sexta-feira, 15 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Agências de viagens garantem que esse é o melhor período para conseguir boas tarifas para o exterior

Agências de viagens garantem que esse é o melhor período para conseguir boas tarifas para o exterior

Matéria publicada em 20 de outubro de 2019, 09:15 horas

 


Sul Fluminense- Embora muitos turistas que vão fazer a tão sonhada viagem internacional, neste final de ano, tenham se programado antecipadamente, a dica das agências de viagens, para quem deixou para comprar os pacotes em cima da hora, é que aproveitem o mês de outubro para fechar seus passeios. Nesta semana, um levantamento feito pela Skyscanner, uma empresa global de viagem, revelou que o melhor período para comprar passagens aéreas baratas para esse período é o mês de outubro, quando se é possível uma economia de até 34% em voos domésticos.
A agente de viagens, Rosana Francisco, que trabalha em uma agência de Volta Redonda, afirma que é muito comum, no mês e outubro, haver uma corrida na procura por pacotes, para quem deixou para programar a viagem de última hora. De acordo com ela, essa é a ultima chance para quem deseja economizar.
– A procura agora em outubro começa a aquecer e isso deve se entender até o início de novembro. Muitas pessoas deixaram para comprar agora devido a oscilação do dólar, ao longo do ano, mas agora é o momento de concretizar a compra. Deixar para fechar o pacote em dezembro não é uma boa opção, porque além de não encontrarem muitas opções de roteiro, os turistas ainda ficam sujeitos a tarifas bem mais altas – alertou a agente.
Ainda de acordo com ela, outro fator importante para aproveitar o mês de outubro é com relação ao prazo para retirada de documentos como passaporte e visto, que pode variar de dois a três meses. Os pacotes, em sua maioria, segundo Rosana, são reservados por grupos de familiares ou de viagens e, para dezembro e janeiro, os locais mais procurados na agência são Orlando (Disney) e Flórida, nos Estados Unidos.
– Esses são destino que dependem de visto e passaporte, por isso a necessidade de se antecipar. Muitas pessoas, principalmente grupos da mesma família, vão para a Disney no final do ano e nas férias de janeiro, mas viagens para a Flórida também são muito procuradas nesta época do ano, já que lá o inverno não é tão rigoroso – destacou a agente.
Outubro é o limite
Na agência onde o agente de viagens Pedro Henrique da Rocha Pereira trabalha, em Volta Redonda, a corrida por pacotes internacionais para o final do ano tiveram o ponto alto em agosto e setembro, mas ele também afirma que o mês de outubro é o considerado limite para quem deseja fechar uma viagem para o exterior. De acordo com ele, embora muitos clientes tenham se antecipado, reservando e iniciando o pagamento os passeios desde o início do ano, em outubro é muito comum surgirem turistas a procura de pacotes, de última hora.
– Agora, realmente, é o prazo limite para quem deseja ir para fora. Passando outubro as tarifas ficam muito altas e a viagens exigem uma pesquisa maior por ofertas. Às vezes a agência precisa negociar com as empresas aéreas para conseguir um bom preço para o cliente, mas, nem sempre esse retorno é positivo. Por isso, sempre orientamos para que as pessoas se antecipem – disse Pereira.
Segundo ele, na agência, os Estados Unidos também sai na frente quando a procura é um roteiro internacional. Orlando e a região da Costa Oeste, que inclui Flórida, Califórnia, San Francisco e San Diego são a primeira opção para quem vai aproveitar as festas de fim de ano e férias de janeiro fora do Brasil.
– Nessa época do ano as pessoas não gostam de ir para a Europa por causa do frio. Como o período é de férias e muitos viajam em família, com as crianças, elas preferem Orlando, por causa da Disney, e algumas regiões dos Estados Unidos onde o inverno não é rigoroso como, por exemplo, em Nova York – explicou o agente.
Correndo contra o tempo
A professora Gilmara Almeida, de 38 anos, recentemente recebeu uma indenização e, para cumprir uma promessa que fez para a filha de 16 anos, decidiu levá-la à Disney (Orlando), na primeira semana de janeiro, quando as duas estarão de férias. Embora tenha dado entrada na documentação necessária com antecedência, ela conta que só conseguiu fechar o pacote nesta primeira quinzena de outubro, após ter que esperar e pesquisar por tarifas mais baixas.
– Fui a quatro agências e só fechei negócio na quinta, porque foi onde encontrei os melhores preços e porque também vi a boa vontade dos agentes em me auxiliar, uma vez que nunca fiz uma viagem internacional. Eu sei que se tivesse me planejado teria economizado um pouco mais, mas como eu dependia da liberação da minha indenização, teve que ser assim, tido as pressas – contou.
Já o engenheiro Emiliano Vieira Ramos, de 31 anos, foi mais cauteloso e se programou para fechar o pacote para a Disney, para onde vai em janeiro, desde o início deste ano. Ele, que irá na companhia de um grupo de viagens, começou a pagar o passeio no início do ano e garante que essa é a melhor forma de ter uma viagem tranquila e com comodidade.
– Eu fui á Disney no início deste ano e voltarei em janeiro do ano que vem e me programei para isso. Embora já tivesse ido ao Paraguai e Argentina, a organização para esses locais foi mais tranquila, pois é Mercosul e não tive que me preocupar com dólar, diferente dos Estados Unidos, onde as coisas ficam mais complexas por cauda da variação do câmbio – destacou o engenheiro.
De acordo com ele, embora tenha pago um valor a mais por isso, o fato de ter fechado o pacote com uma agência facilitou muito seu planejamento, além de garantir mais comodidade. Segundo o engenheiro, em se tratando de pacotes fechados com agências, uma dica é juntar dinheiro para pagar a vista, já que assim o cliente consegue negociar descontos melhores descontos.
– Eu aconselho fechar com agência, sendo à vista ou parcelado, porque facilita muito para quem vai viajar. Desta vez estou me planejando melhor e pretendo comer muito, já que da última vez teve muita coisa que não provei por medo de acabar o dinheiro que levei. Pretendo aproveitar mais e dar atenção a mais detalhes – enfatizou o engenheiro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Para quem vende, o melhor momento é sempre agora, por motivos óbvios…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document