segunda-feira, 23 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Comerciantes do Shopping Popular passam por recadastramento

Comerciantes do Shopping Popular passam por recadastramento

Matéria publicada em 29 de novembro de 2017, 14:28 horas

 


 Shopping Popular de Barra Mansa vai celebrar 10 anos aberto em 2018

Shopping Popular de Barra Mansa vai celebrar 10 anos aberto em 2018


Barra Mansa – 
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Barra Mansa realizou durante a semana passada, de 21 a 24 de novembro, o recadastramento dos comerciantes instalados no Shopping Popular, no Centro. Dos 103 boxes ocupados, 101 empreendedores compareceram para regularizar a situação. A iniciativa faz parte da primeira etapa do projeto em comemoração aos 10 anos do Shopping Popular que acontece em 2018 e teve como objetivo levantar quantos boxes estão sem funcionar e oportunizar a entrada de novos lojistas nos locais desocupados.

Segundo a gerente de Relações Empresariais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Danielle Fidelis, o resultado do recadastramento foi positivo. “Dos 103 boxes, apenas dois não compareceram. Pudemos conhecer de perto a realidade dos comerciantes instalados no Shopping Popular e orientar sobre o negócio de cada empreendedor. Todos eles apresentaram os documentos necessários para concessão e das taxas de impostos”, informou.

Será montada uma comissão para analisar cada caso de acordo com o decreto nº 5753/2008 que rege o funcionamento do Shopping Popular. “Nessa primeira etapa estamos organizando o funcionamento do local, fiscalizando os boxes fechados e implantando inovações que favoreçam os comerciantes”, completou a gerente Danielle.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agnaldo Raymundo, em janeiro começa o projeto de reforma do Shopping Popular. “Existem três andares que não estão sendo usados e podem ganhar novos boxes. O recadastramento dá segurança aos funcionários e pode levar quem está trabalhando na rua para lá. A iniciativa gera economia para o município, organização e empregabilidade”, afirma.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar
    Morador de Barra Mansa

    O certo seria fechar esse shopping, pois são poucos donos , os poucos
    alugam os boxes, fazem o que quer e não pagam um centavo de imposto.
    Enquanto isso os comerciantes sofrem para manter suas lojas abertas.
    Uma verdadeira vergonha.

Untitled Document