto ao Ministério da Saúde, para ampliar horários de atendimento em algumas unidades – comentou o secretário.

De acordo com Alfredo Peixoto, pelo fato de boa parte dos médicos da rede receberem por Recibo de Pagamento Autônomo (RPA), muitos deixam a saúde pública da atenção básica por falta de garantias trabalhistas.

– E estamos corrigindo essa distorção através do concurso público. Os profissionais precisam ter vínculos empregatícios seguros, para garantir assim os direitos trabalhistas. Com concurso, vamos fidelizar esses profissionais – disse.

O prefeito Samuca Silva destacou ainda que está havendo uma transição de profissionais, trocando os vínculos por RPA por concurso público.

– É importante alertar a população que estamos nessa fase de transição. Isso gera alguns transtornos, mas vai ser importante para evitar atrasos, faltas injustificáveis, de médicos. E ainda vai permitir colocar indicadores de qualidade. Investimos R$ 230 milhões em saúde em 2018, 37% do orçamento, quando a lei diz que o obrigatório é 15%. Ainda vale destacar que criamos uma equipe para ligar para os usuários visando avaliar o atendimento, gerando indicadores para a melhoria do serviço prestado – comentou Samuca.

Para garantir o atendimento médico em todas as unidades de saúde, a SMS criou um fluxo para os médicos generalistas. Os profissionais com carga de 40 horas semanais ficam nas unidades com maior demanda. Já os demais, atendem cada dia em uma unidade, não deixando a população sem cobertura.

– Nesta sexta-feira, dia 24, fiz visitas rotineiras a cinco unidades de saúde (Roma I e II, Vila Rica, Siderópolis e Belvedere). Não estamos deixando a população sem cobertura. E, em breve, vamos conseguir ampliar os serviços prestados a população, apesar da crise financeira que vivemos – disse Alfredo Peixoto.

São Sebastião ganha nova UBSF

Os cerca de 4 mil habitantes do bairro São Sebastião, em Volta Redonda, recebem neste sábado, dia 25, às 10h30, a Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Leonidia Maia de Abreu Cordeiro, que vai funcionar na Rua Dois, nº 69. A nova unidade da Atenção Básica vai atender mais de mil famílias, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

A unidade vai ofertar os serviços de atendimento clínico, pediátrico, consulta e procedimentos de enfermagem como curativo, vacinas, verificação de pressão arterial e glicemia, e grupos de Educação em Saúde e atenção voltada à saúde da criança, da mulher, hipertensos e diabéticos, além da saúde do adulto e idoso.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Muito bom as contratações, no entanto, tem de melhorar em muito os salários. Pagar para um Médico cardiologista o salário inicial: R$ 1.033,00 é o fim da picada.

    Se não tem dinheiro, a sugestão é acabar com metade dos cargos comissionados, demitir muitos servidores públicos que acham que têm o rei na barriga, e, principalmente, acabar com a equipe de MUTILAÇÃO das árvores da SMI. Está última é urgente, urgentíssima.

  2. Avatar
    Rajane Corrêa Rosa

    Esta administração está ESQUECENDO dos servidores públicos de VR, estamos sem assistência médica.Já estava RUIM, agora ficou PIOR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document