>
sábado, 28 de maio de 2022 - 01:23 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Cadastramento de food trucks segue até junho, em Volta Redonda

Cadastramento de food trucks segue até junho, em Volta Redonda

Matéria publicada em 30 de maio de 2017, 11:50 horas

 


Objetivo é regulamentar a atividade no município

Volta Redonda– O cadastramento de  food trucks realizado pela Prefeitura de Volta Redonda segue até o dia 16 de junho no Banco da Cidadania, que funciona na Smac (Secretaria Municipal de Ação Comunitária), das 8h às 17h. Até o momento, existem doze inscritos. De acordo com o gestor da autarquia, Carlos Baía, o objetivo é regulamentar a legislação atual sobre esse tipo de comércio.

– Pedimos aos proprietários dos food trucks que ainda não se inscreveram para virem ao Banco da Cidadania munidos de identidade e CPF. Aqui, vamos levantar algumas informações como qual tipo de alimento ele trabalha, se é gourmet ou não, qual o tipo de veículo, entre outros questionamentos – explicou Baía.

Primeiro a se cadastrar, o comerciante Rodrigo Dias trabalha com venda de massas, petiscos e sanduíches há cerca de três anos, e afirmou que a iniciativa é muito importante para os profissionais do ramo.

– É o meu sustento. Com esse cadastramento e a regulamentação, vai melhorar o movimento de food trucks, dando mais visibilidade e aumentando as vendas. Isso vai melhorar a economia da cidade – disse Rodrigo, que já participou de alguns eventos promovidos pela prefeitura e pretende estar presente na próxima Rua de Compras, no bairro Retiro.

Para regulamentar a Lei Municipal 5.195, que dispõe sobre os critérios para que os food trucks pratiquem suas atividades, a prefeitura criou um grupo de trabalho envolvendo o Banco da Cidadania, as secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico e Turismo, de Fazenda, de Meio Ambiente, e de Planejamento, além da Procuradoria Geral do Município e da Vigilância Sanitária.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Só faltou dizer se haverá área delimitada para o funcionamento (espero que sim, pois facilitará a fiscalização e a organização da cidade)… E em caso positivo onde será esta área?

  2. A ANVISA deveria fazer uma visitinha nesses “food trucks”. Tá precisando.

  3. Excelente idéia essa de food truck e acredito muito que isso vai dá certo em nossa cidade,desde que os proprietários não venham com os tradicionais fast food como hamburgues de caixinha do mercado ou hot dog de sempre.Eu e minha família que assistimos programas de culinária queremos consumir alimentos diferentes do que encontramos em qualquer trailer da esquina.Quero deixar minha sugestão para que os food´s truck´s se instalem de forma fixa na Praça Brasil naquela rua lateral do mercado popular.Parabéns a Prefeitura por essa iniciativa!

Untitled Document
close