>
sexta-feira, 19 de agosto de 2022 - 23:19 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Angra conquista o 1º lugar no prêmio de ICMS Ecológico Estadual

Angra conquista o 1º lugar no prêmio de ICMS Ecológico Estadual

Matéria publicada em 4 de julho de 2022, 18:18 horas

 


Depois de ficar em 7º no ranking do índice em 2020, o município se tornou a referência no estado em 2021

A cerimônia aconteceu durante a Reunião Plenária da Diretoria Nacional 2022 da Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente (ANAMMA) – Foto: Divulgação PMAR.

Angra dos Reis- A gestão ambiental de Angra dos Reis obteve mais uma grande conquista na última sexta-feira, 1º de julho. Representado pelo Instituto Municipal do Ambiente de Angra dos Reis (IMAAR), o município ficou em primeiro lugar no ranking estadual do índice de conservação ambiental, relativo ao recebimento do prêmio ICMS Ecológico para o Desenvolvimento Sustentável 2021.

A cerimônia aconteceu durante a Reunião Plenária da Diretoria Nacional 2022 da Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente (ANAMMA), organizado pelo INEA e pela Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Rio de Janeiro, no Hotel Real Resort, em Mangaratiba.

O ranking serve para ordenar os repasses de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os municípios com as melhores gestões ambientais recebem os maiores repasses estaduais. Angra possui como estimativa um repasse na quantia de R$ 5.925.730,48 acima do índice relativo de áreas protegidas, a maior entre os municípios concorrentes.

O ICMS Ecológico é um mecanismo tributário que possibilita aos municípios acesso a parcelas maiores que àquelas que já têm direito dos recursos financeiros arrecadados pelos estados através do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS. Para participar, o município precisa atender determinados critérios ambientais estabelecidos em leis estaduais.

O município foi premiado graças às ações de gerenciamento de resíduos sólidos; educação ambiental; redução do desmatamento; enfrentamento ao risco de queimadas; conservação do solo, da água e da biodiversidade; proteção de mananciais de abastecimento público; análise de fontes de poluição atmosférica, sonora e visual; identificação de edificações irregulares; fortalecimento das unidades de conservação e elaboração de legislação sobre a política municipal de meio ambiente, como a criação do Conselho Municipal do Meio Ambiente e do Fundo Municipal do Meio Ambiente.

– A importância da premiação é demonstrar o quanto o município de Angra dos Reis está compromissado em preservar o meio ambiente. O ICMS Ecológico é uma lei muito importante, pois incentiva os municípios a preservarem o meio ambiente. No ano passado, nós estávamos em 7ª lugar no estado e agora fomos para o primeiro lugar. É uma grande conquista – comentou a diretora do Fundo Municipal do Meio Ambiente de Angra, Alba Valéria dos Reis Pereira.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document