Diário Pet

by Agatha Amorim

Cães e gatos podem doar sangue

Não sei se você sabia, mas seus pets podem ser doadores de sangue. Isso mesmo, mas lógico que apenas entre eles.

No entanto, para que um pet possa salvar a vida de outro, são necessários requisitos veterinários e também a autorização do tutor para o procedimento.

Segundo o veterinário Marco Antônio Ferraz, assim como os seres humanos, cães e gatos também possuem tipagem sanguínea.

“Os gatos têm três tipos sanguíneos, e os cães possuem oito. Em cães, assim como humanos, é necessário antes de qualquer transfusão fazer o teste de compatibilidade e tipagem sanguínea. Neles, as reações transfusionais são menos comuns. Já em gatos podem ser severas”, explica.

Marco afirma que alguns critérios precisam ser observados como o peso, a idade e a saúde que fazem parte dos requisitos para que os animais se tornem doadores.

“Cães devem ter mais que 25 quilos, idade de 1 a 7 anos, dóceis e saudáveis. Os gatos devem ter peso médio de quatro quilos, não podem ser obesos, sem acesso à rua, e também de 1 a 7 anos.”

Porém, ao contrário dos humanos, os pets não precisam passar por uma preparação antes da coleta do sangue, desde que atendam aos pré-requisitos.

Após a doação, os animais precisam respeitar um intervalo de tempo entre cada procedimento.

“A frequência de doação com segurança deve ser feita a cada 3 meses.”

 

Salvar vidas

Um fato que os tutores precisam saber é que a doação de sangue dos seus animais, quando bem feita e acompanha por um veterinário, não traz risco para a saúde dele e é necessário porque a procura por bolsas de sangue de cães e gatos é muito grande por diversos motivos, como anemias, hemoparasitoses, doenças virais, tumores, traumas, hemorragias, sendo que a transfusão de sangue é indispensável para o tratamento desses pacientes e manutenção da vida.

 

Cães viram gandulas no Rio Open

Um fato chamou a atenção de quem foi ao Rio Open de Tenis, na semana passada, no Rio. Quatro cães, que foram recuperados das ruas, atuaram como “cãodulas”.

É isso mesmo!

Foi em uma ação promovida em iniciativa da PremieRpet para o incentivo da adoção de cães adultos.

Com a participação do tenista carioca João Fonseca na Quadra Guga Kuerten, os cachorros Lobinha, Mila, Nico e Ursula pegaram bolinhas antes da sessão noturna do maior torneio da América do Sul. Os quatro cães que participaram da ação estão disponíveis para adoção.

João Fonseca participou pela segunda vez da ação e elogiou a iniciativa do Rio Open e da PremieRpet.

“Eu adoro cachorro, tenho três, tinha quatro e um acabou morrendo recentemente, mas eu adoro cachorro, acho muito legal a iniciativa. É minha segunda vez participando, ano retrasado eu participei e estou feliz pela iniciativa do Rio Open”, disse Fonseca.

 

Galinhas e galos gigantes

Cada dia mais a genética faz parte da nossa vida, seja para trazer benefícios a nossa saúde, seja para ajudar a criar raças mais fortes e saudáveis e que nos possam fornecer mais alimento.

Um exemplo, vem da cidade de Santo Amaro da Imperatriz Santa Catarina, onde galinhas gigantes, que ultrapassam um metro de altura e chegam a pesar até 5 quilos, são produtoras dos ovos comercializados a R$ 400,00.

Elas são da raça raça índio gigante. Além das galinhas, há também  galos gigantes que chegam a pesar três quilos a mais que as fêmeas. Estes animais também estão a venda, mas o valor é bem salgado: R$ 5 mil cada.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996