Angra 2 faz parada de reabastecimento na próxima segunda-feira, dia 22 - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 13:57 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Angra 2 faz parada de reabastecimento na próxima segunda-feira, dia 22

Angra 2 faz parada de reabastecimento na próxima segunda-feira, dia 22

Matéria publicada em 16 de junho de 2020, 18:46 horas

 


Angra dos Reis- A Eletronuclear dará início à parada de reabastecimento de combustível de Angra 2 a 0h da próxima segunda-feira, dia 22. Levando em conta que o país e o mundo estão atravessando a pandemia da Covid-19, a empresa reduziu ao mínimo necessário o escopo das atividades. Desta forma, poderá assegurar mais um ciclo de operação segura e confiável para a unidade.

A companhia está aproveitando a experiência de usinas nucleares ao redor do mundo que executaram, estão executando ou planejando paradas de reabastecimento e manutenção neste período. Além disso, se atualiza constantemente sobre a questão junto a organismos internacionais, como a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e a Associação Mundial de Operadores Nucleares (Wano, na sigla em inglês).

O diretor de Operação e Comercialização da Eletronuclear, João Carlos da Cunha Bastos, ressaltou que esta será uma parada inédita, bastante difícil e trabalhosa.

– Tenho a certeza de que, com o profissionalismo, a capacitação e o comprometimento dos profissionais envolvidos, iremos realizá-la com sucesso. Manter nossa geração disponível é essencial para o Brasil neste grave momento que estamos vivendo e, também, para assegurar o equilíbrio econômico da empresa – conclui.

Uma parada típica de Angra 2 envolve a realização de, aproximadamente, 4.500 atividades programadas. Para minimizar o número de trabalhadores envolvidos e o tempo de duração, a Eletronuclear fez uma avaliação detalhada de todo o planejamento, priorizando as tarefas essenciais para a segurança e a confiabilidade da usina. Com isso, foram programadas 1.100 atividades. Além da descarga e recarga do núcleo, serão realizados diversos trabalhos de manutenção, inspeções e testes requeridos nas especificações técnicas da unidade.

O volume de contratações para uma parada de Angra 2 fica em torno de 1.100 profissionais nacionais e aproximadamente 90 internacionais. Para a atual, a Eletronuclear contratou apenas 170 trabalhadores brasileiros e cinco especialistas estrangeiros. O grande desafio será realizar cerca de 20% das atividades de uma parada típica com em torno de 15% do pessoal normalmente disponível.

Para tanto, a companhia está fazendo uma grande mobilização dos empregados que trabalham em Angra 1. Estes profissionais irão se somar aos de Angra 2 e, juntos, formarão um time de especialistas que coordenará, supervisionará e executará as atividades planejadas.

Segurança sanitária

Para minimizar o risco de contaminação do pessoal envolvido na parada, a Eletronuclear está adotando uma série de medidas de segurança sanitária. Veja as principais:

  • Realização de exames médicos especiais para todos os contratados, incluindo testes rápidos de diagnóstico da covid-19. Um primeiro teste foi realizado antes mesmo da contratação. Após um período de quarentena, o contratado fará um novo exame imediatamente antes de começar a trabalhar. Um terceiro teste acontecerá sete dias após o início das atividades do profissional;
  • Todos os contratados passaram por um treinamento especial sobre os protocolos implementados pela Eletronuclear durante a pandemia. Além disso, receberam uma cartilha com procedimentos de conduta a serem respeitados durante a parada, assim como os referidos protocolos. Todos assinaram um termo de concordância sobre as determinações da empresa;
  • Os trabalhadores contratados permanecerão alojados nas hospedagens da Eletronuclear – localizadas nas vilas residenciais da companhia – durante a parada, incluindo a quarentena inicial. Esse isolamento será mantido até nas horas de repouso e nos dias de folga. A empresa fornecerá alimentação e suporte durante todo o período;
  • Todo o efetivo será dividido em duas turmas, da forma mais equânime possível;
  • Para reduzir a aglomeração na entrada de Angra 2, parte dos empregados da Eletronuclear acessará a unidade por Angra 1;
  • Serão respeitadas as normas de distanciamento mínimo, por meio de marcação no piso, para entrada e saída nas guaritas de acesso, portais de monitoração, refeitórios etc;
  • Serão instalados tapetes de higienização nos acessos a diversos pontos dentro de Angra 2;
  • Serão disponibilizados álcool em gel e máscaras descartáveis para todos os contratados;
  • Para um controle maior da saúde dos trabalhadores, serão montados postos de atendimento médico dentro de Angra 2 e na área das hospedagens;
  • Será realizada a monitoração diária da temperatura corporal de todos os profissionais que vão trabalhar na parada.

Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document