sábado, 22 de janeiro de 2022 - 06:38 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Brasfels demite 500 metalúrgicos em Angra, diz sindicato

Brasfels demite 500 metalúrgicos em Angra, diz sindicato

Matéria publicada em 28 de agosto de 2018, 11:15 horas

 


Trabalhadores começaram a ser demitidos nesta segunda-feira por conta do término dos serviços na plataforma P-69

Brasfels demite mais trabalhadores esta semana. (crédito Divulgação)

Angra dos Reis – As demissões voltam a preocupar funcionários do estaleiro Brasfels. Segundo informações confirmadas pela diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Angra dos Reis, trabalhadores da empresa estão sendo dispensados desde segunda-feira, 27. O total das demissões ainda não foi contabilizado, mas podem atingir pelo menos 500 metalúrgicos.

O diretor de patrimônio do sindicato Wellington Cruz explicou que as demissões estavam programadas por conta do término dos serviços na Plataforma P-69.

-A gente já esperava por isso e agora aguardamos o novo contrato previsto para outubro, possibilitando a manutenção de pelo menos 300 funcionários – ressaltou o sindicalista, referindo-se ao novo contrato em que o Brasfels passará a construir módulos para plataformas, os chamados AMV 30 Modec.

Este ano

O estaleiro Brasfels já acumulou um quadro de trabalhadores de 12 mil empregados, em 2007, número esse bem acima do atual, contabilizando cerca de 1,2 mil funcionários registrados na empresa. Número esse que pode cair ainda mais se o estaleiro não assinar novos contratos de serviço.

Uma das saídas esperadas é o contrato do Brasfels com a Marinha do Brasil, que se firmados deverão abrir pelo menos quatro mil novos postos de trabalho, pelos próximos oito anos. “Esta seria uma ótima saída para aquecer o nosso mercado de trabalho que vem sofrendo com as demissões a cada ano”, ressaltou o sindicalista.

Entre janeiro e fevereiro deste ano, 568 empregados foram dispensados das suas funções. E o processo de demissões não parou. O quadro de pessoal, que está em 1,8 mil funcionários, atualmente, deverá, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Angra dos Reis, ser reduzido para cerca de 800 contratados. A direção da entidade garante que o estaleiro ficará funcionando, apesar da crise.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Romildo por favor não suje o meu time, agora se você gosta de presidiário e presidenta jumenta vai para Venezuela.

  2. Parabéns aqueles que foram para as ruas bater panelas e apoiar o Golpe …….

  3. A area naval esta sendo controlada pela china nadapara nós.o dominio chines no mundo todo pricipalmente no nosso pais.cada avenida um lanchonete lojas de 1,99 devagar eles estão chegando.seremos escravos deles

  4. SÃO MAIS 500 TRABALHADORES PAI DE FAMÍLIA DESEMPREGADOS. ENQUANTO ISSO EM VOLTA REDONDA UM BANDO DE IDIOTAS PEDINDO O FECHAMENTO DA CSN.. OU ESTÁ COM A VIDA GANHAM OU GANHAM DINHEIRO NO MOLINHO.

  5. Esse é o resultado de não verem o futuro, pois ao votarem em candidatos do PT e PMDB deu em tudo isso que o país está passando; pois quem trabalha e produz é que está pagando essa conta absurda pelos desmandos dessas administrações desastrosas que assolara, as contas do país; ou seja desemprego em massa, criminalidade com altos índíces e ainda querem voltar a governar; portanto é hora de acordar.

  6. Jumento de Garimpeiro

    Nada, mas nada, nada, nada, nada é tão ruim que não possa piorar.
    Agora é só Angra, porque os Reis se mudaram para Jurerê.
    Preços abusivos em meio a crise;
    Atendimento ruim;
    Violência sem freio;
    Desemprego; tem mais?????

  7. Isso aí galera do sindicato, sempre gritando asneiras ai na porta. Empresário também se cansa de escutar vocês só reivindicando tudo sem dar nada em troca. Preferem construir lá fora que é muito mais viável e deixam a galera aqui sem emprego. Parabéns pra vcs, sempre sugando o empresário de um lado e o trabalhador do outro.
    Vocês gostam muito de viver dos esquemas. Trabalhei aí e sei muito bem o que estou dizendo. Esse sindicato aí está cheio de gente que deveria estar lá dentro, mas ficam aí do lado de fora ferrando com a vida do trabalhador lá dentro. E na clínica odontológica então, só esquemas!!

Untitled Document