segunda-feira, 29 de novembro de 2021 - 23:32 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / CDL-VR inicia nesta terça-feira a campanha ‘Natal Família Digital’

CDL-VR inicia nesta terça-feira a campanha ‘Natal Família Digital’

Matéria publicada em 30 de novembro de 2020, 17:52 horas

 


Volta Redonda – A Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda (CDL-VR) inicia nesta terça-feira, dia 1º, a campanha “Natal Família Digital”. A iniciativa vai sortear 200 vales-compra de R$ 100 cada.  A ação tem como objetivo ajudar a melhorar as vendas em dezembro, principalmente, neste ano em que a economia enfrentou uma grave crise por conta da Covid-19. Devido à pandemia, a CDL-VR promoveu a campanha de graça entre os associados, que receberam um kit com dois cartazes, dois adesivos e mil cupons. Toda a ação está sendo divulgada nas redes sociais da entidade, em rádios e jornais, para dar visibilidade e incentivar os consumidores a comprarem nas lojas participantes da campanha.

A cada R$ 60,00 em compras nas lojas participantes, o consumidor receberá um cupom, no máximo de 20 por compras, basta cadastrar no site (natalfamilia.com.br) e já estará concorrendo. Serão sorteados 50 vales-compra de R$ 100,00 cada por sábado pela loteria federal. A campanha conta com quase 400 empresas participantes e a lista completa delas está no site, onde também estão todas as informações sobre como participar dessa promoção realizada pela CDL-VR em parceria com o Sicoob e a Transporte Generoso. A lista dos ganhadores também será divulgada toda semana no site da CDL e nas redes sociais da entidade.

O presidente da CDL-VR, Gilson de Castro, reforçou que este ano, apesar de todos os problemas gerados pela crise da Covid-19, a campanha foi mantida para incentivar os consumidores a comprarem os presentes de Natal e apoiarem o comércio, que sofreu muito também com o fechamento durante a pandemia. Ele lembrou que foram quase 80 dias com as portas fechadas, o que gerou medo, incertezas, fechamento definitivo de empresas e demissões no setor.  Segundo Gilson, o último trimestre do ano apresentou uma retomada das vendas, trazendo mais ânimo e boas expectativas para reduzir os impactos negativos e aumentar as vendas de fim de ano.

– A campanha já é uma tradição e não poderíamos deixar de fazê-la. Neste momento, mesmo quando ficamos cinco meses sem cobrar mensalidade de nossos associados, sem deixar de prestar serviços essenciais a eles, mantivemos nosso compromisso de promover e apoiar o comércio sempre. A campanha Natal Família é mais uma prova de que estamos do lado de quem mantém a economia da nossa cidade – afirmou Gilson.

Gilson reforçou também que a escolha pelo sorteio pela loteria federal foi para evitar aglomerações, uma vez que por conta da pandemia, um dos principais cuidados, é o distanciamento social. “Assim, não precisamos fazer sorteios presenciais, com impressão de cupons, e não deixamos de realizar a campanha, mantendo os cuidados necessários”, acrescentou.

Movimentando o comércio

Todo o dinheiro da premiação vai voltar para o comércio da cidade. Os vales-compra serão para gastar nas lojas que participam da campanha. “Nossa ideia é movimentar as lojas mais de uma vez, pelo interesse no sorteio e pelo gasto com o valor que ela ganhou. Assim, fazemos com que o que estamos investindo em premiações volte para o lojista da cidade que participa da campanha”, explicou Gilson.

Solidariedade

A campanha Natal Família Digital também vai ajudar uma instituição que desenvolve projetos sociais na cidade. Na retirada dos kits, as lojas participantes foram convidadas a doarem quilos de alimentos não perecíveis que serão entregues para uma entidade que será escolhida pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda.

– Sempre gostamos de ir além, de incentivar a responsabilidade social, de contribuir com quem ajuda ao próximo, porque também é nosso papel, enquanto cidadão, querer uma cidade melhor. Nossa diretoria pensa muito nisso e foi um pedido dos nossos diretores que a campanha tenha esse braço solidário, principalmente, porque este ano, muitas entidades que realizam esses trabalhos sociais enfrentaram dificuldades financeiras, viram a arrecadação cair, porque muitas pessoas também tiveram dificuldade de manter sua colaboração. Tem sido um ano difícil para todos, então, precisamos ajudar um pouco – completou.

A doação ainda pode ser feita na CDL-VR, mesmo para quem não participa da campanha. A  CDL-VR fica na Rua Simão da Cunha Gago, 19, Aterrado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Observador do Covid

    Dia 11 sai o novo boletim do Estado.
    Em seguida, o Decreto Estadual.
    Por analogia, o acordo judicial da prefeitura x MP x Judiciário.

    Ou seja, dia 14 estaremos em zona vermelha, e o comércio será fechado, restando somente os essenciais.

    E não adianta por arroz e feijão na prateleira.

Untitled Document