;
quinta-feira, 26 de novembro de 2020 - 18:00 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Contrato de repovoamento da Baía da Ilha Grande é renovado

Contrato de repovoamento da Baía da Ilha Grande é renovado

Matéria publicada em 23 de novembro de 2015, 16:39 horas

 


Angra dos Reis – A Eletronuclear renovou o contrato com o Instituto de Ecodesenvolvimento da Baía da Ilha Grande (IED-BIG). O objetivo é dar prosseguimento ao projeto POMAR, que promove o repovoamento marinho da Baía da Ilha Grande através da produção de vieiras (Coquilles Saint-Jacques – pequenos moluscos que vivem em conchas).
O novo convênio, assinado na última quinta-feira (19) pelo valor de R$ 12 milhões, atende à uma das condicionantes do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para o licenciamento ambiental da Usina Angra 3.
De acordo com o coordenador de Responsabilidade Socioambiental e Comunicação da Eletronuclear, Paulo Gonçalves, o projeto POMAR incentiva a economia da região e contribui para o monitoramento ambiental da Baía da Ilha Grande.
– Um dos benefícios desta atividade é a capacitação de maricultores da região. Outra vantagem é a possibilidade de verificarmos a qualidade da água do mar do entorno das usinas de Angra pela instalação de uma fazenda marinha em frente à central nuclear – destacou Gonçalves.
A parceria entre o IED-BIG e a Eletronuclear começou em 1994 com o intuito de preservar as vieiras do litoral Sul Fluminense, quase extintas por causa da pesca de arrastão. Hoje, o molusco é comercializado pelos maricultores de Angra dos Reis para várias outras regiões do país.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Ótima notícia! Ajuda o meio ambiente e a economia local.

Untitled Document