quarta-feira, 14 de abril de 2021 - 23:50 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Abrasel pede para manter comércio de alimentação aberto em Volta Redonda

Abrasel pede para manter comércio de alimentação aberto em Volta Redonda

Matéria publicada em 5 de abril de 2021, 10:31 horas

 


Volta Redonda – A Abrasel, entidade que representa empresários do setor de alimentação fora do lar, emitiu nota pedindo ao governo municipal que mantenha o funcionamento do setor. No documento, o grupo aponta propostas a serem levadas em consideração pelo poder público municipal, ao aplicar as medidas de combate à Covid-19, impostas pelo novo decreto estadual, que passa a valer de hoje, dia 05 à 12 de abril.

No documento, a entidade afirma que, para “manter as portas abertas, os empregos e cumprir as obrigações com terceiros”, o  ideal para o setor, é a implantação do horário de funcionamento diário – segunda à domingo – com carga horária de oito horas, contemplando estabelecimentos diurnos e noturnos. O grupo ressalta que, caso necessário, haja suspensão da venda de bebida alcóolica, a partir das 22 horas, implantando o sistema de Lei seca para todos os estabelecimentos.

Em outro item, empresários pedem que as vendas ocorram em sistema de delivery (entrega à domicílio), Take Away (cliente pede por telefone, aplicativo e vai pegar) e Drive-thru. O setor cita que é importante permitir as três modalidades de vendas, uma vez que vários segmentos, como exemplo restaurantes da gastronomia oriental, pizzarias, entre outros, trabalham, no horário noturno, nestas modalidades.

Apelo

Na nota o setor informa que nos últimos doze meses, empresários “vivem momentos difíceis, levando a uma crise setorial, onde os prejuízos, as dívidas e o desemprego estão se acumulando”. No documento a Abrasel, destaca que mais de 60 estabelecimentos encerraram suas atividades, desempregando aproximadamente 800 profissionais, afetando cerca de 1.100 famílias.

No documento o setor considera ter sido um dos mais prejudicados com a pandemia ” num país onde os custos tributários e trabalhistas são extremamente elevados”. O setor de alimentação fora do lar é composto por 21 segmentos diferentes na gastronomia de Volta de Redonda.

O decreto estadual n. 47.556 de 03 de abril de 2021 que irá vigorar de 05 de abril a 12 de abril, não limita horário de funcionamento, estabelece o distanciamento entre as mesas de 1,50 metros e o protocolo de comportamento social preventivo da Covid-19.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Pode morrer gente mas meu barzinho tem que ficar aberto.
    E que se danem a vida das pessoas.
    Cambada de pilantras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document